Os nossos pequenos amigos merecem toda a nossa atenção e dedicação e para isso ter um pouco de conhecimento é necessário. A saúde ocular do seu cachorro não pode passar despercebida e os olhos, uma das partes do corpo mais importantes para a nossa vida, precisa de total atenção.

Visitas anuais são bem vindas

Levar o seu cachorro a um médico veterinário especialista em oftalmologia pelo menos uma vez por ano é de grande importância. Se você não sabe qual procurar pode pedir ao clínico geral para te indicar um que seja de sua confiança. Essa regra vale, principalmente, para aqueles que já têm mais de 6 anos de idade e possuem maior predisposição de desenvolver alguma doença.

Principais doenças oftálmicas que podem afetar o seu cachorro

Se for identificada alguma patologia o especialista orientará o dono a cuidar do seu cachorro da melhor maneira possível. É preciso ter conhecimento de que cada raça precisa de uma atenção especial, principalmente por causa de sua anatomia. Por exemplo, o Llhasa Apso, Shih Tzu, Boston Terrier e Buldogue possuem maiores chances de desenvolver a proptose do bulbo (o olho tende a sair da órbita) por conta do formato de seu crânio.

Dica de leitura: Os melhores Cachorros para Apartamento.

Como prevenir os problemas oculares caninos

Principais doenças oftálmicas que podem afetar o seu cachorro

Sem dúvida alguma a prevenção ainda continua sendo o melhor remédio para os males que uma doença pode trazer. Sendo assim, existem algumas atitudes que podem e devem ser tomadas pelos donos quanto aos cuidados com o seu pet:

  • O xampu utilizado deve ser, de preferência, próprio para a espécie, idade ou porte;

  • Passeios de carro com a cabeça para fora da janela devem ser proibidos, pois o vento traz com ele muitas impurezas e sujeira;

  • O mesmo vale para o secador após o banho. Ele não deve ser direcionado para a área dos olhos;

  • Todo o cuidado com o pelo nos olhos. Raças com pelos compridos como o Shih Tzu, Persas e Llhasa Apso devem ter atenção redobrada;

  • Não aplique nenhum tipo de medicação sem a devida orientação médica;

  • Mantenha os olhos do seu pet sempre limpos e para tanto pode ser usado gaze ou algodão embebidos em soro fisiológico;

Sinais e sintomas de problemas oculares

Principais doenças oftálmicas que podem afetar o seu cachorro

Para poder cuidar bem do seu cachorro é preciso ficar atento a alguns sinais que podem demonstrar que ele está com dificuldades de enxergar ou sente alguma coisa nos olhos. Veja alguns sintomas e sinais que ele pode apresentar:

  • Os olhos ficam constantemente fechados ou piscam muito;

  • Mudança na cor ou no tamanho dos olhos;

  • O cachorro começa a andar sempre próximo às paredes ou esbarra nos móveis da casa;

  • Alteração no comportamento;

  • Excesso de secreção ocular;

  • Coceira;

  • Aparecimento de manchas nos olhos;

  • Vermelhidão;

  • Olho com superfície seca;

  • Ele começa a apresentar fotofobia (evita a luz) e está sempre em lugares mais escuros da casa;

Sinais ainda mais graves

Principais doenças oftálmicas que podem afetar o seu cachorro

Infelizmente, com a correria do dia a dia, muitos donos não conseguem perceber esses sinais mais sutis e quando se dá por conta o problema está bastante avançado. Caso ele apresente alguns dos sintomas abaixo é melhor leva-lo ao veterinário o mais rápido possível:

  • A visão vai embora de maneira repentina;

  • Muita dor nos olhos;

  • Hemorragia ocular;

  • Olho com coloração turva ou esbranquiçada;

  • Pupila dilatada constantemente;

Os problemas mais frequentes

Principais doenças oftálmicas que podem afetar o seu cachorro

Existem algumas patologias que são mais comuns de serem encontradas nos cachorros como a conjuntivite, catarata e glaucoma. Problemas nos olhos dos cães também podem ser causados por doenças sistêmicas como o diabete, alterações hormonais ou até mesmo câncer. Portanto, não espere por nada para levar o seu cachorro ao veterinário o quanto antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here