Boston Terrier

Não importa se você mora no campo ou na cidade, numa mansão ou num apartamento. O Boston Terrier consegue se adaptar facilmente a qualquer ambiente, não importa qual seja. Essa raça é muito apegada à família e por isso não deve ser separada da casa ficando apenas no quintal. Ele precisa do contato daqueles que ama para ser feliz.

Boston Terrier

Informações sobre o Boston Terrier

  • País de origem: Estados Unidos
  • Função: cão de companhia
  • Pelagem: pelo liso, muito macio, fino e curto
  • Cor do pelo: preto e tigrado com marcas brancas, mas também há casos mais raros de branco com avermelhado
  • Altura (machos e fêmeas): entre 39 e 45 cm
  • Peso (machos e fêmeas): são divididos em categorias que variam entre 5 a 7 kg, 7 kg a 9 kg e 9kg a 12 kg
  • Ranking de inteligência: 54ª posição
  • Expectativa de vida: entre 13 e 15 anos
  • Preço do Boston Terrier: vai de R$ 1.500 até R$ 4.500

Origem e história do Boston Terrier

Não se sabe ainda ao certo de quais raças o Boston Terrier veio. Há várias teorias e muitas hipóteses. Os ancestrais dessa raça podem ter sido o Buldogue Inglês, o Buldogue Francês, o Pit Bull Terrier, o Bull Terrier, o Boxer e o White English (já extinta). Também não se sabe ao certo como se deu essa nova raça, mas acredita-se que houve um cruzamento entre dois cães britânicos em 1800 em Boston, Massachusetts. Porém, há uma certeza incontestável: eles são completamente americanos.

Ele também pode ser chamado de Boston Bull, sendo desenvolvido nos Estados Unidos. A raça como a temos hoje é bem diferente dos primeiros exemplares. Um Boston Terrier antes poderia chegar a pesa 20 kg. Com o passar do tempo foram realizados cruzamentos com outros de menor porte até que se chegou aos tamanhos de hoje. Foi criado, inicialmente para a briga, mas acabou tornando-se um carinho cão de companhia.

Temperamento do Boston Terrier

Boston Terrier

Por causa da sua pelagem, parecida com a de um smoking, e de sua personalidade gentil, o Boston Terrier foi apelidado de Cavalheiro Americano. Essa raça é muito inteligente e carinhosa, com temperamento extrovertido. Apesar de ser bem tranquilo, ele pode dar problemas na hora de obedecer ordens já que é bem teimoso. Nada que uma socialização, enquanto ainda filhote, não resolva.

Ele torna-se um verdadeiro protetor do seu dono devido ao tamanho amor que sente por ele. Isso pode causar alguns problemas na hora das visitas. Por isso, é bom que seja feita a socialização do Boston Terrier com pessoas estranhas, permitindo que ele entre em contato com as visitas e que elas façam carinho nele.

Para quem tem crianças em casa vai gostar de saber que essa raça se dá muito bem com os mais pequenos. Eles são pacientes e não são grandes o bastante para machucar o seu filho, mesmo que pule neles. Porém são suficientemente fortes para não se machucar caso a criança seja descuidada. O ideal é que, durante as brincadeiras, haja o supervisionamento de um adulto.

Se você tem outros pets em casa não vai precisar se preocupar se colocar um Boston Terrier na mesma área. Ele não é muito mandão e também não se importa se não for o chefe da matilha. Ele pode se dar bem facilmente com outros cães e até gatos.

Adestramento do Boston Terrier

Apesar de serem um pouco teimosos, o Boston Terrier é considerada uma raça de fácil adestramento. Eles conseguem manter uma concentração elevada em tudo o que estão fazendo e são bem espertos para fazer quando algo é mandado. Porém, procure fazer um treinamento com reforço positivo, pois a raça não é do tipo que responde bem com punições. Ele ficará muito tristes e sem vontade de continuar com os treinos.

São perfeitos para morar em apartamentos. Sabe aquele problema de ter um cão cagando e fazendo xixi em vários lugares da casa? Com o Boston Terrier não haverá esse problema. Eles sempre saberão qual o lugar certo. Outro benefício para aqueles que moram em apartamentos é que essa raça quase não late, então não haverá problemas com vizinhos.

Cuidados especiais com o Boston Terrier

Boston Terrier

Apesar de estar sempre disposto para brincar e com energia para brincadeiras, é um cão que não precisa de muitos exercícios. Ele consegue ficar muito bem dentro de casa sem fazer muita coisa. Só de estar perto da família, o Boston Terrier se sentirá satisfeito. Um pequeno passeio em horários nos quais a temperatura está mais amena já é o bastante. E falando nisso, ele não deve ser exposto a temperaturas extremas, pois pode ser perigoso para a sua saúde.

Não requer muitos cuidados, banhos ou idas frequentes ao pet shop. O pelo é curto, não acumula sujeira e o Boston Terrier não fica com aquele “cheirinho” característico dos cães. Dar banhos uma vez a cada 15 dias é mais que o suficiente. O excesso de banhos pode deixar a pele muito sensível e desenvolver patologias. Eles produzem um óleo que protege a pele e uma escovada por semana, além de retirar os pelos mortos também favorece o aumento da produção dessa substância.

Problemas de saúde comuns do Boston Terrier

Essa é uma raça bastante saudável, mas como em qualquer outra, é tendenciosa a alguns tipos de doenças. As patologias mais comuns são: catarata precoce (pode ocorrer entre 8 e 12 semanas de vida), protuberância dos olhos (também conhecido como olhos de cereja), luxação patelar, sopros cardíacos, tumor cerebral, surdez e alergias.

Fotos do Boston Terrier

Boston Terrier Boston Terrier Boston Terrier Boston Terrier Boston Terrier Boston Terrier Boston Terrier

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here