Raças pequenas de cachorro: Se você está pensando em ter um cão de porte pequeno, mas está em dúvida sobre qual raça escolher, você está no lugar certo! Conheça a seguir 10 raças pequenas de cachorro e faça as comparações entre elas, para escolher qual a que mais combina com você.

As raças pequenas de cachorro são, com certeza, umas das mais procuradas e adoradas pelos brasileiros, principalmente por quem mora em apartamento ou em locais menores.

Além de serem raças de companhia, o que faz deles ótimos e fiéis companheiros, esses cães são a escolha ideal para você que busca um amigo que se adapte a um espaço um tanto quanto limitado.

Mesmo com todas essas facilidades, é importante certificar-se de que um novo amigo de quatro patas se encaixa no seu estilo de vida e rotina.

Um cão, quando pequeno de tamanho, precisa de menos espaço para se divertir ou fazer suas necessidades. Mas isso não quer dizer que não precise de espaço ou atividades e brincadeiras, então tenha isso em mente antes que comprar um pet.

Além de personalidades únicas, cada raça de cachorro pequeno apresenta questões específicas de saúde a que os donos devem ficar atentos.

Por isso, preparamos uma lista com 10 raças pequenas de cachorro, com todas as informações que você precisa saber sobre eles. Dessa forma, você escolhe o seu companheiro com consciência e evita surpresas depois!

Continue lendo nosso artigo para acompanhar.

 10 raças pequenas de cachorro
Cão da raça Lulu da Pomerânia com expressão feliz, usando um lencinho. Fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Conheça 10 raças pequenas de cachorro

Raças pequenas de cachorro: Não importa o tipo de pelagem, os cães pequenos são sempre muito fofos, não é mesmo?

Mas esse não é o único motivo para a popularidade desses bichinhos. Outro ponto positivo é que eles se adaptam em lugares menores, já que são pequenos também, o que é ótimo pois, hoje em dia, existem cada vez mais apartamentos.

E os apartamentos estão cada vez menores também, como os estúdios ou kitnets. Isso explica o porquê de tantas raças de menor porte marcarem presença na lista de cães mais populares e amados no Brasil.

Sem dúvidas, quando o espaço é limitado, é muito mais fácil criar brincadeiras e evitar esbarrões e outros acidentes com um cachorro menor dentro de casa.

Mas, por outro lado, se além de morar em apartamento você não tem muita disponibilidade de tempo para passear com seu cãozinho, saiba que nem todos os pets pequeninos são tranquilos.

Alguns precisam de bastante atenção, são ativos e brincalhões. Ou seja, precisam gastar bastante energia para não se tornarem destruidoras.

Separamos cinco raças de cada, desde as mais tranquilas e sossegadas até as mais agitadas, que precisam de uma rotina maior de estímulos. Veja abaixo!

Raças pequenas de cachorro: mais sossegadas

Raças pequenas de cachorro: Embora não seja uma regra, normalmente os cães de companhia tendem a ser menos ativos que cães de trabalho ou pastoreio, por exemplo.

Por isso, costumam exigir doses menores de exercícios por dia para se manterem saudáveis. Para eles, basta brincadeiras menos intensas ou caminhadas.

Isso não quer dizer que eles não precisam brincar, passear e socializar com outras pessoas e cachorros diariamente. Entre a raça de cachorro pequeno, existem algumas que são ótimas companhia, como:

 10 raças pequenas de cachorro
Cadela da raça shih tzu usando suéter vermelho e fitinha verde e vermelha. Ela está sentada em um tapete branco peludo. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Shih-tzu

Raças pequenas de cachorro: O Shih-tzu é uma raça pequena de cachorro, que conquista todos por seu temperamento dócil e brincalhão.

Cão de companhia por excelência, essa antiga raça é originária da China por volta de 600 a.C., onde posteriormente se tornou grande companheira da corte durante a Dinastia Ming, entre 1368 e 1644.

Quando falamos do Shih-tzu, estamos falando sobre um cachorro pequeno e peludo, que cresce até 25cm e pesa entre 4,5 e 8kg.

Sua pelagem varia muito, podendo ser preto e branco, dourado e branco, marrom e branco, preto, vermelho, chocolate e cinza.

Vale ressaltar ainda que essa raça chega a viver até 15 anos. Seu temperamento é extrovertido e se dá bem com crianças e outros animais, sendo ótima opção para famílias com filhos.

Os maiores cuidados com o Shih Tzu são em relação ao pelo, que também deve escovado diariamente, assim como a região dos olhos, que fica muito exposta, e precisa ser higienizada com frequência. Então, para evitar maiores problemas, faça a limpeza do canto dos olhos de forma regular.

Apesar de tranquilo, o Shih-tzu gosta muito de brincar e é bem ligado aos tutores. Tanto é que adora seguir os membros da família pela casa e não dispensa um colo e carinho.

Seu nível de energia é baixo, então, em geral, essa é uma raça com baixa exigência de exercícios e pouco destruidora, se contentando com brincadeiras mais tranquilas, passeios e caminhadas.

Por outro lado, costuma latir para a presença de estranhos ou para sons desconhecidos, o que pode ser um problema para quem mora em apartamento.

Sendo assim, procure socializar e sociabilizar o pet desde cedo! Lembrando que, com uma rotina saudável, os cães também tendem a latir menos.

Conheça 10 raças pequenas de cachorro
Cãozinho Spitz Alemão (Lulu da Pomerânia) sorrindo, deitado de lado. Fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Lulu da Pomerânia

Raças pequenas de cachorro: Muitos historiadores dizem que o Lulu da Pomerânia é uma raça pequena de cachorro descendente de antigos cães puxadores de trenó.

No entanto, atualmente o Lulu desenvolveu um temperamento mais sossegado, ainda que goste muito de brincar, passear e correr.

Além de atividades físicas, o Lulu da Pomerânia também precisa de diversos estímulos cognitivos, uma vez que é muito inteligente e obediente. Seu nível de energia é médio.

O Lulu, conhecido também como pequeno Spitz Alemão, é um cachorro pequeno peludo que chega no máximo até os 22cm de altura e pesa até 4kg.

Essa é uma raça que adora carinho, afeto e muito amor. Um ponto que não agrada tanto é seu latido, que é alto e forte.

Então, saiba que, assim como seu parceiro Shih-tzu, esse peludinho tem o costume de latir para avisar o tutor sobre ameaças.

Para amenizar os latidos, proporcione ao pet uma rotina adequada e, se necessário, consulte um adestrador canino.

Outro cuidado importante que devemos tomar com eles é em relação a sua fragilidade, principalmente quando estão brincando com crianças.

Além disso, o pelo também deve ser escovado com frequência, assim como os dentes, já que eles são propensos a ter problemas com a saúde oral.

 10 raças pequenas de cachorro
Cão peludinho e branco da raça bichon frise, posando em estúdio. Fundo marrom. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Bichon Frisé

O Bichon Frisé não é o menor cachorro do mundo, mas segundo historiadores, teria sido um dos cachorros favoritos da corte francesa na época de Maria Antonieta, antes da Revolução Francesa.

É um cachorro dócil, sociável, tranquilo, brincalhão, além de muito inteligente. Com poucas repetições, é capaz de aprender diversos truques e a responder aos principais comandos.

Embora possa parecer de personalidade despreocupada e mais desapegada, gosta muito de companhia, e não é raro que tenha a síndrome do abandono ou ansiedade de separação.

Para quem passa uma parte considerável do dia fora de casa, é importante acostumar o pet desde filhote à ausência de pessoas, mas nunca deixá-lo o dia todo sozinho ou por muito tempo, pois ele tende a sofrer muito.

Resumindo, o Bichon Frisé é um cachorro pequeno bem peludinho e amoroso. É perfeito para viver em apartamentos, pois é pequeno, leve e late muito pouco, além de ser bem inteligente.

Essa raça precisa se exercitar diariamente, mas nada muito intenso. Por eles serem pequenos, essas atividades mais vigorosas não são necessárias. Seu nível de energia é médio.

Sua pelagem é branca e encaracolada e seu temperamento é tranquilo e dócil. Um cuidado importante é com a pelagem, que deve ser escovada pelo menos uma vez por dia. Seu pelo encaracolado acaba formando muitos nós se não forem escovados.

Também é preciso ter cuidado com a escovação dos dentes e as articulações do Bichon Frisé, principalmente do joelho e do quadril, devido ao seu tamanho da raça.

 10 raças pequenas de cachorro
Cão Maltês sentado em fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Maltês

Raças pequenas de cachorro: Outro na lista das 10 raças pequenas de cachorro é o Maltês, originário da ilha de Malta, onde teria servido como um grande caçador de ratos nos navios que atracavam nos portos.

Ao mesmo tempo, esse peludinho também era visto como um grande companheiro, característica que permanece viva até hoje.

De modo geral, o Maltês é enérgico, gosta muito de brincar, passear, correr e socializar, e precisa fazer isso em seu dia a dia.

Por outro lado, também é famoso por ser muito adaptável, moldando-se ao estilo de vida do tutor. Seu nível de energia é médio.

O Maltês é um cachorro pequeno peludo com pelagem branca, que pesa em média 3kg, e com expectativa de vida entre 12 e 15 anos.

Ele é brincalhão, amoroso, inteligente e convive harmonicamente com outros cachorros e com humanos, inclusive crianças. Um ponto que pode não agradar tanto alguns tutores é que ele late bastante.

Essa raça também é apegada ao tutor, e não reage bem à separação. Portanto, evite deixar ele muito tempo totalmente sozinho!

Já os cuidados necessários com a raça são, principalmente, em relação ao pelo, que precisa de escovação diária, para evitar os nós, e banhos semanais.

O uso de condicionadores próprios para a raça ajudam bastante na hora da escovação. Além disso, os dentes do Maltês também precisam ser escovados regularmente.

Para quem mora em apartamento, vale ficar atento aos latidos. Um bom adestramento pode ajudar a mantê-los em níveis controlados, evitando problemas com vizinhos.

Conheça 10 raças pequenas de cachorro
Cachorro da raça Pug deitado no sofá. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Pug

Raças pequenas de cachorro: Assim como o Shih-tzu e o Bichon Frisé, o Pug também era uma raça muito querida por famílias reais e pela nobreza.

Um pouco preguiçosos, os Pugs adoram ficar no colo dos tutores e não exigem uma rotina intensa de exercícios para se manterem saudáveis, por isso estão na lista dos cães mais sossegados.

Mas lembre-se: assim como todos os cães, independentemente de porte ou raça, o Pug também precisa brincar e passear diariamente.

Ainda mais no caso de filhotes, a falta de atividades adequadas pode levar o pet a apresentar comportamento destrutivo.

Nesse sentido, também é importante acostumá-lo desde cedo a ficar sozinho por alguns períodos de tempo. Do contrário, o Pug estará mais propenso a desenvolver ansiedade por separação.

Resumindo, de modo geral, a raça apresenta comportamento estável, mas os filhotes são cheios de energia.

Quando adultos, pesam de 6 a 10kgs, podendo atingir um tamanho de até 30 centímetros, e possuem uma expectativa de vida que gira em torno dos 15 anos.

Podem ser um pouco agressivos com desconhecidos em um primeiro momento, no entanto, são bastante sociáveis e em pouco tempo constroem amizades com pessoas e outros cães.

Por serem donos de focinhos achatados, os Pugs tem a respiração bastante ofegante, e não devem ser mantidos em locais fechados demais por muito tempo, pois isso aumenta a sua dificuldade para respirar.

Para finalizar, o Pug é um dos cães preferidos também por não exigir muita atenção especial para sua pelagem, que não precisa de escovação regular para manter-se saudável.

Raças pequenas de cachorro: mais agitadas

Raças pequenas de cachorro: Uma raça pequena só que mais agitada também pode viver bem em apartamentos, e sem causar problemas com a família ou com os vizinhos, mas vai depender do modo como será criada.

A diferença é que, enquanto algumas raças exigem uma dose diária menor de exercícios físicos, outras precisam de atividades mais intensas para gastar as energias.

A seguir, vamos descobrir quais são algumas dessas raças pequenas de cachorro, porém mais enérgicas? Vamos lá!

 10 raças pequenas de cachorro
Filhotes de Dachshund deitados juntos. Fundo de árvores com folhas alaranjadas. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Dachshund

O Dachshund faz parte das raças pequenas de cachorro, mas pode se apresentar em três variações: mini, toy e padrão.

As diferenças são definidas pelo seu peso, mas nenhuma delas passa de 9 kg quando adulto.

Como a raça possui a tendência de ganhar peso, principalmente quando vivem em apartamento, exercícios e dieta são essenciais.

Portanto, lembre-se de mantê-lo ativo! Mas basta uma pequena caminhada para suprir as necessidades diárias de exercícios desse cãozinho simpático.

De modo geral, o Dachshund é um cão afetuoso, mas de temperamento possesivo com seu território e dono.

A variação de pelo longo deve receber maior atenção com seu pelo, pois existe também o Dachshund de pelo duro e de pelo liso.

Vale ressaltar ainda que obediência não é o forte do Dachshund, que vai precisar de bastante paciência e persistência para aprender comandos. A convivência com crianças e outros animais só funciona quando introduzida desde cedo.

Justamente por causa de sua origem caçadora, o Dachshund possui olfato aguçado e é extremamente ativo e curioso. Ele adora perseguir pequenas presas, como insetos e outros animais menores.

Aliás, é importante socializá-lo desde cedo com crianças e diferentes tipos de pessoa. Caso contrário, o pet pode ser tornar arisco e até mesmo agressivo com desconhecidos.

 10 raças pequenas de cachorro
Cão da raça Yorkshire Terrier sentado em estúdio fotográfico, com fundo verde. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Yorkshire Terrier

O Yorkshire Terrier faz parte das raças pequenas de cachorro, e é excelente para ambientes menores, como apartamentos, já que ele não passa dos 3kg.

Apesar da aparência fofinha e da fama como cão de companhia, o Yorkshire é outro pequeno notável selecionado para a caça, já que de acordo com sua história e origem, a raça teria surgido durante a Revolução Industrial.

Nessa época, os Yorkies eram escolhidos para caçar ratos e ratazanas, muitos comuns nas aglomerações urbanas daquela época.

Ele é amável e companheiro com a família, mas acaba sendo um pouco ciumento. Por isso, esse é um cão que late bastante.

Sua pelagem quando filhote é preta e, adulto, é cinza azulada, muito sedosa e brilhante quando bem cuidada.

Seu nível de energia é baixo, mas mesmo sendo uma raça de cachorro peludo boa para apartamentos, é muito importante que o Yorkshire Terrier faça passeios regulares, pois eles têm bastante energia guardada. Leve ele para passear e ele ficará muito feliz!

Outro cuidado essencial que deve ser tomado é em relação ao excesso de banhos, que podem causar problemas de pele.

 10 raças pequenas de cachorro
Cão da raça Corgi em pé, em fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Corgi

O Corgi é um cão famoso por sua estrutura corporal bem característica e única, com altura baixa e corpo alongado. Esse baixinho é campeão de fofura, conquistando até mesmo o coração da Rainha Elizabeth II, do Reino Unido.

Ótimo cão de companhia, a princípio a raça foi selecionada para ajudar no pastoreio de gado, na Ilha da Grã Bretanha.

Isso explica a mania que muitos Corgis têm de mordiscar o calcanhar dos tutores. Afinal, essa é uma das técnicas utilizadas pelos Corgis para empurrar o rebanho na direção desejada pelo condutor. Curioso, não é?

Os Corgis são afetuosos e brincalhões, além de amarem crianças e outros animais! Porém, eles precisam ser socializados positivamente desde filhotes para que não se sintam ameaçados em ambientes estranhos.

Possui uma certa quantidade de energia que precisa ser gasta diariamente, então passeios e brincadeiras são muito bem-vindos, sendo suficientes para manter esses fofos sob controle.

Conheça 10 raças pequenas de cachorro
Filhote branco de Jack russell terrier, deitado em fundo preto. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Jack Russell Terrier

Assim como Yorkshire, que também pertence ao grupo dos Terriers, o Jack Russell tem origem britânica e é um exímio caçador. Por isso, é conhecido por estar constantemente agitado.

Isso faz deles grandes companheiros para tutores mais ativos, que gostam de fazer atividades intensas por aí, acompanhados do cachorro.

Lembrando que é importante respeitar o ritmo do pet, mas ele com certeza adora um passeio e corridas ao ar livre!

Lembre-se: O Jack Russell Terrier é um cachorro muito companheiro e sociável, mas de temperamento forte.

Ele é energético e não gosta muito de obedecer e nem de ficar parado, então se você procura um cachorro mais quietinho, talvez ele não seja a melhor opção.

Com a rotina adequada e brincadeiras, o Jack Russel será um grande companheiro, preparado para todas as aventuras!

Conheça 10 raças pequenas de cachorro
Cão da raça Beagle sentado em fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Raças pequenas de cachorro – Beagle

Raças pequenas de cachorro: O local de origem dos Beagles é a Grã-Bretanha. No entanto, pesquisadores não conseguem afirmar o ano do surgimento desses cãezinhos.

O que se sabe é que eles tinham o hábito de caçar veados e lebres pelas cidades rurais da Inglaterra.

Apesar de ser um cãozinho adequado para tutores que moram em apartamento, é necessário que ele tenha um tempo do seu dia para gastar suas energias, que não são poucas!

Ou seja, por conta de seu temperamento enérgico, o Beagle precisa de boas doses diárias de atividade física para se manter saudável e feliz.

Quando isso não é possível, pode ficar entediado com facilidade, o que contribui para um comportamento bagunceiro, entre outros hábitos indesejados.

Ele também é um cão que tende a latir bastante, principalmente quando avista outros cães, o que pode incomodar alguns tutores ou vizinhos.

Já com uma rotina adequada, o Beagle é um grande companheiro, afetuoso e muito brincalhão!

Resumindo, esses pets são sempre extrovertidos, divertidos e agitados, então esteja preparado para mudar sua rotina!

Além disso, esse cão costuma ter tendência à obesidade e precisa de cuidados com a alimentação.

São várias raças pequenas de cachorro, não é mesmo? Qual das raças acima você acha que possui mais o seu perfil e da sua família?

Independente da sua escolha, saiba que esse cãozinho, seja mais calminho ou mais enérgico, será um excelente companheiro em sua vida!

Agora que você já conheceu as 10 raças pequenas de cachorro, desde as mais sossegadas até as mais agitadas, veja também esses outros artigos caninos:

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here