Sabe aquele cão Schnauzer? Então, ele é muito conhecido por seu famoso bigode, um charme que conquista muitos tutores pelo mundo.

Conheça a história, origem e características do Schnauzer, esse cãozinho com pelos escuros que é muito amável, obediente, ativo e inteligente.

A raça Schnauzer tem origem alemã é uma das mais populares até os dias de hoje. Confira mais sobre esse cão incrível no artigo abaixo. Boa leitura!

Schnauzer
Cão da raça Schnauzer em fundo amarelo. Crédito da foto: Freepik

História e origem do Schnauzer

Sua presença era indispensável na Alemanha, seu país de origem. É que o Schnauzer acompanhava as carruagens, pastoreava gado e ovelhas e ia sempre na frente para inspecionar o caminho.

Sua primeira aparição registrada foi em 1879, com o nome de Pinscher de Pelo Duro. Ao longo do tempo, esse cão desenvolveu funções que desenvolveram seu instinto protetor, como por exemplo, a de latir fervorosamente diante de algum perigo para avisar seus tutores.

O surgimento do Schnauzer Miniatura data de aproximadamente 1800. Foi criado originalmente para caçar ratos em celeiros e casas de fazenda, que comprometiam a saúde das pessoas e os estoques de alimentos.

Após a Primeira Guerra Mundial, já em 1924, o Schnauzer foi trazido para os EUA e chegou a ser a terceira raça mais popular nos Estados Unidos.

Porém, foi reconhecido pelo American Kennel Club (AKC) apenas em 1926. Naquela época, qualquer raça que possuísse uma barbixinha era chamada de Schnauzer.

Os Schnauzers são atrelados ao grupo dos terriers. Até hoje integra a Polícia Alemã e a norte-americana, auxiliando os policiais na investigação de mercadorias de contrabandos.

Alguns dizem que seu nome foi derivado da palavra “Schnauze” que significa focinho em alemão. Outros dizem que significa de “barba curta”, exatamente como sua raça se apresenta.

Independente de tudo, a pequena barbicha rendeu ao Schnauzer o apelido de “vovô ranzinza”, mas quando descobriram seu afeto e amabilidade, o apelido foi logo deixado de lado.

Inclusive, o Bidu, cãozinho personagem de Maurício de Souza, foi inspirado em um cão da raça miniatura. Trata-se da primeira criação do consagrado desenhista a fazer sucesso. Por isso, é até hoje o símbolo da Mauricio de Souza Produções.

Ele é tão adorável que também já apareceu em alguns filmes como “Coraline e o Mundo Secreto” e também no clássico “A Dama e o Vagabundo”, como um dos amigos da Lady.

Infelizmente, durante a Segunda Guerra Mundial a raça original perdeu um pouco sua popularidade para a sua versão miniatura.

Entretanto, o Schnauzer Standard (de tamanho mediano) ainda é considerado um dos mais inteligentes caninos entre todos os de médio porte.

Outro fato curioso é que, no começo, o Schnauzer miniatura foi categorizado junto ao Pinscher Wirehaired.

Aliás, qualquer raça que apresentasse uma “barba” como a dele recebia o nome Schnauzer. Isso fez com que houvesse uma confusão com sua identificação.

Embora até hoje a raça esteja atrelada ao grupo terrier devido ao seu tamanho, o Schnauzer miniatura é único por várias outras razões, que veremos a seguir. 

Principais características do Schnauzer

Dócil, brincalhão e muito companheiro, trata-se de um cão muito querido e famoso por sua famosa barbicha, que está logo abaixo do queixo.

A sobrancelha que cresce para cima e deve ser aparada para não o incomodar e um bigodinho que também deve ser podado quando necessário.

Além disso, esse pet possui olhos escuros em formato ovalado, com uma cauda alta e curta. Já as orelhas merecem destaque, uma vez que têm um comprimento médio e caidinho. Sua cabeça é longa e o focinho bem definido.

Ele pode ser encontrado em versões miniatura ou gigantes (o Schnauzer de Munich, por causa de seu local de origem). Antigamente era muito usado para o pastoreamento de gado e ovelha em fazendas.

O animais da raça podem ter diferentes tamanhos e por isso a estão divididos em Schnauzer miniatura, Schnauzer standard ou Schnauzer gigante. Os Schnauzer miniatura medem de 30 a 35 cm, podendo pesar entre 4 e 8 kg.

Já os cães da raça Schnauzer gigante têm entre 60 a 70 cm de altura, pesando de 35 a 47 kg. Já os animais de tamanho standard medem de 45 a 50 cm e pesam de 14 a 20 kg.

Já sua expectativa de vida é entre 12 a 14 anos.

Cores da raça

Antigamente, as opções de cores do Schnauzer eram bem diversificadas. Hoje, a raça apresenta apenas as seguintes combinações de cores: sal e pimenta (preto com branco), preto com prata ou apenas preto, a única cor sólida aceita no padrão da raça, segundo o AKC.

Personalidade do Schnauzer

Com temperamento agradável e sociável, o Schnauzer também é um grande brincalhão. No entanto, além de ser fiel e protetor ao seu tutor, ele também gosta de ser o centro das atenções.

Por ser caçador nato, o cão dessa raça gosta de espaços abertos, para correr sem barreiras. Leve ele a um parque, praça ou bosque para que ele fique muito feliz!

O Schnauzer é muito corajoso. Tanto que ele interage com cães maiores numa boa, sem medo, independente do tamanho.

Além disso, ele é muito protetor e ciumento com seu tutor, sendo uma das raças mais carinhosas e fiéis. Muito amoroso, costuma se dar bem com toda a família!

Com estranhos, é recomendável que a raça receba alguma supervisão. Embora seja um cachorro amável, seu instinto de defesa é ativado sempre que algum familiar está ao lado de pessoas estranhas.

Para que isso seja resolvido, basta aproximá-lo das visitas, mostrando a ele que não há perigo em recebê-las na sua casa.

São muito inteligentes. Tanto que, costumam obedecer somente às pessoas com que mantêm vínculo afetivo.

Aliás, brigar com ele de maneira dura pode torná-lo ressentido e desobediente, por isso não é recomendado! O Schnauzer está entre os doze cães mais inteligentes do mundo e apresenta facilidade para o adestramento.

Com a necessidade de gastar sua energia diariamente, o Schnauzer tem força suficiente para passear por mais de uma hora seguida, por exemplo.

Outro ponto muito importante a se considerar são as atividades físicas e mentais, muito importantes como estímulo a caçadas entre outras brincadeiras. Portanto, são essenciais para deixá-los com temperamento mais calmo e satisfeito.

Além disso, sua versão miniatura precisa praticar uma boa média de exercícios físicos. O ideal é que ele caminhe cerca de 9 km por semana, em média de uma hora diariamente.

Caso não possa sair tanto com ele, é indispensável contratar um pet walker, profissional contratado para caminhar com os cães.

Essa raça pode ser ótima companhia para a prática de corrida em lugares planos. Por ser muito ativo, além de corridas, caminhadas e brincadeiras, é ideal o estímulo a caçar bolinhas, entre outras que possam estimular sua mente.

Confira nosso artigo sobre enriquecimento ambiental e como fazer na sua casa!

Schnauzer
Cão Schnauzer preto em um parque, ao ar livre. Crédito da foto: Freepik

Como adestrar um Schnauzer?

Recomendado desde que ele seja filhote, dificilmente o Schnauzer vai obedecer a comandos que não sejam de seus tutores.

Por isso, o adestramento deve ser acompanhado pelo tutor e o profissional deve usar sua ajuda para ensiná-lo. Ele é bem inteligente, então isso não é muito complicado, apesar de ser um tanto teimoso.

Mas, se seu tutor participar ativamente do adestramento, esse processo será perfeitamente possível.

O Schnauzer pode atender prontamente aos comandos, principalmente se petiscos e reforços positivos estiverem envolvidos em conjunto com reforços positivos.

Broncas com tons mais duros não costumam funcionar com essa raça, mas sim causar o efeito contrário. Então fale firme, porém de maneira dócil, sem agressividade.

Como é o comportamento do Schnauzer em casa?

Fofo, leal e protetor. Assim é o Schnauzer dentro de sua casa. Não à toa é considerado um dos melhores cães de companhia.

Cheio de vida, está sempre pronto a uma nova aventura, desde que essa envolva algum tipo de brincadeira de caça ou ainda com o simples arremesso de bolinhas. Com bastante energia, Schnauzer está sempre atento aos acontecimentos ao seu redor.

Dóceis e sociáveis, os Schnauzers convivem bem com crianças, mesmo sendo altamente possessivos e protetores com seus tutores.

Por esse motivo, é muito importante que sejam socializados desde filhotes. Seu instinto protetor é aguçado e para proteger os seus, nunca demonstrará cansaço.

É desconfiado, territorialista e corajoso. Por isso, não se espante se ele provocar uma briga com outro animal que se aproxime do portão!

Sua vida em casa pode ser bem tranquila desde que ele gaste a energia necessária. Por isso, é importante promover a socialização e seu treinamento o quanto antes, além dos passeios e brincadeiras diárias.

Saiba que esse típico comportamento atlético é derivado de seu instinto caçador e criá-lo ao ar livre vai tornar seus dias mais felizes e divertidos.

Mas, mesmo que seja na cidade, esse pet vai viver bem enquanto puder brincar com seu tutor.

O Schnauzer late muito?

Depende da situação. Em alguns casos, ele pode latir excessivamente. Um exemplo é quando há pessoas que ele considera estranhas e que podem, segundo ele, comprometer o bem-estar de sua família.

Mas, fora isso, essa raça de cachorro é moderada nos latidos. Outra possibilidade é que, se você brincar euforicamente com ele, ele vai latir para demonstrar toda sua felicidade e empolgação.

Schnauzer: História, origem e características
Cão Schnauzer miniatura preto em um parque. Crédito da foto: Freepik

Preço

Se você sonha em ter um filhote de Schnauzer, saiba quanto custa essa raça. O preço pode variar de R$ 700 a R$ 5.000, dependendo do site ou das características genéticas e hereditárias do cão e de sua família.

Porém, antes de decidir comprar um cachorro, lembre-se que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é muito bom! 

Agora que você já conheceu a origem, história e características do Schnauzer, leia mais sobre outras raças também:

Esperamos que tenha gostado desse artigo, continue acompanhando o Web Cachorros para mais conteúdos sobre o fantástico mundo canino. Até a próxima!

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here