Será que você sabe interpretar os sinais do seu cão? A linguagem corporal é muito importante para os pets, já que é dessa forma que eles conseguem se comunicar com o mundo exterior e com os outros seres.

E quem é apaixonado por cachorros sabe o quão importante é para nós deixarmos eles felizes! Para isso, existem alguns cuidados fundamentais que devemos ter com nossos amigos, além de claro observar os sinais!

Será que seu pet tem uma vida boa? O que podemos fazer para melhorar e deixar nosso cão feliz? Isso é um sinal de amor e empatia da nossa parte.

Confira 10 sinais para saber se o cachorro está feliz!

feliz
Cão da raça Husky Siberiano branco e marrom, sorrindo para foto. Crédito da foto: Freepik

1. Ele tem uma postura relaxada

Seu cão apresenta uma postura relaxada, pelo menos na maior parte do tempo? Isso é um sinal de que ele está feliz e tranquilo!

É claro que, devido ao seu instinto animal, quando algo lhes desperta o interesse e a curiosidade, é normal que os cães mudem a postura, enrijecendo o corpo.

Mas, no geral, se o cachorro está feliz ele costuma manter uma postura relaxada quase sempre.

Isso inclui a posição das orelhas e do rabo, que costuma ser mantido em posição de descanso (exceto, é claro, quando o pet está muito feliz, como quando você chega em casa, que aí ele provavelmente faz festa e abana o rabinho euforicamente!).

2. Seu cão possui um olhar alegre e expressão sorridente no rosto

É fácil intuir esse aspecto em cães, cujo humor é facilmente descoberto pelo brilho dos olhos e pela observação do relaxamento neles, além de claro, o sorriso no rosto!

A tranquilidade característica de cachorro feliz também pode ser vista no relaxamento dos músculos da face, e isso ajuda a saber se o seu dog está feliz.

Portanto, cachorros contentes muitas vezes parecem estar sorrindo, com a mandíbula relaxada e semiaberta.

Em relação aos olhos, observe se o cãozinho aparenta estar com as pálpebras relaxadas. Se sim, pode ser sinal de felicidade!

Já quando a parte branca dos olhos costuma ficar muito aparente, fique atento, pois isso pode indicar medo, desconfiança, estresse e agressividade.

Como sabemos, o olhar é o espelho da alma e, no caso desses animais, é uma expressão bastante precisa. O olhar deles diz tudo, até quando é amor verdadeiro!

3. Ele está com o apetite em dia

Cães adoram comer, isso é fato! Alguns cães são até mais comilões que outros e não podem ver algo de comer que já querem um pedaço, né?

Algumas raças comilonas são os cães São Bernardo, Cão Dinamarquês, Mastim, Terra-nova, entre outros.

Por outro lado, certas raças são conhecidas por seu apetite seletivo, como o Maltês.

Seja como for, se você observar que o pet vem pulando muitas refeições, mesmo quando você tenta estimulá-lo, vale a pena consultar um veterinário. Pode ser sinal de que o cão está doente ou deprimido.

4. Boas noites de sono

Dando sequência, um período de sono adequado é outro método para saber se seu cão está feliz.

É que assim como acontece com nós, humanos, a falta de sono nos cachorros está associada à liberação de substâncias como o cortisol.

Essa substância pode levar ao estresse crônico e a outros problemas de saúde. Ou seja, dormir bem é fundamental para uma vida mais feliz!

Por outro lado, se o pet anda dormindo demais, é bom investigar. Algumas alterações, como o hipotireoidismo e a depressão, também podem estar relacionadas.

Em síntese, um cachorro feliz pode dormir até 16 horas por dia, dependendo da raça. Essas horas podem ser distribuídas entre o amanhecer e pequenos períodos de soneca durante o dia.

Claro, esse sono é estendido até 20 horas por dia no caso de filhotes, que adoram e precisam dormir!

Este é um período mais do que suficiente para o cão estar preparado para os momentos de passear e brincar com você e outros animais.

feliz
Cão Labrador sorrindo com a língua de fora, para a câmera. Ele está deitado em um gramado verde. Crédito da foto: Freepik

5. Variabilidade comportamental

Ninguém consegue ser plenamente feliz quando está sempre com medo ou se sentindo desconfortável.

Nesse sentido, cães cuja criação não é coerente (por exemplo, ora pode subir na cama, ora não pode) e inclui métodos aversivos muitas vezes não conseguem compreender o que podem ou não fazer e eles ficam confusos.

Essa criação não coerente, consequentemente, faz com que o pet fique ansioso e tenha dúvidas de quando será ou não punido.

Isso acaba inibindo a espontaneidade e os comportamentos naturais caninos, o que não é nada legal!

Ou seja, por mais que o cachorro seja feliz e tranquilo, lembre-se de que faz parte do comportamento canino latir, farejar, brincar, fuçar, cavar, roer… Evite inibir o instinto deles!

6. Comportamento pouco destrutivo

Na natureza, destroçar e roer são apenas duas das etapas da chamada “sequência comportamental de caça”.

Já em casa, o hábito de roer mordedores e destruir brinquedos, como bolinhas e bichinhos de pelúcia, está entre as principais maneiras de o pet se entreter. Mas elas não devem ser as únicas!

Para que sejam verdadeiramente felizes, cães também precisam passear, brincar, correr, farejar, entre outras atividades.

Elas, por sua vez, ajudam a garantir o bem-estar físico e mental do cachorro, diminuindo o estresse e a ansiedade que podem levar ao destrutivo comportamento de cachorro.

7. Ele demonstra confiança e independência

Fato é que, após um longo dia de trabalho fora de casa, todo mundo gosta de ser recebido com muita festa pelo pet, e ver o cachorro abanando o rabo feliz da vida com a chegada!

E isso é realmente muito bacana! Porém, é importante observar qual é o comportamento do cachorro na sua ausência.

Se ele está latindo muito ou até uivando, arranhando portas ou lambendo compulsivamente as próprias patas, procure um veterinário comportamentalista, pois pode ser que ele tenha a chamada “ansiedade de separação”.

Por mais que seja bonitinho perceber que o cachorro sente a nossa falta, é fundamental criar o pet para que seja independente e confiante. Isso é importante para o bem-estar dele.

Perceber um cachorro feliz não é tarefa difícil, e ajudá-los a permanecer relaxados e contentes pode ser menos difícil ainda.

8. Seu cão sente-se curioso

Uma das características mais diferenciadoras dos cães em relação a outros animais é seu caráter curioso. Assim, a perda desse instinto pode denotar alguma apatia e infelicidade.

Os cães têm um interesse especial em tudo ao seu redor. Portanto, se você perceber que eles estão explorando tudo ao seu redor, é um bom sinal de que seu cão está feliz.

9. Ele balança o rabo

Dando continuidade, talvez este seja um dos aspectos que as pessoas que têm um cão mais observam para saber se ele é feliz.

Os cães mexem instintivamente o rabo quando se sentem felizes, combinando esse movimento com olhos brilhantes e um olhar atento a tudo o que fazemos.

10. Não morde muito

Lembre-se de que os cães usam os dentes para descobrir tudo ao seu redor, mas se houver um ponto em que eles mordem demais, isso pode ser um símbolo de estresse ou tédio.

Outro ponto de como saber se seu cão está feliz será ver se ele não morde tudo o que vê em seu caminho.

feliz
Cão da raça Golden Retriever usando óculos de sol e lencinho vermelho, posando para foto com expressão sorridente e feliz. Crédito da foto: Freepik

Outros sinais que indicam um cachorro feliz

Como já mencionamos acima, no geral um cão feliz terá uma linguagem corporal relaxada.
Estes são alguns dos sinais físicos de um cão feliz: 

  • Boca macia e parcialmente aberta
  • Orelhas relaxadas, não puxadas para trás ou esticadas em atenção
  • Postura geral relaxada, com cabeça erguida, cauda relaxada e postura confiante
  • Naturalmente, cada cão é diferente e a composição corporal pode variar. Mas, em geral, um cão feliz parecerá confortável e à vontade.

Como tornar seu cão ainda mais feliz

O sonho de toda mãe ou pai de pet é fazer o seu cãozinho super feliz! Afinal, é um amor tão incondicional pelo pet que mal cabe em nosso peito, não é mesmo? Eles são nossos melhores amigos e companheiros fiéis.

Parece clichê, mas é verdade. A melhor maneira de manter um cão feliz é simplesmente suprir suas necessidades físicas, intelectuais e emocionais.

Certifique-se de que eles tenham uma dieta saudável, uma quantidade adequada de exercícios, estímulo mental suficiente e muito amor e carinho.

Outra maneira de garantir a felicidade do seu cão é cuidar da sua! Além de experimentar emoções próprias, os cães reagem ao nosso humor.

Quanto mais saudável você se mantiver, mais confortável e satisfeito será o seu cão. Se você estiver sempre triste e depressivo, ele poderá ficar também.

Por fim, lembre-se de que felicidade é apenas uma das muitas emoções que seu cão é capaz de sentir.

Por isso, é importante prestar atenção às linguagens corporais e emocionais do seu cão, pois alterações no comportamento podem indicar estresse emocional, desconforto físico ou doença.

Mas também é importante permitir variações de humor, afinal isso é normal e não é possível ser feliz o tempo todo! Todo mundo fica irritado ou entediado de vez em quando, só não pode ser sempre.

Desde que o seu cão seja geralmente saudável, você pode garantir que ele esteja feliz!

Esperamos que tenha gostado desse artigo. Continue nos acompanhando!

Leia também:

Até mais!

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here