No artigo de hoje, entenda os sinais dos cachorros. Aprenda a interpretar seu cão!

Risada, choro, cara feia e bico: estes são alguns sinais que nós humanos conseguimos reproduzir para transmitir uma mensagem para outras pessoas, e que também conseguimos reconhecer e entender quando os enxergamos.

Estes, dentre outras centenas de sinais que somos capazes de realizar, compõem um complexo conjunto de comunicação, que nos auxiliam diariamente em nossas vidas e decisões.

Se estamos com dor, damos um jeito de deixar bem claro, mesmo se não possamos utilizar a voz e a linguagem.

Se não gostamos do cardápio do almoço, todos conseguem perceber apenas ao olhar em nossa feição, não é mesmo?

E você já parou para pensar como os pets fazem para transmitir suas emoções e suas vontades?

Eles também possuem sinais e comportamentos específicos para cada uma de suas emoções, como dores, felicidade, nervosismo, euforia e até mesmo submissão.

Logicamente, por não sermos animais da mesma espécie, não conseguimos identificar todos estes sinais naturalmente.

Porém, a medicina e a psicologia veterinária avançaram muito nos últimos anos neste sentido, o que tornou possível mapear uma série de sinais dos nossos melhores amigos.

Como tutores apaixonados que somos, é essencial aprendermos a reconhecer cada um deles, para que os nossos companheiros tenham uma vida mais confortável, feliz e com muita saúde.

Afinal, os sinais e comportamentos dos cães podem trazer à tona problemas de saúde também, pois podem tornar nítido os primeiros sinais clínicos de doenças.

A seguir, você conhecerá dicas importantes para entender as emoções do seu melhor amigo e os principais sinais que eles nos dão diariamente. Vamos lá!

Sinais dos cachorros
Cão branco e caramelo erguendo a patinha. Fundo cinza claro. Crédito da foto: Freepik

Aprenda a ler os sinais dos cachorros e entender as emoções

Sinais dos cachorros: Você sabia que as emoções de um cão são muito similares às de uma criança de 2 anos? Isso mesmo! Se você já enxergava o seu cão como uma criança, agora você tem ainda mais motivo para isso.

Assim como as nossas crianças, os cães possuem uma sensibilidade aguçada para o aprendizado e demonstram suas emoções de forma mais explícita e acentuada.

E você já se perguntou quais são as emoções que, de fato, eles podem sentir? Então lá vai:

  • Alegria;
  • Amor;
  • Dor emocional;
  • Vergonha;
  • Ciúmes;
  • Medo.

Recentemente, outros estudos demonstram que os animais também podem dar sinais de:

  • Otimismo;
  • Pessimismo;
  • Ansiedade;
  • Submissão;
  • Angústia.

Cada uma dessas emoções e sentimentos são transmitidas por meio de sinais claros que nossos cãezinhos nos dão.

O grande problema é que não estamos preparados para reconhecer todos eles, e na grande maioria das vezes, nos confundimos totalmente.

Como exemplo, você já viu o seu cão totalmente entregue com a barriga para cima? Quer dizer submissão, ou seja, que ele está 100% submisso a você.

Na maioria das vezes, isso pode demonstrar que ele está confiando inteiramente em você e o reconhece como parte da família, um ser que não trará perigo.

Porém, em alguns casos e aliado a outros pequenos sinais, essa posição pode indicar submissão e medo.

Além das emoções, os animais também conseguem demonstrar quando sentem algo relacionado ao seu estado físico, como dor, ardência, coceira, desconforto, entre outros.

Embora estes sejam mais fáceis de serem identificados, uma vez que em grande parte das vezes o corpo do animal esteja com algo diferente, também é importante aprender a lê-los corretamente.

No caso dos animais idosos, por exemplo, as dores articulares são grandes vilões, pois apesar de um grande incômodo ao animal, não fazem com que ele mostre explicitamente para você.

Cabe ao tutor estar atento a pequenos detalhes, como posições em que o animal deita e pequenos problemas no momento de andar, por exemplo.

Sinais dos cachorros
Cão branco e peludo deitado de barriga para cima. Crédito da foto: Freepik

Sinais dos cachorros – Entenda a forma que eles transmitem

Os nossos companheiros podem transmitir sinais de variadas formas, assim como nós humanos.

Para todas as emoções, há um conjunto de pequenos sinais e até mesmo um padrão de comportamento que torna nítido aquilo que ele está sentindo em determinado momento.

Esses pequenos sinais podem acontecer ao mesmo tempo, e são realizadas por meio de:

  • Latidos;
  • Gemidos;
  • Choro;
  • Postura;
  • Orelhas;
  • Cauda;
  • Língua;
  • Olhar/olhos;
  • Movimento de patas;
  • Agitação;
  • Lamber de forma compulsiva;
  • Entre outros.

Quando falamos que era complexo, não estávamos brincando! Atualmente, a psicologia canina é a área de estudo que dedica-se inteiramente a entender todas as combinações de sinais do cão, a fim de entende-los e promover o tratamento, controle e prevenção de doenças relacionadas ao psicológico.

Os principais sinais que os cães nos dão

Vamos entender os principais sinais que os nossos melhores amigos mostram para a gente?

Preste bastante atenção, pois existem pequenos detalhes em cada um deles que possuem grande importância no real sentimento do animal. Vamos lá:

Uivo

O uivo, comportamento herdado de seus antepassados – os lobos selvagens – pode significar uma série de situações.

  • Quando próximo a alguma fêmea no cio, o animal pode uivar para chamar atenção de sua parceira.
  • O uivo também pode ser relacionado a queixa por solidão ou falta de atenção dos donos.
  • O uivo também é uma maneira que os cães usam para se comunicar entre si, sendo puramente atribuído ao relacionamento entre outros de sua espécie.
Sinais dos cachorros
Cão beagle latindo. Crédito da foto: Freepik

Sinais dos cachorros – Latidos

O latir é a forma mais comum que o cachorro possui para expressar seus sentimentos. Fique atento às características:

  • Latidos espaçados entre 10 a 15 segundos pode significar que o cão está pedindo alguma coisa. Na maioria das vezes, podem estar pedindo comida ou água.
  • Latido constante + rosnado significa que o animal está alerta por alguma situação que ele entenda como perigo, como uma pessoa desconhecida ou outros animais.
  • Latido muito constante e sem rosnado indica que o animal está bastante estressado e nervoso, a ponto de atacar.

Orelhas

A posição das orelhas é um indicativo muito importante no momento de reconhecer os sinais que o cão nos dá. Fique atento:

  • Orelha para trás: o animal está em posição de alerta e nervoso, está a ponto de atacar.
  • Orelha para cima: curiosidade, em alguns casos, até mesmo confusão, quando não consegue reconhecer o barulho que está ouvindo.

Especialmente quando falamos das orelhas, é importante entender que ela pode estar associada a outro sinal do animal, como o latido. Um cão com latidos muito constantes e orelhas para trás, indica um nível mais alto de irritação.

Cauda

A cauda é outro membro muito importante para reconhecermos os sinais de nossos amigos. Confira:

  • Cauda abanando é sinal que o cão está feliz, tranquilo e confia plenamente nas pessoas que o cercam.
  • Rabo empinado ou na horizontal indica que o animal está alerta, atento, típico comportamento de cães de caça.
  • Rabo entre as pernas é sinal de medo e submissão. Fique atento ao que pode estar afligindo o seu amigo.

Sinais dos cachorros – Olhares

O olhar não é importante apenas para nós humanos, não! Para os cães, eles também podem significar muita coisa:

  • Olhar fixo: curiosidade, atenção e até mesmo leve desconfiança.
  • Olhar com o canto dos olhos: o animal está desconfiado, até mesmo incomodado com alguma situação. Fique atento também se ele está rosnando e qual a posição de sua orelha, de acordo com os significados já mencionados acima.

Sinais dos cachorros – Língua/lambida

Como sabemos, as lambidas são as formas as quais nossos companheiros demonstram amor e afeto! Lamber o dono ou alguém demonstra que o animal realmente gosta desta pessoa e se sente confortável com sua presença. Porém, caso ele comece a lamber partes do corpo, isso pode indicar estresse ou dores/ferimentos.

Gemidos e choros

Corta o coração ouvir nossos melhores amigos chorando, não é mesmo? Veja o que pode significar:

  • Gemido e choro baixo: o animal está sentindo dor constante ou sofrimento. Atente imediatamente ao animal.
  • Gemido alto: o animal está sentido dores agudas. Verifique!
  • Choro alto: sinônimo de impaciência, ansiedade, mostra que o animal está nervoso com algo e quer chamar atenção. Logicamente, também pode significar que o animal está ferido.

Além de todos estes sinais, é importante também atentarmos a alguns comportamentos específicos e comuns de nossos melhores amigos, e que nem sempre temos conhecimento do que aquilo realmente quer dizer. Confira:

Sinais dos cachorros – Cheirando outro cão

É comum vermos cães, principalmente aqueles que não se conhecem, cheirando o traseiro um do outro, não é mesmo?

Mas fique tranquilo, pois este é um sinal de respeito e tranquilidade entre os animais, e possui o intuito maior de identificar qual é o companheiro animal que está ali dessa vez.

Dormir de barriga para cima

Sinais dos cachorros: Dormir de barriga para cima quer dizer que o cão está totalmente relaxado e bastante cansado.

Ele só ficará nesta posição se estiver em sua casa ou em algum lugar no qual conheça bastante, assim como se estiver rodeado das pessoas que confia.

Acontece principalmente em dias de muito calor!

Sinais dos cachorros: Aprenda a interpretar seu cão!
Buldogue Francês branco em pé. Fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Sinais dos cachorros – Morder as mãos do dono

Sinais dos cachorros: Morder as mãos do dono significa que o animal está querendo brincar. Pode perceber: as mordidas não doem, e o animal sabe muito bem a força na qual ele está realizando a ação.

É um convite para uma brincadeira!

Cutucar com o focinho

Sinais dos cachorros: Na grande maioria das vezes, está atrelado em chamar atenção do dono.

Se o seu cão já lhe cutucou com o focinho, e no mesmo instante você viu uma bolinha próxima, tenha certeza que ele está te convidando para um pouco de diversão!

Leia aqui como adestrar seu cão: aprenda comandos simples em casa!

Virar a barriga para cima

Sinais dos cachorros: Diferente de dormir com a barriga para cima, o animal que se vira de barriga para cima quando alguém chega perto, pode estar demonstrando aceitação, tranquilidade e confiabilidade na pessoa em questão.

O animal só realiza esse movimento quando muito confortável ao lado de alguém. Em alguns casos, pode demonstrar submissão e medo, mas dificilmente será isto quando você, tutor, estiver próximo.

Sinais dos cachorros – Agitação

Sinais dos cachorros: Caso o animal esteja mais agitado do que o comum, a probabilidade de ele estar nervoso ou ansioso é muito alta.

Procure dar atenção ao melhor amigo e ver o que está chamando sua atenção, ou quem sabe uma volta pelo quarteirão já seja o suficiente para acalmar os ânimos do quatro patas.

Postura arqueada, rosnado e orelhas para trás

Sinais dos cachorros: Esta é a posição de ataque de qualquer animal, principalmente os cachorros. Quando nervosos e prontos para atacar a qualquer momento, adotarão esta postura.

Certifique-se então o que está incomodando o animal, ou caso você se depare com algum cachorro irritado apresentando esta postura, não avance.

Sinais dos cachorros
Ilustração mostrando os sinais dos cachorros. Crédito da foto: Freepik

Os sinais dos cachorros que podem ser sinônimos de doenças

Sinais dos cachorros: Ainda, existem outros sinais mais relacionados a saúde do cão propriamente ditas.

Alguns deles, tratam-se de sinais clínicos mais perceptíveis, mais outros, estão ligados a pistas que os animais nos dão para entendermos que não estão bem da saúde.

Veja:

  • Olhos amarelados: sinônimo de doenças oculares e de icterícia.
  • Correr atrás do próprio rabo: embora seja uma brincadeira dos cães, caso o seu amigo esteja realizando isso com muita frequência, pode significar epilepsia e distúrbios neurológicos.
  • Lamber as patas: podem significar alergias, ferimentos, dores.
  • Cabeça inclinada ao se locomover: se o animal está se locomovendo com a cabeça inclinada, pode ser sinal de inflamações oculares, otite avançada ou problemas neurológicos.
  • Paralisia facial: pode indicar problemas neurológicos, otites, etc.
  • Muita sede: pode ser associada a problemas renais, diabetes ou doenças hormonais.
  • Mudanças de humor: caso o animal esteja apresentando repentinas mudanças de humor, pode ser sinal que algo o está incomodando constantemente.
  • Animal sempre deitado e sem disposição pode significar letargia, ou então o início de alguma doença que esteja atingindo seu organismo.

Entender os sinais dos cachorros é fundamental para uma boa comunicação!

Sinais dos cachorros: Assim como procuramos entender nossos amigos, familiares e pessoas que amamos, é essencial conseguimos entender os nossos queridos animais de estimaçõ.

Embora não falem a nossa linguagem, eles possuem a sua maneira de transmitir sensações, sentimentos, emoções e vontades com sua própria linguagem corporal.

Como tutores, é nosso dever buscar entendê-los e promover maior qualidade de vida e conforto.

Devemos nos atentar a situações que o irritam ou que possam trazer problemas à sua saúde, além de reforçar gestos que os fazem felizes.

Esperamos que esse artigo tenha sido útil para você!

Agora que você já sabe quais os sinais dos cachorros e aprendeu a interpretar a linguagem corporal do seu cão, aproveite para ler também outros artigos sobre saúde e bem-estar canino, aqui no Web Cachorros.

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here