Saiba tudo sobre insuficiência renal crônica em cães, quais os sintomas e como tratar da melhor forma para que seu pet melhore rapidamente e possa continuar brincando muito com você!

Será que essa doença tem cura? Descubra abaixo!

Insuficiência renal
Cão deitado triste. Crédito da foto: Freepik

Quais os sintomas da insuficiência renal crônica em cães?

Apesar de muito comum em gatos, também é importante verificar os sintomas de insuficiência renal crônica nos cães, disfunção caracterizada pela incapacidade dos rins de exercerem as funções fisiológicas do órgão.

Embora cães mais velhos sejam mais propensos a desenvolver a doença e necessitem de um tratamento para insuficiência renal em cães, pets de todas as idades podem sofrer com o quadro.

Por isso, entenda abaixo o que é essa doença.

O que é a insuficiência renal crônica?

Afinal, você sabe o que é a insuficiência renal aguda em cães? Descubra!

Antes de mais nada, vamos descrever a função dos rins. Esses órgãos estão entre os mais importantes para o bom funcionamento do organismo. Em linhas gerais, são filtros que limpam o sangue e removem as impurezas por meio da urina.

Além disso, os rins mantêm os nutrientes no corpo, regulam a temperatura interna e produzem hormônios. Ou seja, cumprem papel fundamental para a boa saúde do animal.

insuficiência renal crônica em cachorro, conforme explica a médica-veterinária, ocorre quando os rins do bichinho não conseguem executar essas atividades básicas para o bom funcionamento de seu organismo. Isso significa que perdem a capacidade de filtrar o sangue e de poupar água.

Isso causa diversos problemas para a saúde do pet. Assim, ao notar sintomas de insuficiência renal crônica em seu animal, um veterinário deve ser procurado imediatamente.

Causas da insuficiência renal

Diferentes problemas podem causar a insuficiência renal em cães. Essa condição pode ter origem genética, estar relacionada à idade do pet ou ter começado em decorrência de outras doenças.

Entre as principais causas da insuficiência renal crônica, podemos citar:

  • idade avançada (degeneração);
  • doenças genéticas;
  • infecções (leptospirose, por exemplo);
  • problemas no coração;
  • parasitas;
  • ingestão de produtos tóxicos.

Apesar do problema não poupar nenhum animal, os sintomas de insuficiência renal  crônica podem aparecer de forma mais frequente em algumas raças mais propensas ao problema, como:

  • Poodle;
  • Bull Terrier;
  • Lhasa Apso;
  • Pug;
  • Pastor alemão;
  • Beagle;
  • Rottweiler.

Independentemente da origem do problema, a doença renal crônica sempre deve ser levada a sério. Por isso, fique de olho nas evidências do problema.

Vamos descrever a seguir os principais sintomas de insuficiência renal crônica nos cães.

Sintomas da insuficiência renal crônica

Como o rim é um órgão importante e com muitas funções, os desdobramentos da doença renal em cachorro podem variar de acordo com o pet e o estágio da doença.

Podem aparecer desde pequenas alterações no comportamento do cachorro até condições graves de saúde.

Os principais sintomas são:

  • aumento da ingestão de água;
  • aumento do volume de urina;
  • perda de apetite;
  • úlceras na boca e focinho;
  • vômitos;
  • perda de peso;
  • hálito com odor forte;
  • convulsões.

Vale ressaltar que esses sintomas não são exclusivos da insuficiência renal. Ou seja, para chegar a um diagnóstico, é fundamental que o pet passe por exames específicos e acompanhamento com um veterinário para identificar a origem do problema.

Insuficiência renal
Cachorrinho branco e peludo tomando um xarope. Fundo amarelo. Crédito da foto: Freepik

Diagnóstico e tratamento

Primeiramente, ao notar os sintomas de insuficiência renal crônica, o veterinário deve ser procurado imediatamente.

Além de exames de urina, o médico poderá solicitar testes de sangue e ultrassom abdominal para um resultado mais preciso.

Uma vez que seja identificada a insuficiência renal crônica, o acompanhamento deve ser iniciado o mais rápido possível.

O tratamento é de suporte e consiste em uma série de medidas para auxiliar o rim a trabalhar melhor e otimizar a qualidade de vida do pet.

Entre os principais cuidados estão:

  • hidratação;
  • suplementação alimentar;
  • dieta especial;
  • alimentos pastosos;
  • reposição hormonal;
  • medicação para prevenir vômitos.

A alimentação pode causar insuficiência renal crônica

A alimentação é um ponto que precisa ser observado quando se trata de insuficiência renal em cachorro. Ela pode ser uma das causas da doença, caso o tutor não tenha controle.

Porém, se o caso já se instalou, o ideal é combinar dieta especial indicada pelo veterinário com o tratamento adequado.

Mas como a comida pode ocasionar em um problema de doença renal nos cães? Estudos mostram que uma dieta desregrada gera desidratação ou pode estimular muito os rins. Por sua vez, rins inflamados podem ser um passo para a insuficiência.

Para que não chegue a esse ponto, o ideal é mudar a marca de ração com baixo teor de proteína para outra com alto teor de água. O objetivo é estimular a recuperação da atividade dos rins.

estressado
Bulldog Inglês deitado em fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Doença renal em cães: Existe cura?

Em casos mais graves, a internação é necessária para acompanhamento intensivo. Tudo vai depender da gravidade da doença e da origem do problema.

É importante ressaltar que a insuficiência renal crônica não tem cura e o cachorro precisará de assistência durante toda a vida.

Por isso, o mais importante é proporcionar qualidade de vida para o seu pet. Converse com o veterinário para definir uma dieta saudável e inicie o tratamento o quanto antes.

Apesar dos sintomas de insuficiência renal crônica serem muito desconfortáveis, com o acompanhamento correto, um cachorro pode ter sim saúde e bem-estar.

Esperamos que tenha gostado desse artigo e continue acompanhando o Web Cachorros para mais conteúdos caninos!

Até mais.

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here