Doberman

Quer um cachorro extremamente inteligente e que ainda faça o papel de cão de guarda? O Doberman é, sem dúvidas, excelente para o trabalho de espantar ladrões ou intimidar qualquer um que pense em invadir a sua casa. A história desse cão chega a ser até um pouco engraçada, pois o seu criador fez os cruzamentos entre raças pensando num cão que pudesse ajudá-lo na hora de fazer cobranças e deixar os caloteiros sem chances de sair de fininho.

Doberman

Informações sobre o Doberman

  • País de Origem: Alemanha
  • Função de origem: cão de guarda
  • Expectativa de vida: 10 a 12 anos
  • Altura: machos vão de 66 até 71 cm e fêmeas de 60 a 66 cm
  • Peso: machos ou fêmeas vão de 29 até 40 kg
  • Temperamento: calmo e desconfiado
  • Ranking de Inteligência: 5ª posição
  • Preço do Doberman: R$ 1.230, mas filhotes podem ficar entre R$ 500 e R$ 2 mil

Curiosidades sobre a raça Doberman

doberman
Foto: Freepik
  • Dobermann não fez muitas anotações em seu processo de criação. Então, ninguém sabe ao certo quais raças foram criadas até chegar ao Doberman. Contudo, alguns possíveis cachorros que se acredita estar na mistura, incluem:  o Rottweiler, o alemão Shorthaired Pointer, o Weimaraner, o Manchester Terrier, o Beauceron, o Great Dane, o Black and Tan Terrier e o Greyhound;
  • Dobermans são a quinta raça mais inteligente, bem como facilmente treinada. No entanto, essa inteligência tem um preço para seus amigos humanos. Esses cães são conhecidos por superarem seus treinadores, assim, ficam facilmente entediados;
  • Kurt o Doberman foi a primeira aparição canina na Batalha de Guam em 1944, visto que ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial. Ele foi à frente das tropas e avisou-os dos soldados japoneses que se aproximavam. Embora uma granada inimiga tenha matado o corajoso cão, muitos soldados foram salvos do mesmo destino devido sua bravura. Kurt, portanto, tornou-se o primeiro de 25 cães de guerra a ser enterrado no Cemitério de Cão de Guerra dos Fuzileiros Navais dos Estados Unidos em Guam;
  • Um memorial com uma estátua de bronze de Kurt foi erguido no cemitério, com os nomes dos outros 24 cães inscritos ao lado. A artista, Susan Bahary, foi solicitada a criá-lo.

História da raça Doberman

doberman
Foto: Freepik

O Doberman é um cão bastante recente e sua criação data do século XIX. Um cobrador de impostos alemão chamado Louis Doberman foi o homem por detrás da raça. Ele acabou cruzando, provavelmente, o pastor alemão com o pinscher alemão. Depois disso, outros cruzamentos foram realizados com o Manchester terrier, Greyhound e Weimaraner. Depois disso, finalmente o cão que seria chamado de Doberman foi criado e em pouco tempo já existia um clube para a raça em 1899.

Já em 1908, o cão ficou muito popular como cão de caça e policial e também como cão de guerra poucos anos depois. Em 1977 a raça já era a mais popular na América e todas as famílias queriam um exemplar, seja por suas habilidades de proteção ou por sua elegância e porte natural. Mais tarde, iniciaram a reprodução do Doberman albino, o que não agradou muito o clube e foi então, que pediram a AKC para colocar a letra Z na nomenclatura dos cães que tivessem o gene para o albinismo.

Características do Doberman

Doberman

É possível encontrar o Doberman na cor preta ou castanha e seu pelo é curto, áspero e denso. Os olhos são sempre mais claros que a cor do pelo, com tamanho médio e em forma de amêndoa. Tanto os machos quanto as fêmeas medem entre 63 até 72 cm de altura e chegam a pesar 45 kg. Ele consegue se adaptar facilmente aos espaços pequenos ou grandes, mas não se dão muito bem com temperaturas muito frias, o que pode trazer problemas para a saúde desse cão.

Seu corpo é quadrado, portanto, mostra-se muito atlético e musculoso. Além disso, demonstra muita força. Suportam atividades físicas intensas, muitas vezes, corridas de longa distância e natação.

Temperamento do Doberman

Doberman

Apesar do que muito se diz por aí, que o Doberman é um cão muito agressivo, isso não é inteiramente verdade. Ele possui um grande instinto de defesa e por isso é muito desconfiado com estranhos, podendo até chegar a atacá-los. Mas, tudo vai depender do treinamento que ele recebeu durante a sua vida e o dono deve ter pulso firme para impedir que o cão chegue a tomar a essa decisão.

Inteligência e obediência da raça Doberman

Ele é extremamente inteligente, assim como dominante, arrogante, sensível e com um caráter forte. É independente e, contudo, sente um grande apego por seus proprietários.

Tem alto instinto de proteger o território, dessa maneira, se torna um bom vigilante. Também é um cão observador e com uma grande memória.

A raça é bastante inteligente, então, o treinamento não será um grande desafio, mas tem que ser iniciado desde filhote e o treinador deve ser de confiança e gabaritado.

Convivência com o Doberman

Você pode até se espantar, mas o Doberman é extremamente gentil e carinhoso com a família. Tem um grande instinto protetor com aqueles que ama e adora receber carinho.

A melhor maneira de criar um cão dessa raça é tratá-lo como se fosse da família e nunca deixá-lo sozinho, pois ele odeia a solidão. Consegue ficar horas apenas deitado ao lado do dono enquanto assiste TV sem nenhum problema.

doberman
Foto: Freepik

Dobermans são cães poderosos, assim como energéticos, que precisam de muito exercício. Se eles não gastarem essa energia irão ser mais propensos a ser irritáveis ou até agressivos.

Eles podem se adaptar bem em um apartamento, mas desde que se exercitem diariamente. A socialização cuidadosa e o treino de obediência desde filhotes são essenciais para esta raça. Posto que o Doberman responde muito bem ao reforço positivo.

Nenhum treinamento especial de segurança é necessário para quem quer um bom protetor familiar. De fato, os especialistas em Doberman frequentemente desaconselham o treinamento especial de guardas, uma vez que poderia resultar em superproteção.

Como é um cachorro de grande porte, o Doberman pode chegar a ter entre 63 cm e 72 cm de altura. Seu peso varia entre 32 kg e 45 kg, portanto, o colo, só quando for filhote.

O Doberman late muito?

Essa raça late sim, mas como forma de alertar seu dono sobre algo ou alguém. Não são de latir excessivamente.

O Doberman  é destruidor?

O Doberman não gosta de ficar sozinho. Se sentir tédio, contudo, pode morder e estragar algumas coisas de dentro de casa.

O Doberman é agitado?

doberman
Foto: Freepik

Esse pet é sim, muito agitado. Isso porque tem energia demais, e por essa razão, precisa gastá-la. O mais recomendado é que seu tutor faça várias atividades com ele no dia a dia.

O Doberman requer espaço?

Embora o Doberman adapte-se bem à cidade e à vida no campo, é um cachorro grande e ativo. Assim, necessita de uma quantidade de espaço adequado para correr e ficar em forma.

Se o cão não tiver um bom quintal para queimar energia, deve-se dar uma longa caminhada à passos rápidos no parque ou campo. E isso deve ser feito diariamente.

Convivência com crianças, estranhos e animais

A interação precoce do Doberman é extremamente importante, afinal, é assim que a raça cria laços com crianças. Portanto, a mesma conduta deve ser levada em conta com qualquer outro indivíduo que não seja familiar e que cruze seu caminho.

Se o cão for adquirido filhote (oito a dez semanas), a adaptabilidade será bem facilitada. Entretanto, se adquirido em uma idade mais avançada, já trará traços de desconfiança ou desagrado.

doberman
Foto: Freepik

O filhote ou jovem pet aceitará rapidamente outras pessoas como membros queridos da família. Sendo assim, se acostumará com elas desde o início, enquanto desenvolve sua natureza protetora.

No caso do cão mais velho, é mais complicado, uma vez que levará mais tempo para estabelecer uma relação de confiança com eles.

O cuidado é necessário quando seu Doberman encontra outros cães. Contudo, com o treinamento adequado e socialização desde filhotes não terá problemas quanto a isso.

Os machos são conhecidos por serem muito territoriais. Em princípio, não aceitam outros machos em qualquer situação.

Nível de exercício do Doberman

Apesar de ser muito calmo, ele precisa de passeios e brincadeiras todos os dias. Apenas uma caminhada leve não basta, é preciso exercícios mais vigorosos, pois ele tem energia para dar e vender. E se for filhote é melhor deixar um tempo na sua agenda apenas para lhe dar total atenção e brincar bastante, pois o seu nível de energia é muito maior.

É importante que esse momento de lazer seja feito em um ambiente muito espaçoso, porém com limites para que ele não se depare com estranhos.

doberman
Foto: Freepik

O Doberman é um atleta energético que precisa de muito exercício e de se cansar. Um pet dessa raça vai gostar de ir para longas caminhadas diárias ou outras atividades ao ar livre com seu dono.

Ele também aprecia as grandes áreas cercadas, pois é onde ele pode correr à vontade e ter suprida sua necessidade de bem-estar físico e mental.

A participação em esportes caninos, como rastreamento, agilidade e obediência, será extremamente benéfica. Isso porque proporciona momentos divertidos entre o animal e seu dono. Tal ação também é essencial para seu desenvolvimento.

Manutenção e higiene do Doberman

Como tem pelagem curta e fina, solta moderada quantidade de pelo. Tanto por isso, recomenda-se escová-lo uma vez por semana ou até mesmo passar uma toalha úmida por todo seu corpo.

Banho, como dito anteriormente, somente quando extremamente necessário. Este não é um cachorro que tem aquele cheiro forte característico.

Pelagem

A pelagem desse cão mostra-se muito curta, assim como lisa.

Banho

O banho somente precisa ser dado quando for necessário. Ou seja, quando o cão tiver muito sujo, já que esse cão não tem cheiro forte.

Unhas

As unhas do pet dessa raça deve ser aparada uma vez por mês. Unhas grandes causarão alguns pequenos problemas, tal como machucar seus amigos humanos nas horas de diversão.

Orelhas

No início, as orelhas desse cão eram cortadas para aumentar a capacidade de audição. Hoje em dia é considerado mutilação, é proibido e ilegal em vários países.

Quanto a higiene, é orientado verificar sempre para que sejam limpas sempre que houver necessidade.

Dentes

É necessário escova-los até três vezes por semana. O intuito é remover o acúmulo de tártaro e bactérias, bem como evitar doenças e mau hálito.

Alimentação da raça

A melhor comida para os Doberman, serão alimentos de alta qualidade, que sejam ricos em proteínas de carne, como:

  • Carne bovina;
  • Carne de frango;
  • Carne de peixe, como salmão.

Entretanto, também é importante que sejam pobres em aditivos desnecessários, como milho, soja e trigo.

Reprodução da raça Doberman

Ter Dobermans reprodutores é bastante fácil, pois a raça é adaptável, fisicamente forte e muito obediente. Eles são cães de baixa manutenção e geralmente têm ninhadas saudáveis.

Em média, dão à luz a cerca de seis a oito filhotes. Se nascida sem muitas complicações, a ninhada é, em geral, bastante divertida, com cachorrinhos felizes e agitados.

Filhotes da raça Doberman

Os filhotes de Doberman são frágeis como de qualquer outra raça. É importante que sejam levados ao veterinário para aplicar as devidas vacinas. Estas irão auxiliar na evolução da proteção natural dos pets, uma vez que seu sistema imunológico não estará completamente desenvolvido.

Fotos do Doberman

Doberman

Doberman

Doberman Doberman Doberman Doberman Doberman

Separei mais esses conteúdos para você:

Guia de Adestramento Para Cães

Seu cão faz xixi no lugar errado, destróis o seu sofá e não te obedece? Conheça o Guia de Adestramento para cães. Informe seu nome e e-mail.

envelope
envelope

1 COMENTÁRIO

  1. Este um cão maravilhoso!

    Exige o cuidado de algo delicado e nos toma conta como um altruísta destemido e vigoroso!

    Sensível e feroz!

    Pense cão equilibrado favor colocar dobermann na lista.

    Tem cara do primo pinscher germânico e valentia do primo rotweiller.

    Coragem do primo Weimaraner e altivez do primo pastor alemão.

    Dobermanns detentores de fabulosa beleza.

    Fácil treinar e carinhoso com quem lhe apreça.

    Cão fabuloso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here