Apesar de ter um pequeno porte, esse cão tem energia para dar e vender. Se você é uma pessoa que não gosta muito de caminhadas diárias e brincadeiras ao ar livre, então melhor procurar outra raça. O Jack Russell Terrier precisa, não só de corridas e caminhadas, mas também de brincadeiras que consigam entretê-lo e que agucem a sua inteligência.

Jack Russell Terrier com uma coroa na cabeça em fundo branco
Jack Russell Terrier com uma coroa na cabeça em fundo branco – Foto: Freepik

Informações sobre o Jack Russell Terrier

  • País de origem: Grã-Bretanha
  • Função de origem: caça
  • Expectativa de vida: entre 13 e 15 anos
  • Altura: varia de 23 a 30 cm
  • Peso: de 4 a 7 kg
  • Temperamento: inteligente e leal, mas pode ser teimoso
  • Amizade com crianças: boa, se maiores
  • Amizade com outros animais: muito baixa
  • Cães para apartamento: não
  • Agressividade: baixa
  • Preço do Jack Russell Terrier: R$ 1.800 até R$ 3.000
  • Energia
  • Gosto por brincadeiras
  • Amizade com outros cães
  • Amizade com gatos
  • Protetor
  • Bom para apartamento
  • Gosta de Crianças
  • Cuidados com higiene
  • Facilidade de treinamento
  • Tamanho
  • Late muito

História do Jack Russell Terrier

O Jack Russell, também conhecido como Parson Russell Terrier é uma raça que teve sua origem na Inglaterra no ano de 1800. O homem que deu origem a esse cão foi o reverendo Jonh Russel que resolveu cruzar a sua beagle com outras raças como o, já extinto, Old English White Terrier ou o Terrier Preto e Dourado.

Ele foi criado com o objetivo de ser um excelente caçador de lebres e raposas e que pudesse correr tanto quanto os Foxhounds do reverendo. O Jack Russell Terrier possuía os requisitos para tanto, pois possui alta resistência, é muito inteligente e ágil. Apesar de já ter participado de filmes muito famosos como Sr. Cupido, Água Para Elefantes, O Máscara e O Artista, essa raça não é muito popular no Brasil.

Características do Jack Russell Terrier

Jack Russell Terrier deitado com a bola na boca
Jack Russell Terrier deitado com a bola na boca – Foto: Freepik

Seus pelos: Os pelos do Parson Russell Terrier podem ser lisos, quebrados ou ásperos e ainda há variações no comprimento, sendo médios ou longos.
Sua cor: Principalmente branco com manchas pretas ou castanho.
Suas orelhas: Em forma de V na frente da cabeça. Eles são geralmente de cor castanha, mas também podem ser brancos ou malhados.
Seus olhos: Pequenos, escuros e amendoados.
Seu corpo: Ligeiramente mais longo. Seu pescoço é bem pronunciado, assim como seu peito permanece musculoso.
Sua cauda: Caída quando o cão está em repouso, mas deve estar ereto quando está se divertindo ou se está excitado.

Ele é um cão de pequeno porte, com um nível de energia altíssimo, é muito ágil e não se cansa fácil. Podem pesar até 7 kg e crescem, no máximo, até 30 cm de altura.

Curiosidades sobre a raça

Confira algumas das principais curiosidades sobre este cãozinho cheio de energia:

  • Se você tem um gramado na casa, prepare-se para ter alguns buracos nele porque o Russel adora cavar. Mas isso pode ser minimizado com o treinamento adequado;
  • Antes das visitas entrarem na casa avise-as de que o seu cão costuma pular em cima delas. Mas informe que isso é apenas uma demonstração de felicidade que ele sente por recebê-las em casa;

Temperamento do Jack Russell Terrier

Jack Russell Terrier dentro de uma bacia
Jack Russell Terrier dentro de uma bacia – Foto: Freepik

Essa raça foi criada com a finalidade de caçar. Assim, precisam correr grandes distâncias e precisam de uma finalidade para isso. Fazer apenas exercícios não é o bastante para esse cão.

É preciso ter criatividade e saber entretê-lo com inteligência durante as brincadeiras. Ou seja, se você faz mais o tipo preguiçoso e seu passatempo preferido é ficar sentado no sofá em frente a TV, melhor escolher outra raça.

Apesar do seu pequeno tamanho ele pode dar trabalho em dobro para o seu dono, especialmente se este tem um cachorro de estimação pela primeira vez.

O Parson Russell Terrier precisa de alguém que tenha um pulso bastante firme e que, se possível, também saiba um pouco como adestrar o seu cão desde pequeno.

Ele tem uma personalidade muito marcante e espera que o seu dono lhe dê atenção o máximo de tempo possível. Se, por acaso, se sentir deixado de lado, ele não vai sentar num lugar triste. Ele vai procurar o que fazer e mexer em todos os seus objetos pessoais, podendo estragar os móveis da casa.

Apesar de ser travesso, ele é muito carinhoso e extremamente fiel a sua família, sempre querendo protegê-la de tudo.

Também podemos considerar que o Jack Russell é moderado quando o assunto é destruição, mas não é preciso esconder algumas coisas de valor dele.

Inteligência e Obediência da raça

Jack Russell Terrier sentado na poltrona verde em fundo branco
Jack Russell Terrier sentado na poltrona verde em fundo branco – Foto: Freepik

O Jack Russel Terrier é considerado pela Federação Cinológica Internacional (FCI), como um cachorro inteligente, disposto e também super alerta. Isso se deve porque a raça surgiu com o propósito de ser caçador de raposas. Assim, ela ainda mantém essas características que tinha no passado.

Com o Jack Russell Terrier, você tem que se concentrar na educação de recompensa. Sua atividade muitas vezes faz com que ele preste pouca  atenção  a longo prazo. Portanto, é aconselhável estimular sua atenção com jogos ou ordens curtas, mas com recompensas. Então, ele aprenderá facilmente. Devemos ter cuidado para sermos firmes, mas sem esquecer  a doçura que vai agradar a esse cão.

Convivência com a raça

A convivência com um Jack Russell Terrier não é nenhum problema, a menos que ele estranhe alguma pessoa. Por isso, para que fique tudo bem na família, é importante que o adestramento seja feito logo após o momento em que o pet chega na casa, ainda quando filhote.

Também, essa recomendação é a mesma para que ele tenha uma boa convivência com cachorros de outras raças ou outros animais de estimação. Por isso procure sempre ensiná-los a conviver e assim você não terá nenhum problema com a raça.

O Jack Russell consegue se adaptar bem a qualquer ambiente. Quer seja casa, apartamento, fazenda e afins, assim, basta você separar um espaço adequado para ele que tudo estará bem. Contudo, já que ele é uma raça caçadora, significa que você deverá fazê-lo gastar toda sua energia.

Convivência com crianças e animais de estimação

Por serem um pequeno turbilhão de emoções, alguns cuidados devem ser tomados com relação ao Jack Russell Terrier e crianças, estranhos e outros animais, uma vez que, não é recomendável deixá-lo com outros cães ou animais menores.

Isso se deve graças ao seu instinto de caça, onde basta ver um porquinho-da-índia para a raça já pegar fogo.

Eles não costumam se dar bem com outros cães ou com outros animais e gostam de causar encrenca até mesmo com os cães maiores. Por isso, é sempre bom ficar de olho para que ele não se meta em confusão.

Deixá-los sozinhos com animais menores por perto pode ativar o seu instinto de caçador e o Jack Russell Terrier vai correr atrás da sua presa por muito tempo, já que não se cansa fácil. Para que isso não aconteça, o ideal é que ele esteja sempre na companhia de outros animais desde muito pequeno.

Ele se dá bem com crianças que entendam que um cão não é um brinquedo. Portanto, se você tem filhos pequenos em casa, você precisa ensiná-las a respeitar os animais. Além disso, mostre que eles são seres vivos e podem se machucar. Ou você faz isso ou na primeira puxada de rabo ou de orelha que houver, o cachorro pode ficar bravo e se tornar agressivo.

Entretanto, a raça se dá bem com crianças mais velhas. Já que as mais novas podem ficar importunando o Jack e puxando o seu rabo e orelhas. Evite também que estranhos e que animais pequenos cheguem muito perto dele.

Condição física e nível de exercício do Jack Russel Terrier

Jack Russell Terrier deitado e com a língua pra fora em fundo branco
Jack Russell Terrier deitado e com a língua pra fora em fundo branco – Foto: Freepik

Com sua cara de cachorro travesso, o Jack Russell Terrier é um cãozinho que chega para mudar completamente a rotina da casa, mas sempre para melhor. Entretanto, o grande desafio é saber se você conseguirá acompanhar a condição física dessa raça.

Caso você more em apartamento, se prepare para muita correria por todos os lados. Pois o seu Jack Russell Terrier precisará de passeios todos os dias. Porém, se você pode oferecer um quintalzão para ele se aventurar com total segurança, como resultado você terá a alegria do pet garantida.

O Jack Russell Terrier precisa de muito exercício para se ocupar. Isso canalizará seu transbordamento de energia. Esta raça não é recomendada para pessoas calmas ou idosas.

Manutenção e higiene do Jack Russell Terrier

Como possuem pelo curto e liso, isso faz com que os tutores não tenham muito trabalho com a escovação. Entretanto, o recomendado é que seja feita pelo menos 1 vez por semana, a fim de retirar sujeiras e pelos mortos que possam estar se acumulado no corpo do seu pet.

Com os banhos o assunto não é diferente, uma vez que será preciso levá-los ao Pet Shop apenas 1 vez por mês para o banho. Assim, caso deseje dar banho em casa, use apenas produtos específicos para cachorros e, de preferência, para cães de pelos curtos e lisos.

Conforme já explicamos, essa raça é um exímio caçador e adora explorar e é muito curiosa. Assim, para evitar maiores estragos dentro de casa, bem como prevenir que o seu pet se machuque, cortar as unhas periodicamente pode ser uma excelente solução.

O Jack Russell Terrier até gosta de um colo, mas não tente deixá-lo o tempo inteiro em seu colo. Afinal, essa raça gosta mesmo é de correr e brincar por aí com seus tutores. Por isso, eles vão sempre estar disposta a gastar toda a energia ao lado de quem eles amam.

É fundamental ter uma atenção redobrada com as orelhas do Jack Russell Terrier. Sendo assim verifique constantemente e higienize elas sempre que necessário. Além disso, após um banho, não esqueça de secar bem as orelhas do seu pet. Dessa forma, você evita a proliferação de bactérias que podem como resultado transmitir doenças indesejadas.

Com relação aos dentes do Jack Russell Terrier o tártaro é um dos principais problemas. Assim, para evitar isso, procure escovar os dentes, no mínimo, uma vez por semana. Além disso, deve-se tomar cuidado para controlar os dentes, que geralmente são grandes demais para a mandíbula pequena.

Saúde e cuidados com o Jack Russell Terrier

O Jack Russell Terrier não é o tipo de cão que precisa estar frequentemente no veterinário. Ele é bastante conhecido por sua saúde e elevada expectativa de vida.

Mas, é importante fazer exames regulares, principalmente porque existem algumas patologias. Por exemplo: Doença de V Williebrand (dificuldade de coagulação, que pode resultar numa hemorragia por um simples corte), epilepsia, dermatites e eczemas, surdez e problemas oculares que são muito comuns nessa raça. Ele exige alguns cuidados como todos os cães, mas nada muito complicado. Deve haver uma escovação regular de, pelo menos, 3 vezes por semana para controlar a queda de pelos.

A raça de pelo macio é a que mais sofre com isso e pode ser escovada mais vezes por semana. Quantos aos banhos, essa questão pode ser muito relativa. O Jack Russell Terrier tem predisposição para dermatites e, sendo assim, muitos banhos não é o mais indicado. Mas, ele tem energia de sobra e adora correr e brincar o tempo todo, portanto, acaba se sujando bastante.

Reprodução da “Raça”

Cuidados médicos não devem ser dispensados no período de reprodução até o momento de nascimento dos filhotes. Por isso, que deve-se contar com um bom veterinário para dar todo o suporte necessário na gestação e pós-parto. Além disso, é importante que seja oferecida uma alimentação de extrema qualidade ao cão em fase de reprodução, para que a ninhada possa crescer saudável.

Durante o período de gestação do Jack Russell Terrier, além dos cuidados médicos e com a alimentação, é recomendado oferecer muito carinho e atenção. Pois esse é um momento de extrema fragilidade física e emocional para a fêmea.

Alimentação do Jack Russel Terrier

Quando pensamos num Jack Russell Terrier feliz e saudável, a escolha pela alimentação deve ser um processo cauteloso. Afinal, existem inúmeras opções de rações no mercado, o que torna a escolha realmente difícil.

A  dieta  do Jack Russell Terrier deve ser adaptada ao seu estilo de vida. Este cachorro é satisfeito com uma dieta baseada em patês ou rações de alta qualidade.

Entretanto, para que o seu pet fique satisfeito e nutrido, escolha sempre marcas reconhecidas. Ou marcas que ofereçam alimentos específicos para a raça Jack Russell. Aliás, que sejam indicadas para o porte e idade do animal, uma vez que, isso contribui muito para uma dieta saudável.

Filhotes da raça

Para quem está pensando em adotar um filhote de Jack Russell Terrier, prepare-se para mudar completamente a rotina da sua casa. Conforme já citamos, essa não é uma raça calma, e ainda mais inquieta quando filhotes.

Fotos do Jack Russell Terrier

Jack Russell Terrier sentado na poltrona verde em fundo branco
Jack Russell Terrier sentado na poltrona verde em fundo branco – Foto: Freepik
Jack Russell Terrier olhando pra cima
Jack Russell Terrier olhando pra cima – Foto: Freepik
Jack Russell Terrier deitado com a bola na boca
Jack Russell Terrier deitado com a bola na boca – Foto: Freepik
Jack Russell Terrier dentro da bacia
Jack Russell Terrier dentro da bacia – Foto: Freepik
Jack Russell Terrier com uma coroa na cabeça em fundo branco
Jack Russell Terrier com uma coroa na cabeça em fundo branco – Foto: Freepik
Jack Russell Terrier deitado e com a língua pra fora
Jack Russell Terrier deitado e com a língua pra fora – Foto: Freepik

Separei mais esses conteúdos para você:

3 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde, preciso da vossa ajuda.
    Tenho uma cadela de 7 meses que me foi oferecida, me disseram que era uma Jack Russell, porém já ouvi rumores de que ela não é da raça pois os Jack Rssell não tem as mucosas castanhas ou avermelhadas. por favor vejam imagens dela e me digam por favor !https://www.facebook.com/photo.php?fbid=639661992807442&set=pcb.639662126140762&type=1&theater

  2. Oi,
    tenho um Jack Russel comprado na Inglaterra, ele esta agora com 1 ano e 5 meses estou a procura de uma fêmea para cruzamento.
    por favor se alguém tiver interesse me procura pelo o email.
    somos de Salvador.

  3. Meu cachorro já mordeu em 3 pessoas ele é muito bom se ele ver uma pessoa pela primeira vez ele avança e morde não sei o que fazer eu sou apaixonada por meu gatsby mas ele tem essa coisa de morder em pessoas e seu irmão também ,mas não é meu e de uma amiga e ele também morde o que devo fazer alguém tem um assim o meu e de pelo áspero

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here