Essa é uma dúvida que passa pela cabeça de muita gente, principalmente quando o dono é marinheiro de primeira viagem e acabou de adquirir o primeiro cão ou filhote. Existem vários fatores importantes que devem ser vistos antes da escolha. Pense que você está escolhendo comida para sua própria família e que um animal precisa de nutrientes para crescer forte e saudável.

Como escolher a ração certa

Preço não é tudo

A mesma regra que vale para os humanos também vale para o seu cachorro. Escolher um produto apenas pelo preço é um erro comum e gigantesco que alguém pode cometer. Não é porque é mais cara que é a melhor e não é porque bicho não é gente que a ração mais barata vai servir. O importante mesmo é ler o verso do pacote, olhar as informações da tabela nutricional para ter certeza de que está comprando um produto de qualidade.

Como escolher a ração certa

Alimentos que não vêm com essa tabela é melhor passar bem longe! Não são confiáveis e muitas vezes acabam sendo fabricados de forma clandestina e com produtos ruins que podem trazer complicações para a saúde do seu animal de estimação. A ração adequada deve ser balanceada e proporcional contendo todas as fontes de nutrientes como proteínas, carboidratos, vitaminas, gorduras e sais minerais.

Como escolher a ração certa

Existem alguns números que podem te ajudar. Por exemplo, uma ração considerada de qualidade deve ter no máximo 5% de gordura para cada quilo e pelo menos 22% de proteínas por quilo. Para o cálcio, a medida deve estar em torno de 1.1%, fósforo em 0,9% e a vitamina D não pode faltar, pois é ela que vai prevenir o seu amigo de ter problemas dentários e ósseos.

O que se deve evitar na alimentação do cachorro

Não é muito difícil de imaginar quais alimentos devem passar longe de um cachorro ou qualquer outro animal de estimação. O mesmo que não é saudável para nós, é mil vezes mais prejudicial para eles. Alimentos enlatados e condimentados contém muito sódio, frituras e doces podem causar diabetes e muita cárie (até porque os dentes dos cães não são escovados com tanta frequência como os nossos).

Como escolher a ração certa

Alimentos que contém um alto teor de carboidratos como arroz, pão e até mesmo a banana devem ser evitados. Outro alimento que parece inofensivo, mas são extremamente tóxicos como cães é a cebola e o alho. Esses alimentos não devem ser consumidos em grandes quantidades por cães ou gatos. Para cada quilo que o cachorro tenha, o máximo que ele pode consumir é 5 gramas por dia. Ou seja, papinhas nas quais a cebola ou o alho façam parte apenas como tempero não tem problema. Comidas com sal ou cafeína também devem ser evitados.

Os petiscos para Cachorros

Se você é daqueles donos que não aguenta ver a cara de pidão do seu cão, chorando por um petisco é melhor ter muito cuidado. Essas delícias que os cães adoram são como salgadinhos, balas e chicletes para as crianças. Causam problemas de saúde, diabetes, cáries e tantos outros. O melhor mesmo é evita-los dando a eles no máximo um por dia. Deixa-los comer isso à vontade pode causar diarreias e vômitos. É o mesmo que deixar as crianças se entupirem desses alimentos que não trazem nenhum tipo de benefício para a saúde.

Como escolher a ração certa

 

Idade e tamanho do cachorro

Não sei se você já percebeu, mas quando você vai a uma loja comprar a ração o vendedor sempre faz as mesmas perguntas: “qual a idade dele”? e “qual o tamanho dele?”. Isso porque a ração é feita de forma específica para cada tipo de cachorro e muitas vezes até para cada raça. Normalmente um filhote precisa de uma ração com quantidades de nutrientes maiores que de um adulto, afinal de contas estão em fase de crescimento e precisam de uma alimentação completa para se desenvolver fortes e saudáveis.

Como escolher a ração certa

Por exemplo, um cão de grande porte pode levar até 18 meses para chegar a maturidade e precisará de uma alimentação mais apropriada para isso. Já cães de pequeno porte, em apenas 8 meses em média, costumam se desenvolver completamente. É importante saber desses números, pois quando o seu animal de estimação terminar a fase de crescimento, a alimentação dele deverá ser modificada para que o excesso de nutrientes não causa um ganho de peso acima do normal. É importante prestar atenção nesses pequenos detalhes.

1 COMENTÁRIO

  1. eu quero dicas de caes basset,se eu vou deicha-lo fora de casa como de vo deixalo dentro do canil e como ele deve ser(o canil).
    quais os artigos que devo usar nele ex:guia como a guia deve ser ,coleira tamanhos ,brinquedos aprobriados para dentes e patas,se eu vou viajar e nao tenho com quem deichalo ,e nao tenho dinhero para lhe pagar uma ospedagem (no pet shop) e se eu for num lugar onde nao aceitem animais . a raçao que devo lhe dar, pedigri e uma marca apropriada de raçao? por favor mande a resposta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here