Chihuahua

Eles são muito populares e são muitas vezes vistos como cachorrinho de madame. Isso ocorre por conta do seu tamanho diminuto e pouco peso pode ser visto sendo carregado no colo pela sua dona, constantemente.

Ele também ficou muito famoso no cinema de Hollywood pela participação de filmes como Marte Ataca e em sucessos como Legalmente Loira 1 e 2 e Perdido para Cachorro. O longa Legalmente Loira 2 trata especificamente um de tema bastante debatido ultimamente que é o teste em animais e o pequeno chihuahua da protagonista está no meio de toda essa confusão. Sem mais delongas, vamos tratar de conhecer o que tem de tão especial nessa raça que faz tanto sucesso.

Informações

  • Nome original: Chihuahueño
  • País de origem: México
  • Grupo: 9 – cães de companhia
  • Seção: 6
  • Altura: entre 15 e 23 cm
  • Peso: entre 3 a 5 kg
  • Pelagem: curta e dura ou longa e ondulada
  • Ninhada: entre 2 a 4 filhotes
  • Expectativa de vida: entre 12 e 18 anos
  • Porte: miniatura
  • Olhos: grandes e redondos de cor escura
  • Cor da pelagem: areia, marrom, fulvo-claro, prateado e azul aço
  • Principais qualidades: olfato e visão apurados
  • Temperamento: instável
  • Facilidade de adestramento: pouca
  • Ranking de inteligência: 67º
  • Preço do Chihuahua: entre 850 a 2000 reais

Curiosidades sobre a raça

Conheça algumas curiosidades sobre os chihuahuas:

  • Paris Hilton é uma fã dedicada dos Chihuahuas. Mas outras celebridades também amam a raça como Reese Witherspoon, Jennifer Love Hewitt, Hilary Duff, Britney Spears, Marilyn Monroe, Madonna e Jennifer Lopez.
  • Chihuahuas já atuaram em muitos filmes, como Legalmente loira.
  • Em termos de relação corpo/cérebro, os chihuahuas têm o maior cérebro, ainda mais quando comparado a outras raças de cachorro.

Origem do Chihuahua

Sua origem fidedigna ainda é desconhecida. Mesmo sabendo que a raça é oriunda do México, mas ainda não se sabe como ela foi parar por lá. Existem várias teorias sobre os possíveis locais de origem que variam em China, Império Asteca, Cuba e até mesmo Egito. Uma dessas teorias afirma que o chihuahua é descendente de uma raça da civilização asteca chamada de Techichi.

Se estas informações estiverem corretas, o chihuahua pode ser considerada a raça mais antiga da América do Norte. Por possuir o nome de um estado mexicano, imagine que suas raízes tenham se dado realmente nessa região. Mas nada impede que a teoria das terras chinesas seja completamente afastada.

A maior pista que se tem é a imagem do techichi em cavernas antigas, gravada na pedra e mostra grande quantidade de semelhanças com o seu parente distante. Existem algumas provas de que os astecas chegavam a ver os techichis como animais sagrados. Assim, devia-se ter uma relação de intensa amizade com eles de forma que ficassem juntos mesmo após a morte de seu dono. Isso pode ser comprovado pelos pesquisadores que encontraram fósseis do que seria um cão de tamanho muito pequeno enterrado no mesmo túmulo de uma ossada humana.

O Chihuahua tem origem cubana ou egípcia?

Afirma-se que o chihuahua é o resultado de um cruzamento entre o techichi e um cão pelado trazido da Ásia através do Alasca. As teorias de que o cão pode ter origem cubana ou egípcia acham fundamento em restos de ossos que foram encontrados nesses lugares durante algumas escavações e as características anatômicas batem com as do chihuahua. Mas esses fatos são de mil anos antes de Cristo e não há comprovação do caso.

Com as invasões espanholas e diversas culturas milenares destruídas por eles, os novos “donos” da terra não sabiam como cuidar dos cães que lá habitavam. Mas felizmente tudo correu bem. Os cães conseguiram se reproduzir criando dois tipos de cães aos quais os norte-americanos deram os nomes de Texas e Arizona, nomes de estados que se encontram até hoje nessa região.

Registro da raça

O registro da raça demorou bastante. Enquanto algumas já tinham seus registros desde 1800, a raça chihuahua só teve seu nome catalogado em 1914. Depois desse marco os donos buscaram refinar o cão, ajustando a sua estatura e o tipo de pelagem. Ele começou a ficar muito popular. Mas já na Segunda Guerra Mundial a raça praticamente desapareceu demorando um pouco para voltar aos antigos números. Sua fama cresceu constantemente e ganhou grande investimento depois de aparições na TV. Por seu tamanho muito pequeno e seu peso ganhou o apelido de “cão de colo” e despertou o lado maternal de muitas mulheres.

Características do Chihuahua

Chihuahua

Ele é um fiel antepassado do lobo e como os demais cães que compartilham dessa linhagem, o chihuahua também tem características muito parecidas com o seu ancestral. Não é conhecida uma ligação direta entre esses dois animais. O que se sabe é que ele foi o resultado de um cruzamento entre um cão selvagem e outro de uso doméstico.

Toda a estrutura interna desse cão se assemelha a de um lobo assim como acontece com os outros cães. Apesar de não ter a força suficiente, sua mandíbula foi feita para segurar, rasgar, cortar e triturar. Essa raça existe como a conhecemos hoje desde o século XVIII graças a cruzamentos artificiais que foram feitos para adequar suas características até chegar a um cão de colo.

Expectativa de vida do Chihuahua

O chihuahua possui agilidade e precisão em seus movimentos. Depois de ter se tornado um cão doméstico, a sua expectativa cresceu bastante. Hoje, esse cão vive em média 12 anos e pode viver até 18 anos em alguns casos. Essa raça está incluída em duas categorias: a de cães pequenos que pesam menos de 10 quilos e as de cães longilíneos, que apresentam o comprimento do corpo maior do que a espessura.

As fêmeas possuem um corpo mais comprido. Por esse motivo o aparelho reprodutivo do chihuahua consegue gerar mais filhotes que outras raças.

Chihuahua

Sua altura varia entre 15 e 23 cm e seu peso fica em torne de 1 a 3 kg. Tem a cabeça em forma de maçã, o focinho é curto e pontudo e os olhos são arredondados. Quanto a cor da pelagem é possível encontrar cães nas cores marrom, fulvo-claro, areia, prateado e azul aço e ele ainda pode ser de uma única cor ou malhado. O mais comum são os cães de pelo curto. Mas existe uma segunda variação, mais rara, onde os pelos são longos e ondulados.

Olfato do Chihuahua

Não se deixe enganar por seu tamanho e sua falta de força, esses cães tem possuem sentidos bastante apurados. Um dos seus principais sentidos é o olfato, não chega a ser um beagle, mas possuem 32 vezes mais ramificações olfativas que a de um ser humano. Outro bom sentido desta raça e a audição. Eles são capazes de ouvir sons de alta frequência e com baixo volume. E a anatomia de suas orelhas, grandes e eretas conseguem localizar a origem do som com precisão. Por causa disso ele é capaz até de identificar palavras apenas pelo som e essa sua característica o tornou um excelente cão de alerta doméstico.

Visão do Chihuahua

Quanto a visão, essa raça não deixa a desejar. Seu campo de visão é amplo e consegue ver bem se for comparado com a raça humana. Possuem visão bicromática, o que significa dizer que só consegue visualizar 2 cores: amarela e azul, somadas ao preto e branco.

O único contraponto em meio a tantas qualidades é a falta de foco em imagens que esses cães possuem. Os olhos do chihuahua também representam grande carinho e afeto, o que deixa o coração de qualquer um mole frente à esse olhar de cão desprotegido. E o paladar, como em outros cães, não é muito desenvolvido permitindo-o assim, comer a mesma comida todos os dias.

Inteligência e Obediência da raça

O Chihuahua é uma raça inteligente, mas isso não significa que eles são sempre fáceis de treinar. Também, é preciso desde cedo familiarizar o seu pet com diferentes pessoas, lugares, sons e experiências para que ele se desenvolva como um animal de estimação bem educado.

Entretanto, na hora do adestramento, os chihuahuas se beneficiam fortemente por causa da sua obediência e agilidade.

A inteligência de um cão é medida através de 3 categorias:

  • Adaptativa, que é a capacidade de resolver problemas;
  • Obediência, que é a capacidade de obedecer comandos;
  • Instintiva, que identifica um comportamento ditado geneticamente.

Depois de passar por todos esses testes, o chihuahua foi classificado na posição 67ª no ranking de inteligência, apesar de ser considerado bem esperto pelos seus donos. A maior dificuldade que pode ser encontrada na raça é a sua domesticação.

Convivência com o Chihuahua

Esta raça compensa sua falta de tamanho, com sua personalidade explosiva, uma vez que, eles são uma combinação perfeita de amor e atrevimento, o que lhes proporciona uma personalidade única

Chihuahuas são cães amorosos e geralmente gostam muito da companhia de seus donos. Além disso, apesar do pouco tamanho, seu estado de alerta faz deles um ótimo cão de guarda.

Como é uma raça inteligente, assim eles precisam sempre de estímulos mentais.

O Chihuahua late muito?

Mais ou menos, já que cães de raça pequena possuem  são mais propensos a latir do que raças maiores. Por isso, eles vão latir sim quando acharem necessário, como chamar a atenção do seu dono para algo, por exemplo.

O Chihuahua é destruidor?

Pode ser, ainda mais quando filhote, mas algo completamente comum. Chihuahuas são bem animados, por isso, precisam ser adestrados e educados desde filhote para não destruírem nada dentro de casa.

O Chihuahua é agitado?

Sim, e muito ainda, pois chihuahuas são animados e atrevidos, além de adorarem correr e brincar até não aguentarem mais. Apesar do pouco tamanho, a quantidade de energia dessa raça é surpreendente.

O Chihuahua requer espaço?

Não, afinal como a raça é bastante pequena, ele é perfeita para vive em apartamento. Entretanto, o dono precisará se comprometem em sempre levar seu pet para passar, afinal é uma raça bastante agitada.

Convivência do Chihuahua com crianças, estranhos e animais

São muito ágeis em seu ambiente. Assim, conseguem se adaptar bem com outros cães e outros animais de estimação. Mas eles não são grandes fãs de crianças. Eles não são muito obedientes e possuem um certo desequilíbrio de humor, pois podem se tornar agressivos, ciumentos e medrosos em certas situações. Mas, no geral ele é sempre um bom companheiro e muito carinhoso. Eles conseguem se adaptar a qualquer tipo de ambiente no qual seja colocado: apartamentos, casas, fazendas ou grandes mansões.

Nível de exercício do Chihuahua

Tecnicamente, os chihuahuas precisam de pouco exercício ao ar livre, por isso são perfeitos para viverem em apartamento. Mas, como são cães agitados, eles precisam de um lugar seguro para correr e brincar, para se exercitarem e se sentirem felizes.

Assim, meia hora de passeio já é o suficiente para eles, fique apenas atento aos sinais de cansaço que seu pet dá, pois, eles podem se exercitar até cansarem, caso não haja intervenção do dono.

Manutenção e higiene do Chihuahua

Como a raça pode apresentar problemas com lágrimas acidas, que mancham o pelo, é preciso realizar limpezas frequentes no local com produtos específicos, com a finalidade de amenizar esse problema e diminuir o incômodo.

Chihuahua

Banho

A raça deve tomar banho uma vez por mês ou a cada dois meses, ou seja, dependendo do grau de sujeira. Ainda, você pode limpar o pelo do seu pet, quando necessário, com a ajuda de uma toalha úmida.

Outro fator importante é a grande sensibilidade que possuem quanto à variação de temperatura. Portanto, evite dar banhos em locais abertos onde há muito vento. Assim, procure adequar a temperatura da água, nem muito quente e nem muito fria.

Unhas

As unhas do Chihuahuas devem ser cortadas sempre que necessário. Pois quando grandes elas podem machucar o pet no ato de coçar.

Orelhas

As orelhas do Chihuahua devem ser limpas semanalmente, uma vez que, o acúmulo de cera pode causar infecções no local.

Dentes

Outro cuidado importante que se deve ter com essa raça é a respeito dos dentes. Como você leu acima, esses cães podem viver até impressionantes 18 anos e portanto, cuidar bem da dentição do seu cão é uma necessidade importante e não é uma tarefa muito fácil.

Alimentação do Chihuahua

A alimentação deve ser observada de perto, pois o índice de obesidade nesses cãezinhos é muito alto. Procure sempre alimentá-los apenas com ração própria para o seu tamanho e idade, pois a comida do ser humano, como doces e frituras, pode ser bastante prejudicial para a saúde do seu cachorro.

Dê sempre pouca quantidade de ração distribuída em várias horas durante o dia. Infelizmente, muitos donos procuram reduzir ainda mais o tamanho da raça, mas isso pode fazer com que o cachorro já nasça com problemas respiratórios e circulatórios devido ao tamanho minúsculo.

Reprodução do Chihuahua

Como a cabeça do chihuahua costuma ser grande demais para o parto normal da cadela, a maioria das mães de chihuahua dão à luz por cesariana.

Por isso, é preciso fazer o acompanhamento junto a um veterinário, para saber a data exata do parto. Ainda, os chihuahuas são conhecidos por terem ninhadas que podem dar até dez filhotes.

Sistema reprodutor do Chihuahua

Chihuahua

A gestação, em geral, é muita parecida com a de um ser humano e pode durar até 60 dias. A média de filhotes gira em torno de 3, raramente 4, mas já se ouviu falar em cães parindo até 6 filhotes! Durante a gravidez as cadelas também precisam de uma alimentação enriquecida com vitaminas, proteínas e cálcio. Por ser um cão de colo, sua gestação é sempre acompanhada de perto por seus donos e estes tem o cuidado de realizar cruzamentos apenas com outro cão de pequeno porte e de mesma raça.

Caso essa gravidez não seja controlada e o cruzamento ocorra de forma natural, a fêmea precisará estar no cio para que isso ocorra. Essa fase dura em torno de 15 a 20 dias e o pico de fertilidade é atingido entre o 8º e o 11º dias. Após o nascimento, os filhotes precisam de cuidados constantes e intensos. Um fato muito importante e que pode passar despercebido por donos inexperientes é que o chihuahua só pode tomar banho depois dos 5 meses de vida.

Saúde do Chihuahua

Quanto às patologias que podem acometer a raça é preciso ficar atento as principais como a hipoglicemia, hidrocefalia, luxação da patela (deslocamento do joelho), colapso da traqueia (fraqueza do órgão) e espirro reverso, muito comum em raças de pequeno porte. Algumas doenças graves podem ser evitadas com a vacinação de forma adequada como a cinomose, que é causada por uma bactéria transmitida pelo carrapato e a parvovirose. Outras doenças que são transmissíveis aos seres humanos também podem aparecer: salmonela, leptospirose e raiva.

Como se pode ver, o chihuahua não exige muito mais cuidados que as outras raças. Como sempre, é importante dar muito carinho, não deixa-lo sozinho e leva-lo com certa frequência ao veterinário ou sempre que achar necessário. Como é uma animal de pelo curto não exige grandes cuidados quanto à escovação, a não ser os exemplares de pelo longo.

Filhotes da raça

Como qualquer outra raça, o chihuahua é ainda mais destruidor quando filhote, mas não causam tanto dano, pois, são pequenos. Mesmo filhotes, a raça é bastante ativos e também precisa de exercícios.  Além disso, você deve começar desde cedo a educar seu pet para que ele não se torne destrutivo e chato com outras pessoas quando adulto.

Fotos do Chihuahua

Chihuahua Chihuahua Chihuahua Chihuahua Chihuahua Chihuahua

Chihuahua

Chihuahua

Separei mais esses conteúdos para você:

Guia de Adestramento Para Cães

Seu cão faz xixi no lugar errado, destróis o seu sofá e não te obedece? Conheça o Guia de Adestramento para cães. Informe seu nome e e-mail.

envelope
envelope

2 COMENTÁRIOS

  1. MUITO DAS INSTRUÇÕES E COLOCAÇÕES SOBRE CHIHUAHUAS, MAIS PRECISO SABER COMO FAZER PRA QUE MINHA FÊMEA LEVE A GRAVIDEZ ATÉ O FINAL, E QUE ELA FIQUE COM OS FILHOTES APÓS O PARTO,,,QUE VITAMINAS DEVO DAR COMO FAZER FICAR JUNTO AOS FIHOTES ?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here