Como cuidar de sarnas em cachorros

U Calila Galvão    t 3 de setembro de 2014


As sarnas podem se apresentar em cães, gatos e humanos. São causadas por ácaros e nem todas são zoonoses. A sarna se divide em 3 tipos principais: a Sarcóptica, também conhecida como Escabiose, a Demodécia, também chamada de Demodicose ou Sarna Negra e a Sarna Otodécica que afeta os ouvidos. O tipo Sarcóptica pode ser transmitida pelo simples contato entre cães e seres humanos, já a Demodécica é transmitida apenas de mãe para filho e não tem cura.

Como é a Escabiose ou Sarcóptica

Como cuidar de sarnas em cães

A causa da doença são ácaros que se reproduzem rapidamente na derme e para tanto, precisam alcançar camadas mais profundas do tecido epitelial nos cães. O principal sintoma é uma coceira insuportável capaz de deixar qualquer cão tranquilo em verdadeiro estado de loucura. Se você tem outro cão em casa que ainda não está com a doença então, o melhor é afastá-los. Cada um deve ter a sua própria cama e escova, nenhum objeto pode ser compartilhado para evitar a transmissão de ácaros.

Sinais e sintomas das sarnas em cães

Como cuidar de sarnas em cães

O principal sintoma é a coceira intensa. A vontade de coçar é tão forte que o cão para de comer para fazer isso. A coceira é tanta que o cão pode abrir feridas no lugar fazendo uma porta de entrada para bactérias e protozoários tornando a situação muito pior e ficando sujeito a infecções graves. Há outros sinais observados como:

O diagnóstico deve ser feito através de um médico veterinário que irá fazer a raspagem do local da ferida e encaminhar para exames laboratoriais. Assim que o resultado for confirmado, o tratamento já pode ser iniciado. Quando antes, melhor.

Como tratar as sarnas em cachorros

A primeira notícia boa é que a patologia é perfeitamente tratável. Normalmente, o tratamento é feito com o uso de medicamentos tópicos mas, dependendo da extensão da doença, também se faz necessário o uso de remédios via oral ou injetáveis. Banhos especiais, nos quais o remédio é acrescentado á água, não são incomuns. Não interrompa o tratamento até ter certeza de que o animal já está livre dos ácaros.

Como cuidar de sarnas em cães

Outro detalhe importante é deixar bem limpo o local e os itens pessoais que o animal usa como roupa, manta, escova e outros objetos. Os itens de tecido devem ser lavados e depois de secos, basta aplicar 3 pequenas gostas de cloro nas peças. Já os itens de metal como a escova, deve ser deixada de molho na água com cloro de 2 a 3 horas.

Como prevenir as sarnas em cachorros

Por ser uma doença contagiosa é preciso ficar bem atento. Não deixe que o seu cão entre em contato com cães desconhecidos ou de rua, que têm ácaros frequentemente. Quando você brincar com algum cachorro na rua ou do seu vizinho, lave as mãos antes de fazer carinho no seu cãozinho. Assim, você não pega a doença e nem transmite para ele.

Dicas de artigos interessantes:

Sarna demodécica ou sarna negra

Como cuidar de sarnas em cães

Causada por um ácaro chamado Demodez, a doença é passada de mãe para filho através da amamentação e não tem cura. O ácaro pode estar presente na pele do animal desde o nascimento e não causar nenhum mal durante a vida inteira. Porém, algum tipo de situação como uma queda no sistema imune ou algo emocional pode desencadear e “acordar” o ácaro, causando estragos. Consequentemente, fêmeas que têm o ácaro não podem cruzar para não espalhar a doença.

Sinais e sintomas da sarna demodécica (ou sarna negra)

Como cuidar de sarnas em cães

A olho nu, as lesões provocadas pela escabiose e pela sarna negra são muito parecidas no início podendo ser facilmente confundidas. O ponto positivo nesse tipo de sarna em relação à escabiose é que ela não causa coceira, deixando o cão bem menos estressado. Veja quais são os sinais e sintomas apresentados pelo cão:

O diagnóstico é feito através do mesmo método que a escabiose.

Tratamento da sarna demodécica (ou sarna negra)

Como já dissemos, não há cura para a sarna negra. Quanto mais cedo for descoberta, mais fácil será o tratamento. Com a descoberta precoce é possível iniciar com o uso de loções, banhos contra ácaros e loções e controlar os sintomas. Estando numa fase mais avançada são necessários outros medicamentos pois, podem haver danos nos órgãos internos. Não há forma de prevenção.

Sarna Otodécica

Como cuidar de sarnas em cães

Causada pelo ácaro Otodectes cynotis causando danos apenas nos ouvidos dos cães. É preciso tomar cuidado para não confundir a sarna com a otite, o que acontece com frequência. Isso leva a realizar o tratamento de forma errada podendo trazer maiores transtornos no futuro. Os sinais clínicos também são bem parecidos com os da otite:

O diagnóstico se dá pela coleta do material presente no ouvido do cão por um veterinário e será levado para análise em laboratório.

Tratamento adequado da sarna otodécica

Como cuidar de sarnas em cães

Remédios acaricidas são prescritos pelo veterinário para serem colocados dentro dos ouvidos do cãozinho. Banhos com xampu antiácaro também são recomendados já que eles podem migrar para regiões próximas aos ouvidos como rosto e pescoço. Também pode se esconder na pata que o pet usa para coçar o ouvido.

Prevenção: o melhor remédios

Existem poucos produtos no mercado que possuem sua eficácia comprovada quando o assunto é evitar a sarna otodécica. Peça para que o veterinário do seu pet recomende um para você. A prevenção se dá em impedir o contato entre cães estranhos pois, eles podem estar contaminados. Também não se deve compartilhar objetos de um cão que esteja com a sarna com outros cães.


Deixe uma resposta

Artigos Populares

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Grupo dos Hounds

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Cavalier King Charles Spaniel

Grupo dos Esportistas

Cavalier King Charles Spaniel

Os cachorros mais bonitos do mundo

Curiosidades

Os cachorros mais bonitos do mundo

Como Construir uma Casa de Cachorro Ideal

Cuidados

Como Construir uma Casa de Cachorro Ideal

Cocker Spaniel Inglês

Grupo dos Esportistas

Cocker Spaniel Inglês

Últimos Artigos

Cães e gatos são mesmo inimigos?

Curiosidades

Cães e gatos são mesmo inimigos?

Entenda porque dividir sua comida com o cão é uma péssima ideia

Alimentação

Entenda porque dividir sua comida com o cão é uma péssima ideia

Entenda porque cafeína é veneno para cães

Alimentação

Entenda porque cafeína é veneno para cães

Entenda porque não se deve manter cães acorrentados

Cuidados

Entenda porque não se deve manter cães acorrentados

Saiba como preparar a casa para a chegada de um cão

Dicas

Saiba como preparar a casa para a chegada de um cão

Anuncie Grátis! »