Fila Brasileiro

O nome Fila vem de uma característica muito marcante de seu temperamento: esse cão é extremamente fiel. Assim, o provérbio “Fiel como um Fila” caiu como uma luva. Foi a primeira raça de cães brasileiros a ser reconhecida pela FCI. As suas bochechas e orelhas caídas fizeram grande sucesso entre as décadas de 70 e 80. Mas, não se engane. Apesar da cara de bonzinho, esse cão pode ser bastante agressivo se não tiver o adestramento adequado.

Informações sobre o Fila Brasileiro

  • País de origem: Brasil
  • Função principal: cão de guarda
  • Cor dos pelos: castanho, preto e marrom escuro são as cores mais comuns mas, também é possível encontrar as versões tigradas
  • Olhos: de tamanho médio e cor de amêndoas
  • Pelagem: curta e lisa sobre uma pele grossa e com elasticidade
  • Altura do macho: entre 65 e 75 cm
  • Altura da fêmea: entre 60 e 70 cm
  • Peso: varia de 41 até 50 kg para ambos os sexos
  • Expectativa de vida: de 12 a 15 anos, aproximadamente
  • Preço do Fila Brasileiro: em média R$ 1.200 mas, esse valor pode aumentar para R$ 2.100

Curiosidades sobre a raça

  • Em primeiro lugar, em alguns países europeus, a criação do fila brasileiro é proibida. Isso porque a raça é considerada perigosa. Isso ocorre no Reino Unido, por exemplo.
  • Além disso, a raça se tornou ainda mais conhecida no brasil nas décadas de 1980 e 1990. Isso porque a apresentadora o cão Txutxucão, da raça fila, fez muito sucesso ao lado da apresentadora Xuxa. Isso fez com que a raça se popularizasse ainda mais no país.

Características do Fila Brasileiro

De acordo com a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), o fila brasileiro pode apresentar diversos tipos de coloração. Por exemplo pode ser dourado (vários tons de amarelo), rajado (com sólida ao fundo com marcas pretas) ou até mesmo preto. Além disso, esses cães podem ter manchas brancas em alguns locais do corpo como peito, patas e cauda.

Os cães dessa raça são grandes e fortes. Então possuem os ossos e a musculatura muito robustos. Além disso, esses animais são bastante pesados, tendo entre 50 e 60 quilos. E sua altura varia entre 60 a 75cm.

Por fim possuem também uma cabeça grande e a boca escura. Essa característica é marcante da raça. Assim eles são conhecidos como “boca negra”. Outra característica bem marcante é a pele enrugada, bem como suas grandes orelhas caídas.

Quer comprar ou vender um cachorro? Acesse o classificados Zip Anúncios.

História e origem do Fila Brasileiro

Os Filas estiveram presente em território brasileiro desde que os colonizadores pisaram aqui e trouxeram consigo essa raça. Eles protegeram os portugueses de ataques de onças e suçuaranas e também a encontrar escravos que haviam fugido. O trabalho dos tropeiros aqui em território nacional ajuda a estabelecer o Fila em determinados lugares de forma mais preponderante. Esses locais eram na região Sudeste, principalmente no estado de Minas Gerais e no Mato Grosso.

Além desses lugares também foram encontrados vestígios da raça na região Nordeste onde duas imagens importantes foram encontradas. A primeira mostrava um grupo de vaqueiros acompanhados por um Fila ajudando a prender um boi e a outra mostra 4 cães com características muito parecidos com o Fila acuando uma onça no topo de uma árvore.

O Fila Brasileiro é descendente do Engelsen Doggen?

Quanto á origem dessa raça, ainda não se tem certeza de absolutamente nada. A teoria que é mais aceita hoje em dia é que o Fila é um descendente direto de um cachorro inglês já instinto chamado de Engelsen Doggen ou também conhecido como Dogue de Fort Race. Eles teriam vindo para o nordeste durante a invasão neerlandesa aqui no Brasil e esses cães ajudavam no ataque de índios e protegiam as comitivas das onças.

Depois que os estrangeiros foram expulsos muitos cães permaneceram em território brasileiro e devido a uma seleção natural, algumas de suas características que se adaptavam melhor ao Brasil permaneceu e deu origem ao Fila. O cão teve que se adaptar a novos hábitos alimentares, clima bem diferente e as suas funções foram modificadas, passando a serem cães de pastoreio.

Temperamento

O temperamento do Fila não é dos mais tranquilos. Entre a década de 70 e 80 os donos dos cães fizeram alguns cruzamentos para reduzir essa agressividade mas, ainda assim, ela permaneceu em menor proporção.

Inteligência e obediência do Fila Brasileiro

Apesar de ser um cão bem esperto, o fila brasileiro pode mostrar traços de teimosia. Além disso ele pode testar as ordens de seu tutor. Sendo assim, é bom que o dono seja firme com ele. Mas esse comportamento é mais uma brincadeira por parte do cão.

Então, para evitar a desobediência, é recomendado que o cão seja adestrado ainda filhote. Assim ele se acostuma obedecer aos donos desde cedo.

Além disso, o treinamento pode ser muito adequado devido ao instinto de proteção desse cão. As vezes ele pode ficar muito nervoso. Assim, aprender a controlar esses impulsos se faz muito necessário.

Por fim, esses cães são muito inteligentes. Essa inteligência pode se manifestar fortemente em forma de gratidão à sua família. Assim, esses animais são capazes de fazer qualquer coisa para proteger os seus donos. Esses cães se mostram muito carinhosos e leais à família.

Convivência do Fila Brasileiro

A convivência do fila brasileiro com os membros da família costuma ser boa. Entretanto é necessário ter um pouco mais de atenção quando esses cães são colocados em contato com pessoas estranhas ou outros animais. Eles tem um instinto protetor. Portanto podem apresentar reações agressivas caso sintam alguma ameaça.

Mas é importante dizer que para ajudar o cão a controlar seus instintos, o ideal é que ele seja adestrado desde filhote. Além disso, deve ser feito um bom trabalho de socialização do animal com pessoas, outros animais e crianças. Dessa forma, as chances de ocorrerem reações indesejadas por parte do cão poderão ser minimizadas.

O fila pode chegar a pesar até 70 quilos. Portanto é praticamente impossível carregá-lo no colo.

O Fila Brasileiro late muito?

O fila brasileiro não tem o hábito de latir sem motivos. Portanto, quando ele late, é porque provavelmente tem algo errado. Além disso, ele costuma latir também para pessoas estranhas.

O Fila é destruidor?

O Fila Brasileiro não é um cão destruidor. Porém, para que ele viva tranquilamente, é necessário que tenha bastante espaço para brincar. Assim, essa raça é recomendada para pessoas que tenham casa com quintal amplo.

O Fila é agitado?

Cães dessa raça normalmente são bem sossegados. Mas gostam bastante de brincar. Porém são capazes de discernir muito bem os momentos de brincadeira, daqueles de calmaria. Assim eles não permanecem agitados em momentos inoportunos.

Além disso, cães com perfil mais agitado podem ser adestrados. Assim eles aprendem a como se comportar melhor.

O Fila requer espaço?

Apesar de serem cães relativamente calmos, eles precisam de espaço. Portanto, casas pequenas não são recomendadas para essa raça.

Esses animais precisam de espaço para se exercitarem. Além disso, eles gostam muito de terem áreas verdes disponíveis para as suas brincadeiras.

Convivência do Fila Brasileiro com crianças, estranhos e animais

Eles convivem muito bem como a família e também com crianças, o problema é quando há estranhos na casa. O ideal é que a visita chegue junto para mostrar ao cão que se o dono permite que ele entre, então não com o que se preocupar.

Neste caso, um bom adestramento é fundamental para que ele sempre lhe obedeça quando for repreendido quando for tentar atacar pessoas sem motivo aparente. Socializá-lo desde filhote é essencial para garantir um bom crescimento e reduzir um pouco essa sua natureza tão ranzinza. Apesar disso ele é um ótimo cão de companhia e sempre será extremamente fiel ao seu dono.

Justamente por todas essas características, o Fila é um verdadeiro cão de guarda. Seu instinto de proteger o dono e sua família não permite que nenhum estranho chegue por perto ou faça mal a qualquer um deles. Se algum estranho ousar entrar na sua casa sem ser convidado, ele pode esperar uma boa mordida logo na entrada.

Entretanto vale lembrar que por se tratar de um cão grande e forte, o ideal é que ele seja adestrado. Assim, aprenderá a obedecer aos membros da família. Isso pode evitar transtornos futuros.

Manutenção e higiene do Fila Brasileiro

Os cuidados com a higiene do fila são muito básicos devido ao seu pelo curto. Assim, eles não costumam se sujar muito. Então um banho por mês e uma escovada por semana são suficientes.

Além disso, esses animais devem ter suas orelhas e olhos limpos frequentemente para evitar infecções. Por fim, os dentes devem ser escovados semanalmente.

Pelagem

O pelo do fila brasileiro é curto, liso e macio. Devido às características da pelagem, a escovação se torna uma tarefa bem simples. Assim, escovar o cão uma vez por semana é suficiente para a remoção dos pelos mortos e manter a pelagem bonita.

Além disso, banhos de sol frequentes são recomendados. Dessa forma o pelo do cachorro permanecerá sempre saudável e brilhante. Entretanto, os horários em que o sol é muito forte devem ser evitados. Então, o mais aconselhado é que o cão tome o sol da manhã, entre 8h e 10h.

Banho

Nos meses mais quentes do ano, é recomendado que o fila tome um banho por mês. Mas nos meses mais frios, essa frequência pode passar a ser 1 vez a cada dois meses.

Além disso, é recomendado que seja utilizado um shampoo neutro específico para cães para realizar a limpeza do animal. Mas é recomendado que eles sejam secos após o banho para evitar o desenvolvimento de dermatites.

Unhas

Quando o fila brasileiro vive em espaços amplos, ele costuma gastar suas unhas naturalmente. Mas elas devem ser verificadas constantemente. Assim, caso cresçam demais, devem ser aparadas para não atrapalharem na movimentação do animal.

Orelhas

Por serem grandes e caídas, as orelhas do fila brasileiro podem acumular muita sujeira. Assim, esses animais são propensos à desenvolver otites. Por isso, devem ser constantemente verificadas e limpas. Assim, a probabilidade de que o cão seja acometido por infecções do conduto auditivo é reduzida.

Além disso, é preciso ter atenção para que não caia agua dentro do ouvido do cão durante o banho. E, elas devem ser sempre secas.

Dentes

Os dentes do fila são grandes, inseridos em uma mandíbula forte e grande. Portanto para evitar problemas dentários, é necessário realizar escovações semanais com a utilização de pasta de dentes canina. Além disso podem ser oferecidos petiscos específicos para a remoção do tártaro.

Alimentação do Fila Brasileiro

É muito importante oferecer uma ração de qualidade ao fila brasileiro. Assim, os ossos e a musculatura do animal se manterão fortes e saudáveis.

Além disso é necessário controlar as porções oferecidas ao cão para evitar problemas com sobrepeso.

Reprodução do fila brasileiro

O ideal é que os machos reproduzam após 1 ano e meio de idade. Mas as fêmeas devem se reproduzir apenas a partir do terceiro cio. Mas a reprodução costuma ocorrer de forma natural. Geralmente as ninhadas de fila brasileiro são numerosas. Assim, costumam nascer em torno de 10 filhotes por vez.

Filhotes de Fila Brasileiro

É recomendável que os filhotes desmamem somente após 45 dias. Além disso é primordial que sejam acompanhados por um veterinário que ficará responsável também pela vermifugação e vacinação dos animais.

Por fim, assim que possível deve-se iniciar o trabalho de socialização do filhote. Assim ele será capaz de conviver pacificamente com pessoas e outros animais.

Nível de exercício do Fila Brasileiro

Se você mora em apartamentos ou lugares pequenos então, escolha outra raça para ter em casa. Os Filas atingem um tamanho gigante e além disso, têm muita energia e precisam correr e se exercitar para gastá-la. Por isso, eles se adaptam melhor a ambientes como fazendas, sítios e chácaras que são lugares amplos e com muito espaço para brincar e correr à vontade.

Problemas de saúde mais comuns

Como todo cão de grande porte, o Fila pode desenvolver o que chama-se de Displasia Coxofemural e torção gástrica, patologia muito grave e pode levar o cão a óbito. As suas orelhas caídas podem provocar otite crônica e recorrente e as pálpebras flácidas permite que a conjuntiva fique exposta o que pode causar o ressecamento do globo ocular produzindo irritação e secreção.

Separei mais esses conteúdos para você:

Guia de Adestramento Para Cães

Seu cão faz xixi no lugar errado, destróis o seu sofá e não te obedece? Conheça o Guia de Adestramento para cães. Informe seu nome e e-mail.

envelope
envelope

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here