Saúde mental de cães como manter? Veja aqui dicas e cuidados para manter seu pet bem feliz e saudável!

saúde mental de cães é um assunto que precisa ser discutido. Cada vez mais as pessoas estão buscando um pet para fazer companhia em casa e cada vez mais estes animais estão habituados a viver na sociedade humana.

Porém, será que estamos fazendo tudo que podemos para que eles vivem bem, felizes e com qualidade de vida?

Se você está pensando em adotar um cãozinho, saiba que sua responsabilidade será muito maior do que simplesmente mantê-lo alimentado e quentinho.

Um cachorro precisa de muitas circunstâncias a seu favor para que não tenha uma vida girando em torno de estresse.

Mas, o que considerar na hora de ajudar o cão a ter uma saúde mental em dia? Muitos aspectos são importantes.

Entre eles, ter um ambiente tranquilo, um treinamento adequado, uma alimentação equilibrada e muito amor! Mas, vamos entender cada um destes pontos a partir de agora. Acompanhe!

 Saúde mental de cães
Menininho com o seu cachorro de estimação. Crédito da foto: Freepik

Saúde mental dos cães – O que considerar?

A saúde mental dos cães precisa ser discutida. Hoje em dia, estes animais estão cada vez mais adaptados as nossas rotinas, do que nós as deles. Ou seja, há situações que eles não deveriam estar enfrentando, mas estão. Quer um exemplo prático? O excesso de solidão.

Um cachorro não foi feito para ficar sozinho. Por mais que existam formas e maneiras de criar um cachorro independente (e isto é importante para ele), é fundamental que você entenda que o cão não pode ficar sozinho por muito tempo.

Sim, as tarefas e atribuições diárias muitas vezes fazem com que tenhamos que passar horas fora de casa. Muitas vezes saindo quando o dia ainda nem amanheceu e voltando tarde da noite. O trabalho muitas vezes exige isso.

Porém, é preciso encontrar alternativas para não frustrar e demandar situações para o cão.

Por isso, entenda como manter a saúde mental de cães em dia!

1) Um cachorro ansioso pode ter muitos problemas

Saúde mental de cães: Um cachorro ansioso pode, sim, ter muitos problemas. E este é o primeiro tópico que você precisa considerar na hora de entender como manter a saúde mental de seu cão em dia.

Infelizmente, muitas vezes nem conseguimos perceber. Mas os animais podem estar passando por problemas sérios de comportamento. E isto afeta diversas áreas da vida.

Talvez você já tenha ouvido falar da síndrome da ansiedade da separação. Esta é uma condição que gera muita ansiedade nos animais pelo fato de você não estar por perto.

Ou seja, quando o cachorro sente sua falta, ele pode desempenhar comportamentos que fazem muito mal a ele. Ele fica sem comer, sem beber, sem descansar e muitas vezes latindo incessantemente.

E observe que tudo isto, apenas por você não estar por perto! Agora, imagine quantas outras situações podem transformar a vida do cão para pior. Pois é… é preciso muita atenção para que ele não fique ansioso. Observe o comportamento dele busque ajudá-lo quando você notar:

  • Cansaço excessivo;
  • Falta de ânimo;
  • Muito tempo dormindo;
  • Falta ou excesso de apetite;
  • Latidos em excesso.

Saúde mental de cães – 2) Não deixe o seu cão estressado

Saúde mental de cães: O estresse em cães faz com que eles tenham comportamentos muito ruins. Esta é uma condição muito interligada com a ansiedade dos animais, que mencionamos anteriormente.

Porém, neste caso, o cachorro terá uma motivação muitas vezes aparente com o qual está se incomodando.

Enquanto um cão ansioso terá diversos motivos escondidos, um cachorro estressado terá motivos evidentes.

Por exemplo, ele poderá se estressar com outros cães, com outras pessoas, com algum brinquedo, com a temperatura da casa, etc.

Manter a saúde mental dos cães em dia é um verdadeiro desafio. Pois precisamos, acima de tudo, fazer com que eles sintam-se felizes.

No entanto, não necessariamente a felicidade momentânea está relacionada com algo positivo.

Por exemplo, um cão pode sim ficar feliz rasgando o sofá ou comendo a qualquer momento, concorda? Porém, isto não significa que estes atos são positivos.

Ou seja, é uma linha tênue. Você precisa proporcionar momentos de tranquilidade ao cão para que ele não se estresse, mas é preciso manter o equilíbrio para não deixá-lo a vontade para fazer qualquer coisa.

Saúde mental de cães – 3) Cuide da alimentação dele

Uma boa alimentação pode ajudar (e muito) no controle da saúde mental dos cães. Seja se for uma alimentação natural ou uma ração premium enriquecida, o que importa é entender que, mais uma vez, o equilíbrio precisa acontecer.

Ou seja, o cão precisa se alimentar bem de diversas formas.

Ele precisa de nutrientes, precisa de energia, precisa sentir um gosto bom e precisa sentir prazer em comer.

Por isso, intercale entre refeições dentro e fora da dieta. Não exagere em nenhuma delas e tenha em mente que seu cachorro poderá ser muito mais feliz quando há alternativas e possibilidades.

Uma alimentação pobre em nutrientes e energia pode fazer com que os cães não tenham vontade para nada. Logo, não brincarão nem praticarão exercícios. E isto, no longo prazo, pode ser extremamente maléfico para a saúde deles. Inclusive, a mental.

Veja aqui: 10 frutas ricas em nutrientes para o bem-estar do seu cão! 

Saúde mental de cães – 4) Socialize seu cão

Saúde mental de cães: Você já parou para pensar que um cão também precisa ter amigos e entender que não está sozinho neste mundo? Pois é!

A socialização do cão precisa acontecer para que ele tenha uma saúde mental em dia e não surte!

Ou seja, você precisa proporcionar atividades para que o cão possa sair com outros cães, possa passear, possa fazer amizades e conhecer novos amigos.

E isto pode ser feito em um parque ou em um ambiente que tenham outros animais. Porém, é preciso tomar cuidado para que a aproximação aconteça lentamente.

Afinal, você não sabe como ambos animais podem se comportar. Para que não ocorram acidentes, faça a socialização aos poucos.

Com uma boa socialização, os cães passam a entender que não são únicos e nem os donos do mundo. Eles precisam sentir cheiros e perceber que há mais animais nos arredores dos ambientes.

Isto não só fará com que eles tenham um comportamento mais calmo, como também fará com que eles tenham um bom senso de localização e um bom equilíbrio mental.

Porém, faça isso sempre com cautela. Ou seja, pesquise mais sobre o assunto, fale com especialistas e faça testes. Seu cão pode agir de diversas maneiras e você precisa estar atento a isso.

5) Os passeios são fundamentais para a saúde mental de cães

A saúde mental dos cães está ligada diretamente com a prática de exercícios e movimentos.

Como dissemos anteriormente, a socialização ajudará a manter um bom equilíbrio da mente.

E o mesmo vale para os passeios e caminhadas no parque ou na rua, já que os passeios ao ar livre fazem bem para o corpo e principalmente para a mente dos cães.

Por isso, leve o seu cachorro para passear sempre que puder e não deixe ele trancado em casa o dia todo.

Caso o cachorro não saia para passear, para respirar um ar puro ou para sentir-se mais livre, ele poderá desenvolver muitas condições negativas relacionados ao psicológico.

Ou seja, ele poderá ficar ansioso, irritado, estressado e poderá até desenvolver uma agressividade canina!

Então gastar energia acumulada é muito importante para desestressar seu cão! Isto fará o cão sentir-se melhor. Além, claro, de ajudar a manter a saúde física dele em dia.

Lembre-se que os animais foram feitos para se movimentar! Um cão cansado é um cão feliz!

6) Disponha vários brinquedinhos para seu pet

Saúde mental de cães: Os brinquedos ou jogos para cães precisam ser trocados constantemente. Isto por um simples motivo: eles enjoam! E se eles enjoam, automaticamente começam a se estressar e se sentir ansiosos.

E, como você já viu anteriormente, ambas as as situações podem proporcionar muitas oportunidades para degradar a saúde mental do seu cão.

Quando um cachorro enjoar de seus brinquedos, ele tende a economizar e poupar energia no corpo de forma involuntária.

Infelizmente, esta prática é muito maléfica para nossos cães. Pois o acúmulo de energia pode fazer com que eles sintam-se mal por diversos motivos.

Portanto, adote uma boa rotatividade nos brinquedos!

 Saúde mental de cães
Cachorro feliz com sua família. Crédito da foto: Freepik

Dicas para manter a saúde mental de cães

Saúde mental de cães – 7) Invista em adestramento canino

Saúde mental de cães: E por último, talvez uma das práticas mais importantes e mais recomendadas: adestramento canino!

Sim, você precisa proporcionar ao seu cão um treinamento para que a saúde mental dele fique em dia.

Muitas situações do dia a dia estão completamente ligadas ao que o cão faz ou deixa de fazer.

Logo, comportamentos desequilibrados podem proporcionar muitos outros problemas para você e para o animal.

Um adestramento poderá fazer com que o cachorro aprenda e entenda o que ele pode e o que ele não pode. E isto, no longo prazo, será fundamental.

Por exemplo, se um cachorro tem a mania de morder ou roer os objetos ou móveis, significa que ele está condicionado a isto por algum motivo.

Com um bom treinamento, este motivo poderá ser descoberto, tratado e recondicionado.

Veja aqui o passo a passo para adestrar seu cão. 

8) Dê muito amor, carinho e atenção

Saúde mental de cães: Pode até parecer clichê, mas dar todo o amor e todo o carinho que você puder também ajuda o seu cão a sentir-se mais feliz e tranquilo.

Quando o animal se sente amado e querido pelos tutores, possui muito menos risco de desenvolver depressão, por exemplo.

9) Brinque com ele

Saúde mental de cães: E faça brincadeiras também! O lazer é tão importante para nossa saúde mental, como não seria para a dos nossos cães?

Aproveite o seu tempo livre para brincar com seus pets e não deixe que eles fiquem tristes ou entediados em casa.

Isso ajuda muito no equilíbrio da mente dos cães e permite que sejam ainda mais felizes!

 Saúde mental de cães
Cachorrinho com sua dona no sofá. Crédito da foto: Freepik

Saúde mental de cães como manter? Siga nossas dicas!

Saúde mental de cães: Por fim, a saúde mental dos cães deve ser tratada com seriedade e atenção. Esses animais sentem coisas assim como nós sentimos, de modo que a saúde mental deles tem grande importância no dia a dia do cão.

Esse aspecto também pode acarretar em doenças de natureza grave do cãozinho, por isso é muito importante.

Cuidar da saúde mental de cães é também fazer com que eles vivam por mais tempo e sejam mais felizes – e é tudo o que nós queremos, né?

Afinal, eles são parte fundamental da nossa família e nossos pets do coração!

“Não existe dia ruim quando você chega em casa e recebe o amor de um cachorro.”

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here