cão com muitos petiscos

O uso do petisco no adestramento é legal, e pode ajudar muito a ensinar coisas ao cãozinho. Mas como tudo na vida, não são apenas flores, existem perigos do uso excessivo. E é claro também existem soluções e uma forma correta de fazer uso desse ótimo recurso sem fazer mal.

Nesse artigo você aprende a usar o petisco no adestramento de forma correta. Aprende a reduzir o uso do petisco e aprende quais podem ser os pontos negativos de usar muito petisco. Entenda como adestrar seu peludo da melhor forma.

Reforço positivo

O que é o uso do petisco no adestramento? Nada mais é do que uma das formas de usar a melhor e mais apropriada técnica de adestramento. O reforço positivo consiste em dar uma recompensa ao cão sempre que ele realizar uma atividade ou comportamento desejado.

Ou seja, o petisco é dado após ele obedecer um comando. Ou em outros casos para ajudar a ensinar a passear junto ao dono e sem puxar. Pode ser usado para ensinar a ficar calmo, para o cão aprender a deixar colocar a coleira. Esse é sem dúvida um recurso muito eficiente.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre as fases da vida dos cães

Perigos do petisco no adestramento

cão obeso

Mas como tudo na vida, o uso desse recurso em excesso pode trazer problemas. Um dos problemas é o cão engordar, e você não quer seu cão obediente, porém obeso e doente. Outro problema que pode surgir é no caso do cão só querer obedecer quando você estiver com um petisco.

Ele pode ficar tão condicionado ao fato de que ganha petisco quando obedece, que se você der um comando sem um petisco por perto ele pode não obedecer, pois sabe que não vai ganhar o seu delicioso lanchinho. Mas fique tranquilo, é possível contornar esses problemas.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como evitar ou lidar com a obesidade canina

Petiscos naturais

cão com petisco

Uma opção é usar petiscos naturais. Por mais que os cães fiquem malucos com aqueles bifinhos industrializados e calóricos. Eles também adoram petiscos naturais, podem ser biscoitos feitos em casa e mais leves.

Podem ser frutas e até vegetais. Um pedacinho de cenoura ou um pedacinho de banana pode ser o suficiente para o cãozinho te dar muito mais atenção do que se você estivesse de mãos vazias.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre como ter cachorro grande em aparamento pequeno

Outras recompensas

cão e dono

Não precisam existir apenas petiscos no adestramento. Claro que no início, quando o cãozinho não conhece o comando e não sabe como tudo funciona, o petisco pode ajudar bastante. Mas você pode fazer uso de outras recompensas que sejam do interesse do cãozinho.

Brinquedos que o peludo goste, ou até novos, liberar ele para outra área antes proibida, dar carinho. Todas essas coisas são vistas como recompensas pelos nossos amados cães. O carinho do tutor é uma das melhores, então não hesite em substituir os petiscos no adestramento por um carinho e um “bom garoto”.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre como socializar cães tímidos com pessoas

Reduza os petiscos

Cão comendo petisco

A melhor dica é aos poucos ir reduzindo os petiscos e ir trocando por outras recompensas. Nada como o seu carinho para o peludo ficar muito feliz. Então quando ele for aprendendo cada comando, comece a alternar petiscos com outras recompensas.

Aos poucos o cãozinho vai passar a entender cada comando e obedecer mais. Pois ele vai entendendo que ganha algo bom em troca da obediência. Não necessariamente precisa ser um petisco. Ganhando carinho, e outras recompensas e não sempre petisco, ele entende que vem algo bom, mesmo não sendo os deliciosos lanchinhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here