Adaptando o cão a animais de outras espécies

U Milena Costa    t 8 de setembro de 2016


Nós somos apaixonados por cães, mas cabem outras espécies no nosso coração, como gatos, pássaros e roedores. E quando a gente já tem um cão adulto em casa e resolve ter outro pet a coisa pode ficar feia.

Surgem todas as dúvidas possíveis. E se eles brigarem? E se meu cão ficar com ciúmes? E se o animalzinho novo ficar com medo? São muitos “Se” e todo tutor quer harmonia e amor em casa entre seus pets. Então vamos então dar dicas de como adaptar seu cão a novos pets de outras espécies.

cão e gato

Diferenças entre as espécies

Se você optou por adotar um gato já tendo um cão em casa ou um roedor, por exemplo, não precisa entrar em pânico achando que seu cão tem um instinto natural de atacar gatos. Embora esse pensamento tenha se difundido, na verdade as espécies só reagem de forma diferente aos mesmos estímulos.

Normalmente cães são mais agitados e gatos mais tranquilos, portanto trazer um gato adulto para casa com um cão adulto pode fazer com que o gato estranhe toda a agitação do cão que vai querer cheirá-lo, brincar e vai demonstrar curiosidade.

cão hamster e pássaros

Se você escolheu um roedor como porquinho da índia ou hamster, tenha em mente que ele pode se adaptar ao cão, mas antes vai precisar se adaptar a você, roedores costumam ser mais desconfiados e precisam ser conquistados pelo dono.

O primeiro contato

É inegável que filhotes se adaptam melhor a novos lugares e outras espécies. Você pode adotar um adulto, mas um filhotinho de gato vai estar muito mais aberto ao convívio com um cão do que um gato adulto que já é mais sério e que já passou por diversas experiências.

cão e gato

No primeiro contato, fique com o novo pet no colo, assim vai poder tirá-lo do alcance de seu cão caso ele não respeite o espaço do outro. Deixe que eles se cheirem, se conheçam e faça carinho no seu cão enquanto eles se conhecem, assim seu cãozinho associa o gato a algo bom.

Aproveite para ler nosso artigo Como socializar um novo cão com outros animais em casa

Se você tiver mais de um cão ou adotar mais de um novo amiguinho, vai precisar apresentar um a um de cada vez e repetir o ar positivo e tranquilo a cada apresentação. Fazer os dois associarem um ao outro a algo positivo vai fazer com que se adaptem mais rápido e sem traumas.

cão e porquinho da índia

É natural o gato resolver fugir no primeiro contato, não o force a ficar lá. Deixe que ele fuja e suba em algo, dê tempo para tentar o contato novamente, enquanto isso o mantenha calmo e demonstre que ele pode confiar em você.

Cada um com seu espaço

Tenha em mente que você é o conciliador e chefe da casa, mas não vai estar lá o tempo todo, portanto é necessário que seu cão tenha o espaço dele, com conforto, brinquedos e água. O mesmo vale para o gato, roedor ou pássaro, na sua ausência, seus filhos de espécies diferentes devem ficar separados.

cão e gato

Assim vão ficar confortáveis e seguros, você tem que entender que enquanto ainda se adaptam um ao outro eles precisam de seu espaço e se você não estiver por perto e algum desentendimento entre os dois acontecer, você não vai ter quem coloque ordem na casa.

Mesmo depois de estarem adaptados é bom manter esse espaço e é sempre indicado que se alimente os dois separados, assim ninguém vai roubar comida de ninguém e não se corre o risco disso resultar em uma briga.

Seu cão pode sentir ciúmes

Na verdade é extremamente comum o cão sentir ciúmes quando o dono leva um novo amiguinho para casa, fique atento aos sinais dele. Ele pode se mostrar mais carente em relação a você, ou agressivo com o novo colega.

cão e porquinhos da índia

Continue mostrando a ele como ele deve agir, parabenizando e recompensando seu cão por boas atitudes. Não brigue com ele, ou o cão vai associar a presença do novo animal a algo negativo. Aos poucos deixe que os dois passem mais tempo juntos sob seu monitoramento.

Confira também nosso artigo Entenda porque recepcionar o dono é tão importante para o cão

Por mais que seja quase impossível não ficar agarradinho no novo animal, tente mostrar que está com os dois. Não mude a sua rotina com seu cãozinho, continue passeando, brincando, levando ele ao parque, assim ele vai se sentir seguro quanto ao novo bichinho, afinal isso não altera a rotina dele.

Quanto tempo vai levar até que se adaptem?

cão e gato

Isso vai variar muito em cada caso, pois tudo acaba influenciando, o primeiro contato, o temperamento dos dois animais, as experiências anteriores que tiveram com outros animais da raça, tudo isso são fatores relevantes na adaptação.

Com o tempo aumente o tempo dos encontros entre os dois, continue mostrando como estarem juntos é algo positivo, dê guloseimas ao seu cão ou brinque com o novo bichinho por perto, com o tempo eles vão passar a se aproximar e até brincar juntos e é grande a possibilidade de que se tornem grandes amigos.


Deixe uma resposta

Artigos Populares

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Grupo dos Hounds

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Cavalier King Charles Spaniel

Grupo dos Esportistas

Cavalier King Charles Spaniel

Os cachorros mais bonitos do mundo

Curiosidades

Os cachorros mais bonitos do mundo

Como Construir uma Casa de Cachorro Ideal

Cuidados

Como Construir uma Casa de Cachorro Ideal

Cocker Spaniel Inglês

Grupo dos Esportistas

Cocker Spaniel Inglês

Últimos Artigos

Cães e gatos são mesmo inimigos?

Curiosidades

Cães e gatos são mesmo inimigos?

Entenda porque dividir sua comida com o cão é uma péssima ideia

Alimentação

Entenda porque dividir sua comida com o cão é uma péssima ideia

Entenda porque cafeína é veneno para cães

Alimentação

Entenda porque cafeína é veneno para cães

Entenda porque não se deve manter cães acorrentados

Cuidados

Entenda porque não se deve manter cães acorrentados

Saiba como preparar a casa para a chegada de um cão

Dicas

Saiba como preparar a casa para a chegada de um cão

Anuncie Grátis! »