Se você está pensando em ter um Shih-Tzu filhote, está no lugar certo! Veja todos os cuidados que devemos ter ao longo deste artigo especial que preparamos para você.

Sabemos que os cães da raça Shih-Tzu são meigos, encantadores, amigáveis e possuem uma linda pelagem. Por isso, são os queridinhos dos lares brasileiros! Este cachorro é bastante sociável, podendo ser criado tanto com outros animais quanto com crianças, pois além de tudo são brincalhões e uma ótima companhia para todas as idades.

O Shih-Tzu também é uma ótima opção para quem mora em apartamento, já que ele é um cão de porte pequeno e não necessita de muito espaço para se exercitar como outras raças.

Com certeza, os filhotinhos são apaixonantes, porém existem alguns cuidados que os tutores devem tomar para que o Shih-Tzu cresça feliz e saudável. Veja a seguir!

Shih-Tzu filhote: Veja todos os cuidados que devemos ter
Filhote de Shih Tzu da cor marrom em uma cesta branca. Ao fundo, folhas verdes. Crédito da foto: Freepik

Veja todos os cuidados que devemos ter com Shih-Tzu filhote:

O Shih-Tzu filhote demanda alguns cuidados especiais devido a alguns fatores, como: sua pelagem fina e longa, seu tamanho reduzido, necessidades nutricionais especiais, os olhinhos levemente esbugalhados e a pouca resistência ao calor.

Além disso, assim como todos os outros cães, ele precisa ser vacinado, vermifugado, receber remédio contra pulgas e carrapatos, bem como fazer visitas periódicas ao veterinário para saber se está tudo bem.

Shih-Tzu filhote: Ambiente

Como o Shih-Tzu filhote são bem pequenininhos e delicados, além de serem frágeis e inocentes, não é aconselhável deixá-lo solto em quintais, chácaras, sítios e locais com piscina.

O ideal é criá-los em casas menores ou em apartamentos, sempre com uma supervisão já que, como todo filhote, são bem serelepes e curiosos.

Shih-Tzu filhote: Olhos

Em relação aos olhos, que são mais saltados em alguns, bem como o porte pequeno que já mencionamos, também não é aconselhável que ele fique com crianças muito pequenas e sem a supervisão de um adulto, uma vez que elas podem machucar o filhote mesmo sem querer.

Cuidado extra para os olhinhos que são mais expostos! É importante também ter em mente que cães não são brinquedos, nem os filhotinhos, por isso toda interação deve ser vigiada por um adulto.

Shih-Tzu filhote: Alimentação

A alimentação também deve receber cuidado especial. Existem rações feitas especialmente para filhotes, pois são menores e possuem as vitaminas e nutrientes ideais para essa fase em específico.

Por isso, consulte seu veterinário ou algum especialista, pesquise antes qual é a melhor ração para o seu animal na fase em que ele está. Ele necessita de uma ração específica para as características dele, para crescer saudável e forte.

Não dê ração em excesso para que ele não fique acima do peso, crie uma rotina alimentar e respeite os horários. Também é importante que, desde pequeno, ele não seja acostumado a comer comidas de humanos ou outras “porcariadas”. Não dê bolachas, doces, frituras e outros alimentos que possam causar prejuízos a sua saúde e ainda deixar ele mal acostumado.

Shih-Tzu filhote: Pelagem

A pelagem desses cães é uma das características mais marcantes e apreciadas da raça. Por isso mesmo é que precisa de atenção especial!

Escove seu pet regularmente (de preferência, diariamente) para eliminar nós, possíveis sujeiras e pelos mortos. Também ativa a circulação sanguínea e deixa a pelagem mais bonita.

Shih-Tzu filhote: Banho

Dar banho também é importante, mas deve ser feito com cuidado e produtos desenvolvidos especificamente para filhotes. Existem também alguns tipos que separam por cor, raça ou pelagem (pelos curtos ou longos).

Passe um shampoo e após um condicionador para manter a pelagem sempre macia e brilhante. Você pode dar banho em casa no começo e depois levá-lo em petshops. Porém, lembre-se: só depois de dar todas as vacinas e que o veterinário liberar! Até lá, pode usar lenços umedecidos e shampoo a seco.

As tosas também se fazem necessárias para esta raça, já que ela possui a pelagem mais longa. Principalmente na região dos olhos, nariz, boca, patas e da região genital, para que não atrapalhe ele.

Essa raça não deve ser totalmente tosada para que não elimine a camada inferior de pelos, que é responsável pelo equilíbrio e regulação da temperatura. Leve seu pet em um lugar de confiança e com boas avaliações. Você também pode utilizar presilhas, fivelas e elásticos para prender a franjinha do rosto dele (só cuidado para não puxar muito e machucar!).

Shih-Tzu filhote: Veja todos os cuidados que devemos ter
Filhote de Shih Tzu branco e marrom, sentado em frente a uma parede branca. Crédito da foto: Freepik

Shih-Tzu filhote: Características físicas

O Shih-Tzu filhote possui focinho achatado, o que faz com que entre para os grupos dos braquicefálicos.

Esse grupo possui algumas particularidades no trato respiratório que exigem certos cuidados devido a maior dificuldade em controlar a temperatura corporal.

Fazem parte deste grupo: Pug, Buldogue Inglês, Buldogue Francês, Boston Terrier, Pequinês, Boxer, Dogue de Bordeaux, Shih Tzu, Boston Terrier e Boxer.

Por isso, simples gestos podem ajudar muito, como evitar passeios longos em dias mais quentes, evitar exercícios físicos muito intensos, oferecer água fresca sempre, até mesmo uma piscininha para cachorro e até um tapete gelado.

Ah! Evite ao máximo viajar com ele para longas distâncias, principalmente nas caixinhas, pois eles têm dificuldades em viagens, principalmente se for dentro de aviões. Levar um cachorro de focinho achatado pode ser perigoso, levando até a morte em alguns casos pela dificuldade para respirar.

Por fim, os cães braquicefálicos também tem propensão para doenças oculares. Os grandes olhos devem receber cuidados especiais com limpezas e consultas periódicas ao veterinário desde filhotes.

Mas saiba que, acima de tudo, o Shih-Tzu filhote é, em todas as suas fases, um ótimo animal de estimação, muito adorável e leal!

Shih-Tzu filhote: Veja todos os cuidados que devemos ter
Filhote de Shih-Tzu branco e marrom em cima de uma escada de madeira. Fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Resumindo: uma bolinha de pelos muito amorosa! Lembrando que este pet pode ser comprado ou adotado em lugares confiáveis, após o desmame, com mais ou menos dois meses.

Solicite a documentação do criador, realize visitas, cheque bem a procedência do lugar. Fique de olho em canis sem infraestrutura adequada, sem documentação ou suspeitos. Veja se os cães são bem cuidados e se o seu cãozinho é saudável. Canis clandestinos infelizmente ainda são comuns, mas caso esteja desconfiando, denuncie!

Assim que você encontrar um canil adequado, escolhe seu amiguinho e leve ao veterinário, coloque a vacinação e os remédios em dia, veja com ele a ração mais adequada e não se esqueça de dar muito amor e carinho para ele!

É normal que ele chore nos primeiros dias, principalmente de madrugada, afinal ele foi separado da mãe e dos irmãos e está se adaptando ao ambiente, que ainda pode parecer estranho para ele. Por isso, tenha paciência e dê colo e carinho ao seu amigo! Mostre que ele está seguro e que este é um ambiente de muito amor.

Não se esqueça de sociabilizar ele com a família e com outros animais caso os tenha. A sociabilização e integração é muito importante e deve ser feito desde que o cão é filhote, para que ele cresça sociável e mais tolerante.

Um enxovalzinho também é legal! Você pode comprar uma caminha, potinho para ração e para água, tapetinhos higiênicos para que ele faça as necessidades ali, alimentos, medicamentos, petiscos e muitos brinquedos, como pelúcias, bolinhas e outros para que seu Shih-Tzu filhote cresça muito amado e feliz!

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here