Quem tem um cão em casa deve saber que ele pode ter doenças típicas de nós humanos e a Síndrome Vestibular é uma delas. O sistema vestibular é formado por alguns ossos localizados no ouvido interno e que são responsáveis pelo equilíbrio, não apenas dos cães, mas do nosso também. Qualquer disfunção nesse aparelho pode causar perda de equilíbrio e tontura.

Quais os sinais e sintomas da Síndrome Vestibular

Saiba mais sobre a Síndrome Vestibular em cães

Para todo ponto negativo há um positivo e neste caso, os sinais e sintomas são bem claros quanto a patologia, o que pode ser identificado e tratado logo que acontecer. O cachorro começa a andar se rumo, muitas vezes caminhando em círculos, a cabeça fica inclinada para o lado direito ou esquerdo, o cão começa a cair e a rolar no chão sem nenhum motivo, ocorre ataxia, na qual os membros começam a perder a coordenação motora, o globo ocular começa a oscilar involuntariamente e pode, também, ser acompanhada de surdez.

Tratamento da Síndrome Vestibular

Saiba mais sobre a Síndrome Vestibular em cães

Algumas raças podem ter predisposição para adquirir a doença como o Dobermann, Cocker Spaniel, Beagle entre outros. A doença pode ser congênita, ou seja, o pet já pode nascer com uma má formação do sistema vestibular ou então pode adquirir alguma inflamação a qualquer momento. O diagnóstico diferencial é realizado por veterinário que deve descartar outras doenças com sintomas parecidos.

Assim que iniciado, o tratamento com a medicação correta já pode surtir logo nas primeiras 72 horas de tratamento. Este pode durar semanas e até meses até que o seu cão fique completamente curado e não haja o risco de reincidência. O tratamento de fisioterapia para ajudar na coordenação dos membros e acupuntura promovem bons resultados.

Saiba mais sobre a Síndrome Vestibular em cães

Faça visitas frequentes ao veterinário enquanto o seu cachorro estiver em tratamento. É preciso ter acompanhamento sempre, pois, corre-se o risco do cão ficar com algumas sequelas como a inclinação da cabeça e até mesmo surdez. Portanto, assim que perceber esses sintomas no seu cão vá imediatamente ao veterinário e inicie o tratamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here