Saiba como acostumar seu cão ao manuseio

Quando filhotes os cães estão muito mais abertos e receptivos a aprender e a se acostumar com certos comportamentos dos humanos, além de ser um bom momento para adestrar o cãozinho também é uma ótima época para acostumá-lo a todas as situações que ele vai precisar passar quando mais velho.

Foto: Freepik

Porque meu cão vai precisar se acostumar a algo?

Cães normalmente não gostam que os humanos os abracem, toquem suas patas, mexam na sua boca e orelhas e tudo isso é necessário, pois será preciso realizar todas essas atividades para dar banho, limpar patas, orelhas, escovar os dentes e dar remédios.

Por isso acostumar o cão desde filhote pode ser uma ótima ideia para deixar todos esses procedimentos mais tranquilos no futuro, quando o cãozinho estiver mais velho e você precisar limpá-lo e manuseá-lo.

natal
Foto: Freepik

Como posso acostumar meu filhote ao manuseio?

Os filhotes são mais receptivos, portanto basta simular as atividades que você irá precisar realizar, desde novinho escovar os dentes é uma necessidade. Escove os dentes dele com bastante frequência e o acostume a ter você mexendo na boca dele.

Limpe as patas e orelhas mesmo ainda novo quando o cão não está passeando, com o tempo ele vai achar tudo isso normal e não vai reclamar. Aproveite para fazer seu cãozinho conhecer pessoas e barulhos, assim ele não vai crescer um cão medroso que se assusta facilmente.

grama
Foto: Freepik

Meu cão já é adulto, o que fazer?

É inegável que quando o cão é filhote ensiná-lo e acostumá-lo a certas situações é algo muito mais fácil, mas um cão adulto não é um caso perdido. Você certamente vai perder algumas escovas, ter que correr atrás dele e até precisar da ajuda de alguém para limpar as orelhas e patas.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como acostumar o cão ao passeio

Mas tudo isso vai valer a pena, pois cães adultos ao contrário do que muitos pensam, não são casos perdidos, você vai precisar de mais persistência e de alguns petiscos, fazer o cãozinho associar todas as situações a algo positivo vai ajudar a deixar o processo mais rápido.

natal
Foto: Freepik

Quem tem um cão em casa deve saber que ele pode ter doenças típicas de nós humanos e a Síndrome Vestibular é uma delas. O sistema vestibular é formado por alguns ossos localizados no ouvido interno e que são responsáveis pelo equilíbrio, não apenas dos cães, mas do nosso também. Qualquer disfunção nesse aparelho pode causar perda de equilíbrio e tontura. Quais os sinais e sintomas Para todo ponto negativo há um positivo e neste caso, os sinais e sintomas são bem claros quanto a patologia, o que pode ser identificado e tratado logo que acontecer. O cachorro começa a andar se rumo, muitas vezes caminhando em círculos, a cabeça fica inclinada para o lado direito ou esquerdo, o cão começa a cair e a rolar no chão sem nenhum motivo, ocorre ataxia, na qual os membros começam a perder a coordenação motora, o globo ocular começa a oscilar involuntariamente e pode, também, ser acompanhada de surdez. Tratamento Algumas raças podem ter predisposição para adquirir a doença como o Dobermann, Cocker Spaniel, Beagle entre outros. A doença pode ser congênita, ou seja, o pet já pode nascer com uma má formação do sistema vestibular ou então pode adquirir alguma inflamação a qualquer momento. O diagnóstico diferencial é realizado por veterinário que deve descartar outras doenças com sintomas parecidos. Assim que iniciado, o tratamento com a medicação correta já pode surtir logo nas primeiras 72 horas de tratamento. Este pode durar semanas e até meses até que o seu cão fique completamente curado e não haja o risco de reincidência. O tratamento de fisioterapia para ajudar na coordenação dos membros e acupuntura promovem bons resultados. Faça visitas frequentes ao veterinário enquanto o seu cachorro estiver em tratamento. É preciso ter acompanhamento sempre, pois, corre-se o risco do cão ficar com algumas sequelas como a inclinação da cabeça e até mesmo surdez. Portanto, assim que perceber esses sintomas no seu cão vá imediatamente ao veterinário e inicie o tratamento.

Para acostumar cães mais velhos a essas situações você vai precisar fazer o mesmo que com filhotes, realizando essas atividades com maior frequência do que o necessário até que ele pare de associar as atividades a invasão do espaço pessoal dele e comece a associar a um momento positivo entre ele e o seu tutor.

Aproveite também para conferir nosso artigo sobre como otimizar o passeio do seu cão

Os cães aprendem rápido quando filhotes com até 3 meses, mas isso não quer dizer que não possam aprender depois disso. Para ensinar qualquer coisa ao seu cão adulto ou acostumá-lo a alguma situação você vai precisar ser mais persistente e paciente que ele.

O que não devo fazer?

grama
Foto: Freepik

Brigar nunca é a solução, cães não reagem bem a broncas, isso porque muitas vezes não associam o que fizeram de errado a bronca e sim a acabam associando a situação que você quer acostumá-lo a bronca. Portanto nessas situações o melhor é mesmo não brigar e sim fazê-lo se sentir confiante e alegre com a situação.

Separei mais esses conteúdos para você:

Guia de Adestramento Para Cães

Seu cão faz xixi no lugar errado, destróis o seu sofá e não te obedece? Conheça o Guia de Adestramento para cães. Informe seu nome e e-mail.

envelope
envelope

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here