Muita gente não liga muito para o cuidado de ter uma placa de identificação. Acontece que é muito importante ter esse cuidado com seu cão. Para que você possa ajudar quem o encontre a te encontrar com mais facilidade e conseguir que seu peludo volte para casa.

Muitas vezes a pessoa que encontra um cão perdido tem boa intenção de encontrar o tutor. Mas sem dados para entrar em contato fica mais complicado. É ótimo ter o chip, mas o primeiro passo que qualquer um vai dar é olhar se o peludo tem coleira e plaquinha.

O que deve ter na placa

Placa de identificação

No mínimo o seu nome e telefone. E se o seu cão se perdeu ou fugiu de casa, coloque crédito no seu celular se esse for seu único número para contato. E atenda qualquer ligação, mesmo as a cobrar.

A pessoa que achou seu peludo pode não ter grandes condições, mas o bom coração para devolver o peludo e tente ligar a cobrar para entrar em contato. Além do seu nome e contato a placa de identificação também pode ter seu endereço.

Para muitas plaquinhas fica apertado escrever tudo. Então você pode colocar um QR Code na placa. Hoje isso já é possível e vai facilitar que a pessoa tenha mais informações. Coloque o seu nome e telefone junto com o QR Code e o nome do cão atrás.

Se o peludo tiver alguma condição especial como convulsões ou ser diabético, especifique na plaquinha. Isso vai fazer a pessoa tentar entrar em contato com você ainda mais rápido.

Confira nosso artigo sobre cuidados básicos com o cão para quem nunca teve um

Tente colocar no QR Code todas as informações possíveis e necessárias como seu endereço. Cuidados especiais com o cãozinho e um pedido que a pessoa o devolva rapidamente.

Quando usar a placa

Placa de identificação

O tempo todo! Muitos cães vão parar na rua sem que o dono tenha saído com ele. Nem sempre o peludo foge ou se perde em um passeio. Muita gente fica surpresa, mas cães conseguem pular muros da casa, sair pela janela, podem aprender a abrir uma porta que não tenha sido trancada.

Além de tudo isso ainda pode acontecer de alguém deixar a porta aberta sem querer. E as motivações para o peludo sair de casa são muitas. Ele pode se empolgar ao ver outro animal. Vontade de passear, correr atrás de um carro. Ou simplesmente por causa de um cheiro que ele sentiu.

Por isso é muito importante usar uma coleira adequada para o peludo. A coleira deve estar bem presa e tenha a placa de identificação o tempo todo. Assim você assegura que o peludo nunca será encontrado sem os dados dele.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre 4 dicas para o passeio ficar mais interessante

Cartão de aviso com você

Piso certo

Se você mora sozinho é bom andar com um cartão escrito que você tem um cão sozinho em casa. Nele deve ter o contato de alguma pessoa da sua confiança. Um amigo ou familiar que tenha a chave de sua casa. Assim se algo te acontecer essa pessoa será avisada e o seu cãozinho não vai ficar sozinho, com fome e sede.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here