Piso certo

Nem todo mundo sabe, mas ter o piso certo para cães é algo muito importante. O piso influencia sim na saúde do cãozinho e é bem importante que o cachorro consiga se locomover na casa sem derrapar ou correr o risco de se machucar.

Além de tudo isso ter um piso bonito é importante para muita gente. E não dá para fingir que as unhas dos nossos amados peludos não arranham o piso da casa. Então continue lendo esse artigo para descobrir o que você deve levar em consideração para escolher o piso certo.

Piso antiderrapante

Piso certo

O mais ideal é optar por um piso antiderrapante. Seja qual for o piso que mais te agrade, se você tem ou pretende ter cão, então o ideal é que o cãozinho não derrape e escorregue no piso da casa.

Então se você pretende ter um cão dentro de casa, é ideal que o piso seja antiderrapante. Você pode até mesmo colocar um piso vinílico antiderrapante na casa e retirar depois, caso se mude ou a casa seja alugada. Então esse é o ponto mais importante para levar em consideração.

Cão no quintal

Piso certo

Se você tem um quintal espaçoso e não pode mexer no piso da casa ou prefere não mudar. Então sim, o cão pode ficar no quintal desde que esse também seja adequado para ele. Que não deslize e até mesmo que seja de alta absorção.

Grama natural pode ser a melhor escolha. Tente manter a grama bem cortada e o local limpo, levando em consideração que parasitas podem se espalhar no local. Também é importante ter uma casinha quentinha e arejada, além de bem confortável para manter o cão seguro e confortável na hora de dormir.

E também é importante que pelo menos parte do local seja coberto e não permita que água da chuva entre. Assim o cãozinho pode ficar em um local seguro do frio e chuva durante o inverno.

Cães obesos ou grandes

Piso certo

Cães grandes tem a tendência para desenvolver problemas nos ossos. Embora cães pequenos que costumam pular de camas e sofás também possam desenvolver esses problemas. Os cães muito obesos também podem desenvolver esses problemas devido ao peso excessivo.

O indicado é além de ter o piso adequado, evitar que o seu peludo não esteja saudável. Leve seu cão para se exercitar, gaste a energia dele, cuide para o cão estar no peso adequado e tenha mais chances de evitar esses problemas.

Aproveite para ler nosso artigo sobre raças que vivem mais tempo

Displasia coxofemoral

Piso certo

Os problemas no joelho e a displasia coxofemoral são os maiores problemas dos cães ligados ao piso. Esses peludos com esses problemas sentem muitas dores nos ossos e tudo piora se eles estiverem em um local onde escorregam muito e venham a piorar o quadro de saúde deles.

Piso sem brilho

As unhas dos peludos pode sim arranhar o piso, se você gosta de um piso bonito e quer o cãozinho dentro de casa é bom optar por um piso sem brilho. Assim o cãozinho vai acabar deixando um arranhão ou outro, mas nem vai dar para ver.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como escolher a caminha de cachorro ideal

Acabamento de capa de pvc

Piso certo

Outra boa dica para a beleza da sua casa e ainda assim deixar seu melhor amigo se divertir pela casa no piso certo é escolher pisos com acabamento de capa de pvc. São bem mais resistentes as unhas dos peludos e podem ter bem menos arranhados que outros tipos de piso.

No mercado existem outros pisos igualmente resistentes. Basta escolher o que você acha que cabe melhor no seu orçamento e na sua expectativa. Além disso cuide das unhas do seu pet, cortando e lixando adequadamente. Além de saudável para eles ainda evita danos ao seu piso.

Consulte o veterinário

cão com veterinário

O mais importante é ter para o seu peludo um bom acompanhamento veterinário. Saber como está a saúde dele, fazer um check up anual e principalmente um raio x se ele for de uma raça com pré-disposição a esses problemas.

Ou se você notar qualquer mudança, mesmo que mínima, no comportamento ou demonstração de dor. Procure o veterinário. Descobrir problemas logo no início é a melhor forma de lidar com essas situações.

É bom lembrar também que ter o piso certo, antiderrapante e mais adequado para o cãozinho, não garante que esses problemas não vão surgir. Afinal tudo pode acontecer, e não há como prever quando o cão ainda é mais novo. Mas se isso acontecer, ter esse piso certo vai assegurar que o quadro dele não se agrave.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre displasia coxofemoral

Se informe

cão com seu dono

A dica mais importante é que se você não tem cão ainda, então se informe. Descubra não apenas sobre o piso, mas sobre como a casa deve ser adaptada para manter a segurança e saúde do peludo.

Ter cão não é só levar para casa. É importante estar atento a todos os detalhes, e estar disposto a se empenhar para adequar a sua vida ao cão. Afinal eles se apegam e precisam de um tutor que preze pelo bem-estar e felicidade deles.

E que esteja disposto a fazer o melhor para o cão, afinal foi escolha sua adquirir o peludo e é sua responsabilidade proporcionar a ele uma vida saudável, confortável e com muito amor e sem situações que causem dor emocional, como a quebra de um vínculo afetivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here