Quem tem um cachorro já sabe há muito tempo que os cães entendem quando falamos com eles comandos básicos. Por exemplo, quando não queremos que ele faça algo, a palavra “não” é rapidamente entendida e o cachorro para a ação que estava prestes a fazer. A questão é que antes não existia uma estudo que comprovasse esse fato, mas isso mudou.

Confira também: As raças de cachorro mais caras do mundo.

Sobre o estudo

Os cães entendem a nossa fala

Essa pesquisa foi realizada na escola de Psicologia da Universidade de Sussex na Inglaterra por Victoria Ratcliffe e o Dr. David Reby. Foram no total mais de 250 cães e os pesquisadores descobriram que os cachorros entendem a linguagem dos seres humanos de maneira muito parecida com a nossa. Nós, entendemos as palavras pelo lado esquerdo do cérebro, mas a entonação e o tipo de voz, se é feminina, masculina ou familiar, fica a cargo do lado direito.

O teste foi feito da seguinte maneira: os cientistas reproduziram uma série de sons com diferentes entonações, falando frases com e sem sentido. Fones de ouvidos foram colocados nos cães para que eles recebem os sons dos dois lados ao mesmo tempo. Os pesquisadores ficaram atentos observando para qual lado, se direito ou esquerdo, os cães viravam a cabeça no momento que ouviam o som.

Os cães entendem a nossa fala

Assim, eles puderam notar que quando os cães ouviam sons com vozes familiares, a parte direita do cérebro ficava muito ativada. A entonação e a emoção contida nas vozes é facilmente assimilada pelos cães e o cérebro tende a dar maior importância para essa característica.

Conclusão

A primeira coisa que a pesquisa pôde concluir é que o cérebro dos cães consegue processar a informação da fala muito semelhante a nossa. Cada hemisfério do cérebro tem um trabalho, um para identificar as palavras e outro para a emoção contidas nelas. Outra constatação é que os cães conseguem sim entender o que nós falamos, não tudo é claro, mas ao menos os comandos básicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here