Assim como nos humanos, também existe gastrite em cães. Eles precisam de cuidados tanto para tratar esse problema, quanto para evita-lo. É muito importante que o tutor tome todos os cuidados para evitar esse problema, pois pode causar um problema muito maior a saúde do seu cão.

Nesse artigo você aprende sobre como evitar e como tratar a gastrite em cães. Aprenda mais sobre essa doença, mas não se engane achando que isso é frescura. É muito importante cuidar da melhor forma possível do seu cãozinho.

O que é gastrite em cães

sarnas em cães

Esse é um problema mais comum do que se imagina. A gastrite em cães assim como em humanos é uma inflamação na mucosa que reveste o estômago. Essa doença também aparece em humanos e quem tem pode confirmar que causa muita dor e incomodo. Por isso é ideal que você previna o máximo que puder essa doença no seu peludo.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como falar com cães

Causas

São várias as causas da gastrite em cães e vamos listar aqui as mais comuns.

  • Ingestão de lixo ou comidas estragadas
  • Ingestão de plantas tóxicas
  • Alergias
  • Medicamentos
  • Câncer de estômago
  • Doenças inflamatórias
  • Vírus, bactérias e parasitas
  • Estresse

gastrite em cães

Sim, os humanos podem ter gastrite nervosa e os cães também. Situações como mudanças repentinas de rotina, não ver mais um companheiro próximo considerado da matilha (seja cão ou humano). Tédio e até a chegada de um novo integrante na família podem causar gastrite em cães.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre cuidados com a castração dos cães

Sintomas

Os principais sintomas são dores e incomodo. Vômitos também acontecem seja com ou sem sangue. Então fique bem atento ao seu cão, se ele apresenta sinais de dor ao ser tocado no estômago –região onde os cães adoram um carinho- isso pode ser um sinal claro de gastrite.

Economizar para cuidados

Se o seu peludo demonstrar dor seja aliado ou não a vômitos, é hora de correr para o veterinário. Não espere muito tempo, o cãozinho está sofrendo e precisa de ajuda urgente. Fraqueza, apatia e diarreia também são sinais de gastrite em cães.

Tratamento

O tratamento pode ser feito com uma ração especial, ou seja, mudando a dieta do cão. Terapia e medicamentos também podem ser usados no tratamento. Nada de tomar decisões sozinho, é muito importante levar seu cão a um veterinário responsável.

Apenas um profissional poderá cuidar do seu cãozinho e receitar o melhor tratamento para o caso específico de cada cãozinho.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre como escolher os brinquedos para deixar com o cão sozinho

Como agir

gastrite em cães

É muito bom que os tutores tentem evitar a gastrite em cães não os deixando ingerir plantas, sem saber se é tóxica ou não para cães. E não deixando o peludo ingerir alimentos que não sejam para ele e não deixando o cão mexer no lixo ou comer coisas que achar na rua.

Ofereça ao cão uma alimentação equilibrada e uma rotina saudável e cheia de atividades e socialização para evitar o estresse. Ir ao veterinário com a frequência certa e fazer os check ups anuais também pode evitar que o problema fique maior se descoberto no início.

Caso seu cãozinho já tenha gastrite então resta seguir todas as recomendações do veterinário. Cuidar corretamente da alimentação como o profissional recomendar e proporcionar uma vida tranquila e confortável ao peludo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here