A dermatite canina é uma doença bastante comum de ser encontrada em animais de estimação e também pode estar presente em seres humanos. A quantidade é tão grande, que estima-se que 70% dos cães tenham apresentado a dermatite em algum momento entre um e três anos de vida. Os cães possuem maior quantidade de agentes agressores, que provocam as alergias do que nós humanos. A dermatite canina é uma doença que acomete a pele e provoca coceira constante.

Dermatite Alérgica Canina

Fator desencadeante

A alergia é uma forma que o organismo encontra de responder aos agentes agressores, que são substâncias chamadas de alérgenos. A substância pode parecer completamente inofensiva como um sabonete, um perfume ou algo do gênero, mesmo que sejam próprios para cachorros. É o mesmo que acontece conosco: algumas vezes temos alergia de alguma substância como um creme hidratante, um xampu e até mesmo comida.

Dermatite Alérgica Canina

Além desses, outros fatores como os emocionais, hipertiroidismo e hiperadrenocorticismo (que são doenças do sistema endócrino) e até predisposição genética podem causar a tal dermatite. Existem algumas raças que costumam apresentar essa patologia com certa frequência como Lhasa Apso, Poodle, Shih Tzu e outras que possuem grandes quantidades de pelo.

Dermatite Alérgica Canina

Em épocas de calor intenso, como no verão, essas raças costumam apresentar a doença por conta da umidade que fica aprisionada na pele. A vastidão e grande quantidade de pelos impede a evaporação eficaz do suor e cria um ambiente úmido e propício para a proliferação de fungos e bactérias na pele. Eles são os responsáveis pela coceira excessiva que o cão apresenta e que pode ser confundido com pulgas. Uma estratégia para acabar com esse problema é cortar o pelo do animal e escová-lo sempre para que o pelo não faça nós e junte ainda mais umidade.

Sinais e sintomas da Dermatite Canina

Além da coceira excessiva, também é possível observar o cão se lambendo constantemente. Tanto a coceira como a lambida são maneiras muito fáceis de espalhar a dermatite que está concentrada apenas em uma única região para outras partes do corpo, principalmente locais mais escondidos como entre os dedos das patas, ouvido e axilas. Dois sinais característicos que podem ser observados em cães com dermatite são pequenos pontinhos vermelhos espalhados pelo corpo e perda de pelo na região da alergia.

Dermatite Alérgica Canina

Tratamento da Dermatite Canina

Antes de comprar mil remédios e outras substâncias, fique investigando cuidadosamente o que pode estar causando essa alergia. Por exemplo, tente se lembrar se a alergia começou logo quando você trocou a ração do seu animal. Então basta trocar a ração novamente antes de aplicar a medicação adequada. Se não teve como descobrir o jeito vai ser realizar o tratamento dos sintomas até a verdadeira causa aparecer. Mas se você for a um bom veterinário, é provável que ele dê a sugestão de um exame de sangue para identificar a qual substância o seu cão tem alergia.

Dermatite Alérgica Canina

Depois de tudo isso, é só ser cuidadoso para que o cão não entre novamente em contato com o alérgeno, dar os medicamentos na hora correta e usar xampus próprios para a dermatite. Existem vários deles no mercado e não são caros. Custam em torno de R$ 30 a 40.

4 COMENTÁRIOS

  1. Minha cachorro tem os dedos dos pés já levei em dois veterinário e nada já não sei o que fazer ele tem 9anos gostaria de enviar fotos para esse que veja o que está acontecendo

  2. Boa tarde, minha cachorrinha está com uns ferimentos nas patas, deixando-as enxadas. E estes ferimentos formam uma crosta.. Ta se espalhando. Ela está magra.
    O que poderia ser?

    • A minha cachorrinha está com o mesmo sintoma, ja fui em varios veterinarios e nada, se souber de alguma solução me avisa por favor

  3. MEU CACHORRO ESTA COM COCEIRA, PERDENDO OS PELOS E ENPOLADO, JÁ DEI BANHO COM SABONETE TIURAM, SABONETE DE ENXOFRE, JÁ DEI ANTIBIOTICOS E ELE NAO MELHORA. O QUE DEVO FAZER?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here