Conheças as sarnas em cães e saiba como agir

Nesse artigo você aprende sobre as sarnas em cães. Entenda mais sobre o assunto, qual é considerada zoonose e saiba como agir se desconfiar dessa doença no seu cão. Entenda que nem tudo é sarna e que existem diferenças entre as sarnas em cães.

Aprenda sobre como agir nessa situação. Mas saiba também o que você pode fazer para evitar que seu cão pegue sarna. Isso é muito importante, pois é uma doença perigosa. E dependendo do tipo pode passar para humanos.

Tipos de sarnas

Conheça agora os tipos de sarnas em cães e entenda como cada uma delas funciona. Saiba que é impossível diagnosticar apenas olhando. Aprenda mais para assim ajudar melhor o seu peludo.

  • Sarna Sarcóptica

Esse tipo de sarna é causada por um ácaro chamado Sorcoptes Scabiei, de onde vem o nome da sarna. A doença causa feridas no cão e é muito doloroso, sendo seu contágio feito por contato direto.

A recuperação dessa sarna é longa. Para piorar a situação essa é uma zoonose, ou seja, humanos podem ser contagiados por ela. O parasita cava túneis na pele causando muita coceira e até dor.

É possível pegar essa sarna até mesmo de cães sem sinais de sarna. Infelizmente é altamente contagiosa e todos que tem contato com o cão ou onde ele fica podem pegar rapidamente.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como cuidar de cães com resfriado

  • Sarna Demodécica

Demodex Canis é o parasita responsável por esse tipo de sarna em cães. Esse é um ácaro que vive na derme e epiderme do cão, ou seja, camadas da pele. Ou seja, é natural que esse microorganismo viva nos cães.

O problema é quando ele começa a se reproduzir de forma descontrolada. Desordens hormonais e genéticas são fatores que aumentam o crescimento desse organismo. Eles se espalham ainda mais quando o cão coça a pele e abre mais as feridas.

A única boa notícia é que esse tipo de sarna não afeta os humanos. Mas é bem sofrido para os cães, sendo que filhotes com até 6 meses são os mais afetados. Essa sarna cria calombos e feridas, além da queda de pelo.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre sinais de doenças que os cães apresentam

Sintomas

As pessoas associam muito as sarnas em cães a coceira. E é só ver o cão se coçando um pouco mais que podem achar que é sarna.  Abaixo confira alguns dos sintomas das sarnas em cães:

  • Vermelhidão
  • Perda de apetite
  • Coceira
  • Lesões
  • Mau cheiro
  • Ressecamento na pele
  • Perda de peso muito rápida

Como agir

Nada de medicar em casa, o diagnóstico só pode ser feito por um veterinário responsável. Então leve se cão ao seu veterinário de confiança e apresente todos os sintomas. Ele irá fazer exames, diagnosticar e então prescrever o tratamento adequado para o seu peludo.

É de extrema importância que você siga o tratamento até o fim exatamente como o veterinário recomendou. No caso da sarna Sarcóptica ou Escabiose, também será necessário limpar muito bem o ambiente e de preferência jogar fora tudo que o cão usou que possa ser substituído.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre tudo a respeito de câncer de pele em câncer

Como a sarna Demodécica não é uma zoonose e não se contagia pelo ambiente, nesse caso esse cuidado não será necessário. Só quem pode identificar os tipos de sarnas em cães e indicar qual afetou o peludo, é o veterinário.

Como evitar

Para evitar sarnas em cães é importante ir regularmente ao veterinário. Alimentação balanceada e manter o calendário de medicamentos em dia também é importante. Outra coisa que ajuda é cuidar bem do seu cão e do ambiente que ele vive.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre qual a idade certa para castrar seu cão

Mantenha sempre tudo bem higienizado e tente mantê-lo bem limpinho na volta dos passeios. Também evite muito contato com cães que não estejam aparentando boa saúde. É questão de prevenir que seu cão adoeça.

Separei mais esses conteúdos para você:

Guia de Adestramento Para Cães

Seu cão faz xixi no lugar errado, destróis o seu sofá e não te obedece? Conheça o Guia de Adestramento para cães. Informe seu nome e e-mail.

envelope
envelope

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here