Confira 10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow.

É impossível não se encantar pela beleza do Chow Chow. Afinal de contas, além de fofo, esse cão é conhecido por sua língua azul e por ser bem educado, elegante e calmo.

Ele também costuma ser leal ao tutor, além de super protetor e independente, sendo um ótimo cão de guarda.

O cão dessa raça possui porte médio, pelagem espessa, é robusto e tem musculatura forte. É muito esperto e, se treinado, apesar de um pouco teimoso, tende a desenvolver diferentes tarefas, assim como seus antepassados.

Quer conhecer mais sobre esse incrível cão? Então continue a leitura para descobrir 10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow!

10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow
Dois cães da raça Chow Chow, um ao lado do outro, em fundo branco. Crédito da foto: Freepik

10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow

Comprar um Chow Chow – 1) Preço

Se encantou pela raça e quer saber quanto custa um exemplar? De acordo com os principais sites de venda do país, o preço médio de um filhote da raça pode variar entre R$ 1.000 e R$ 3.000, dependendo do pedigree.

Tenha em mente que, antes de decidir comprar um cachorro, existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs à procura de uma família amorosa. Adotar é tudo de bom!

Você pode procurar se existem Chows em abrigos, ou então procurar por canis com certificados e que sejam sérios e corretos no tratamento aos cães. Lembre-se sempre de procurar boas recomendações, ok?

Confira aqui alguns sites para vendas de cachorros.

Comprar um Chow Chow – 2) Origem

O Chow é uma das raças mais antigas, com mais de 2.000 anos de idade. Criado para desempenhar diversas tarefas, e capaz de sobreviver em ambientes hostis, este cão de aparência única já foi utilizado para várias funções, como: caçar, guardar, pastorear, puxar trenós, etc.

A verdadeira origem da raça é desconhecida, pois alguns acreditam que ele veio da China, porém outros que veio da Mongólia ou ainda Sibéria.

O certo é que ele veio da Ásia e provavelmente descende de outras raças, como: Mastife e cães do grupo dos Spitz, como os Akitas e os Shar-Peis (que também possuem língua azul!).

Para alguns estudiosos, eles teriam sido domesticados pelos guerreiros nômades da Mongólia.

Foi nesta época que Chows eram usados para guerrear. As guias de vários cães eram costuradas na roupas de seus donos que os deixavam soltos no comprimento das guias durante os combates para que os cães atacassem e derrubassem cavalos e inimigos.

Quando os mongóis invadiram a China eles levaram consigo estes mesmos cães, os ferozes Chows de guerra.

Na China, onde hoje ele é dificilmente visto, já foi usado como alimento (os filhotes de 8 a 10 semanas de vida eram escolhidos como iguaria) e também para fornecer a pele como abrigo.

Seja como for, eles já eram retratados em vasos e esculturas da dinastia chinesa de Han (206 AC a 22 DC). Dizem ainda os historiadores que na dinastia de Tang, no século 7 D.C., um imperador tinha 2.500 exemplares em seu canil particular.

Por fim, a raça foi trazida para a Inglaterra por marinheiros em 1820 e, neste mesmo século, alguns exemplares foram vistos em Zoológicos de Londres como animais exóticos – tendo, inclusive, sido visitados pela rainha Vitória.

Já nos Estados Unidos, o primeiro cão dessa raça foi trazido pelo Sr. Earl Hoover no século 20 e custou cerca de US$ 10.000.

A primeira vez que a raça se tornou bastante popular nos EUA foi nos anos 30, quando o presidente Clavin Coolidge levou um Chow, chamado Timmy para a Casa Branca.

A raça experimentou uma outra grande demonstração de apreço nos anos 80 e era preferido por Sigmund Freud, grande fã de Chows. Ele se chamava Jofi e acompanhava o psicanalista em muitas de suas consultas.

10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow
Cão da raça Chow Chow, de cor creme, em pé em fundo branco. Crédito da foto: Freepik

Comprar um Chow Chow – 3) Popularidade

O Chow Chow teve alguns períodos de tamanha popularidade, mas também tiveram o seu lado ruim.

Na pressa de fazer dinheiro fácil com a venda dos filhotes que todos procuravam, criadores inescrupulosos ou inexperientes passaram a cruzar cães sem o menor cuidado com o temperamento.

Muitos acreditavam que era correto que esses cães fossem bravos e agressivos.

Muitos não ligavam a mínima se estes filhotes seriam tratados e educados propriamente por seus novos donos, e o que se viu foi um massivo desvio de comportamento destes cães, cujos reflexos podem ser sentidos até hoje.

Comprar um Chow Chow – 4) Língua Azul

Esta é com certeza uma das características mais marcantes e curiosas do Chow Chow.

Sua língua azul não possui origem exata, mas existe uma lenda muito bonita sobre isso, que diz que quando Deus pintou o céu de azul, ao fazer o universo, deixou cair algumas gotas de tinta na Terra.

Ao ver as gotas de tinta caírem do céu, o Chow Chow, que observava tranquilamente seu Mestre, seguiu o rastro e lambeu as gotinhas. Desde então, sua língua tem sido para sempre azul.

Em filhotes, ela costuma ser rosada, mas sua coloração muda a partir dos seis meses de idade. Quando eles tem oito meses, suas línguas já estão quase que totalmente nessa coloração, embora alguns cães não tenham a língua 100% nessa cor.

10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow
Filhote caramelo de Chow Chow em pé, de lado, em fundo branco. Crédito da foto: Freepik

10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow

5) Personalidade

O Chow Chow não é o tipo de cão que vai se adaptar com qualquer tipo de dono e também não é o tipo de cachorro que qualquer pessoa irá apreciar em sua plenitude.

Cheio de personalidade e conhecido pela sua devoção a um único dono, ele precisa ser guiado de forma carinhosa, porém firme.

Treinamento de obediência e socialização são extremamente importantes e deveriam ser iniciada ainda na casa do criador.

Um criador responsável proverá um ambiente seguro para os filhotes e ao mesmo tempo proporcionará o máximo de oportunidades para que os filhotes tenham contato com várias pessoas e vários animais, a fim de preparar este filhote para o convívio pacífico com a família que irá adotá-lo.

Para este tipo de cão a socialização é um processo permanente. Chows deveriam ser apresentados a pessoas, animais, e novos lugares regularmente, sempre de maneira prazerosa.

Nunca, em hipótese nenhuma, estes cachorros deveriam ser mantidos isolados, trancafiados e sem contato com pessoas.

Chows levam muito a sério sua função como cão de guarda e irão proteger sua família e propriedade com muita responsabilidade.

Eles são naturalmente reservados e calmos, não são grudentos e dengosos como muitas raças, porém eles apreciam muito a companhia de seus donos.

De forma silenciosa e tranquila, eles procuram estar sempre perto de seus familiares e mantê-los acorrentados ou trancados do lado de fora da casa é um grande erro que deve ser evitado a qualquer custo!

Se um Chow não respeitar, admirar e estiver integrado com seu dono ele pode se tornar um grande problema, demonstrando sinais de agressividade.

Se o tutor tratá-lo com respeito e amor, terá um grande e fiel companheiro para a vida toda!

Chow chow in front of a black Premium Photo
Cão Chow Chow em fundo preto. Crédito da foto: Freepik

10 coisas que você deve saber antes de comprar um Chow Chow

6) Origem do nome

Sua origem vem da Ásia, mas o cão foi trazido para o Ocidente por marinheiros e navegantes ingleses, que comercializavam com os chineses.

No século 19, eles trouxeram o Chow Chow em seus navios. Já os chineses o utilizavam para cão de guarda, tração de animais e até em rinhas.

Como dissemos anteriormente, outra utilização não muito legal é que eles eram também fonte de alimento e fornecimento de pele para vestuário.

Dizem que a origem do nome vem daí, já que “chow” (inglês) quer dizer “xião” (do chinês), que significaria “comida/alimento”.

Comprar um Chow Chow – 7) Filhotes

Quando filhote, esta raça é muito mais comportada do que a maiorias das outras, justamente por ser mais quietinha.

Portanto, para a alegria de muitos donos, ele não é nada destruidor. Mas isso não quer dizer que ele não deve ser adestrado ou socializado.

Pelo contrário, ele deve ser educado desde pequeno para que, quando adolescente e adulto, permaneça sossegado.

Se o Chow atinge a adolescência canina sem nenhum treinamento prévio, ele poderá apresentar atitudes típicas dessa fase, como um comportamento desafiante e rebelde.

Quando um Chow encontra o dono adequado eles são leais, sérios, dignos, tranquilos, carinhosos (da maneira deles é claro), e extremamente leais a sua família.

Assim como todo cachorrinho filhote, ele precisa de cuidados especiais para garantir um desenvolvimento muito mais saudável e tranquilo.

Por isso, o primeiro passo é saber tudo sobre a saúde do bichinho, como o estado das vacinas e vermifugação, além de um alimentação adequada e rotina de exercícios e brincadeiras.

Além disso, é normal que o cão se sinta um pouco tímido e deslocado nas primeiras semanas.

Mas, com todo o carinho e atenção necessários, o pet vai se acostumar logo logo e retribuir com muita lealdade e proteção.

Vale lembrar que, para que o doguinho se sinta seguro e fique longe de acidentes, é essencial fazer algumas adaptações quanto aos locais que possam oferecer risco pela casa.

Então, procure usar portões específicos e barreiras próprias para cachorro, assim, a proteção estará garantida!

O adestramento é necessário, apesar de ser um desafio às vezes. É que eles são bem teimosinhos, portanto não é raro que estes cães precisem executar mais de 100 vezes um comando de forma correta, antes de se tornarem confiáveis na sua performance.

Uma vez que estes cães tenham absorvido totalmente o comando, será necessário manter o treinamento periodicamente, uma vez que eles parecem desaprender numa velocidade muito grande.

Na verdade, se o treinamento não for mantido, eles darão a impressão de que nunca aprenderam nada. Mas tenha dedicação e paciência, tire um tempo para educar seu cão e o resultado valerá a pena!

Comprar um Chow Chow – 8) Alimentação

É essencial adotar uma dieta super saudável e balanceada. Por isso, os tutores precisam escolher a melhor ração para Chow Chow.

Além disso, o uso de alimentos complementares, como petiscos, ossos e guloseimas, são extremamente importantes para a saúde e alegria do seu amiguinho.

Comprar um Chow Chow – 9) Acompanhamento

Como todos os tutores já sabem, é essencial manter uma rotina de consultas regulares. Assim, fica muito mais fácil deixar a saúde do cãozinho em dia.

Porém, também é importante ficar atento a mudanças de comportamento, picos de estresse, perda de apetite, entre outras ações que podem indicar algumas indisposições no pet.

Comprar um Chow Chow – 10) Brincadeiras

Todo comportamento desejável em um cachorro deve ser recompensado, visto que eles aprendem por repetição.

O hábito de gostar de carinho e ter isso com mais intensidade no convívio com a família pode ser recompensável.

Isso porque o faz entender que aquilo é bom e que ele pode ter vantagens ao pedir carinho aos tutores e passar mais tempo interagindo com humanos.

Você pode reforçar esse contato com brinquedos que ele brinque junto com você, como:

  • Cordas de cabo de guerra,
  • Buscar a bolinha,
  • Pneus para puxar,
  • E outras opções que ele se adapte para gerar mais interações entre humano.

Cultivar esses momentos com seu cachorro cria laços mais fortes ou mais próximos entre você e o seu Chow Chow.

Entretanto, cuide para que isso não crie nele uma dependência da sua presença para sentir-se bem.

É importante preservar a independência nata do Chow para ele não desenvolva ansiedade por isolamento quando você precisar sair e ele ficar sozinho, por exemplo.

E lembre-se: antes de atender aos nossos desejos, é preciso preservar a saúde física e mental do Chow Chow para garantir a qualidade de vida dele.

Resumindo, esse cão é incrível, elegante e de aparência muito fofa.

Não é à toa que o Chow Chow já conquistou grandes personalidades mundo afora, ocupando inclusive a Casa Branca, como vimos mais acima.

Mas não só o presidente se encantou por essa raça, um famoso cantor norte-americano também não resistiu ao charme dos Chows:

Ninguém menos que Elvis Presley, astro do rock, teve um exemplar de Chow Chow para chamar de seu.

Saiba tudo sobre Convivência com Chow Chow.

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here