Dormir na cama: Será que o pet deve dormir na cama com o dono? O que é mais correto? Veja os prós e contras dessa situação!

Afinal de contas, tem animal que mais parece gente, não é mesmo? Domina a casa toda, desde o sofá até a cama, e ignora qualquer limite de espaço.

Vai muito da educação que o dono dá ao seu animal, desde quando ele é filhote, pois depois de adulto esses ensinamentos se tornam bem mais difíceis de serem aprendidos pelo pet.

Para saber mais sobre o assunto, continue lendo nosso artigo aqui, no Web Cachorros. Vamos lá?

dormir na cama
Mulher branca de cabelos castanhos, usando um pijama cinza e meia rosa, está deitada em uma cama azul, dormindo ao lado de seu cachorro, branco e caramelo. Crédito da foto: Freepik

Dormir na cama com cachorro faz mal?

Dormir na cama: Primeiramente, devemos considerar que, para a relação afetiva entre o pet e o tutor, é ótimo.

No entanto, resta a dúvida se dormir com cachorro faz mal para a saúde e se é melhor deixar cada um no seu espaço.

A verdade é que mal não faz, porém é preciso cautela e certos cuidados com o pet para evitar que os membros da família tenham a saúde prejudicada por doenças transmitidas pelos bichanos.

Alguns exemplos que podem ser transmitidos são as verminoses, além de alergias, a temida toxoplasmose ou até mesmo a transmissão de ectoparasitas.

Por isso, é preciso manter a carteirinha de vacinação sempre em dia! Isso porque vacinar, vermifugar e manter proteção de pulgas e carrapatos no seu pet, é essencial para evitar que ele se contamine com doenças e ainda traga elas para você.

Além disso, manter sua higiene através de banhos e tosas e levá-lo ao veterinário com frequência, ou a qualquer sinal de doença, são essenciais para quem não quer deixar o animal de lado nem na hora de dormir.

dormir na cama
Cão da raça Jack Russell Terrier deitado em sua caminha de cachorro. Crédito da foto: Freepik

Seu cão vai dormir na cama com você? Veja os cuidados necessários

Dormir na cama: Antes de tudo, certifique-se que ele fez as necessidades antes de dormir e que sua higiene está em dia.

Caso ele tenha ido passear ao ar livre e, principalmente, em um local com terra ou lama, o ideal é limpar pelo menos as patinhas do cão. Você pode utilizar um shampoo a seco ou mesmo um lencinho umedecido nas patas, por exemplo.

Portanto, todas as vezes que o cachorro andar na rua, limpe suas patas antes de deixá-lo subir na cama, ok?

Outra desvantagem em acostumar o cachorro a dormir na cama é que ele pode passar a se recusar em dormir de qualquer outra maneira, caso o tutor precise sair algum dia, ou não queira que ele durma na cama.

Em segundo lugar, é muito importante educá-lo para que entenda que a cama é seu espaço, por isso ele não pode rosnar ou tentar morder caso você se mexa durante a noite.

Tenha firmeza e use palavras como “assim não!” para educá-lo. Se ele for do tipo bonzinho e calmo, melhor ainda!

Os cães costumam ser mais espaçosos que os gatos e tendem a se mexer muito, além de roncar e até latir durante a noite.

Se esse é o caso do seu cão e ele ocupa metade da cama na hora do sono, saiba que isso pode interferir negativamente na qualidade do seu sono, e se esse for o caso, é melhor tirá-lo da cama.

Além disso, é um risco dormir com cães de pequeno porte, por serem mais suscetíveis aos seus movimentos durante a noite, já que você pode acabar machucando o seu pet e até sufocá-lo sem querer.

Dando sequência, outros problemas podem ocorrer quando o cachorro se tornar idoso, pois se ele tiver quadros como incontinência urinária ou diarreia, ele poderá sujar a cama algumas vezes.

Por fim, outro ponto a se considerar é que existem pessoas alérgicas a pelos, portanto vamos ver a seguir mais a fundo sobre os pelos dos cães.

dormir na cama
Menina branca de cabelos pretos está dormindo em sua cama, com um cachorrinho Yorkshire deitado ao seu lado. Crédito da foto: Freepik

Qual tipo de pelo de cachorro faz mal à saúde?

Dormir na cama: Não existe um tipo de pelo específico que confirme que dormir com cachorro faz mal. Os pets mais peludos, de pelo mais longo ou que soltam mais pelo durante qualquer época do ano (como Golden Retriever, por exemplo) podem provocar alergia e sujeira com mais frequência que os de pelo curto e duro (como um Pinscher ou Doberman).

Os cães mais peludos tendem a ter menos queda de pelo ao longo do ano, comparado aos pets de pelo curto, que tem maior queda.

Sendo assim, cães de pelo curto por terem queda constante podem desencadear alergias e sujeiras com maior frequência.

Mas então, qual é a melhor solução?

Bom, como vimos acima, cachorro dormir na cama com o dono não faz mal à saúde, a menos que haja confusão de hierarquia.

Em outras palavras, o pet deve saber que você está no comando. Portanto é importante reprimir comportamentos como latidos e rosnados durante a noite, dominar a cama e colocar seu pet no cantinho dele na cama.

Se mesmo com essas medidas ele mantiver o comportamento, será necessário mantê-lo em sua própria caminha, no chão.

dormir na cama
Cãozinho dDaschund dormindo em uma cama branca, com um livro azul. Crédito da foto: Freepilk

Quais as vantagens de seu cão dormir na cama com você?

Dormir na cama: Existem várias vantagens em dormir com seu companheirinho ao seu lado, tanto que não é incomum ver essa situação aqui no Brasil.

Há muitos donos que acabam deixando de lado as casinhas no quintal e até mesmo os colchões para os pets, e preferem dormir com eles no conforto de suas camas.

Pelo menos é o que mostra uma pesquisa feita pela Comissão de Animais de Companhia (Comac), 55% dos cães brasileiros dormem dentro de casa, enquanto 23% dividem a cama com os seus donos.

Essa prática cada vez mais crescente traz consigo prós e contras, no qual veremos agora os prós:

A primeira e mais importante vantagem que existe em um pet dormir na cama com você é, definitivamente, o grande vínculo afetivo que se estabelece.

Dormir juntos é favorável para a amizade entre ambos e, além disso, um cuidará do outro.

Há estudos que asseguram que dormir com o pet é benéfico para a saúde de ambos. Mas como? Bem, no caso do ser humano, favorece baixando a pressão arterial e, inclusive, obtém-se um benefício emocional, evitando, assim, o estresse e a depressão.

Isso ocorre devido ao carinho que ocorre entre o dono e o animal. A prática pode, ainda, proporcionar mais segurança, sobretudo para as crianças que sentem medo durante a noite, fato que pode ser superado com o animal dormindo no quarto da criança.

Além disso, dormir com o seu cachorro é uma ótima maneira de demonstrar que você o considera parte da família.

Afinal, muitos bichinhos passam longas horas sozinhos em casa e dormir próximo ao dono certamente fará com que eles se sintam mais amados.

Para concluir, veja algumas dicas de cuidados para se ter caso opte por dormir na cama com seu peludo!

Dicas:

  • Dê banhos semanais no cachorro;
  • Troque a roupa de cama com bastante frequência, principalmente se o animal soltar muito pelo;
  • Só coloque o cãozinho na cama se ele estiver limpo e limpe as patas dele sempre que andarem na rua;
  • Use protetor impermeável para colchões;
  • Procure um veterinário caso haja alguma mudança comportamental.
  • Tenha certeza de que as vacinas do cachorro estão em dia;
  • Aplique o vermífugo no seu cão com frequência.

Agora que você já conhece os prós e contras do seu pet dormir na cama, leia também:

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here