Cachorro vomitando sangue: o que pode ser e como agir?

Isso sempre é motivo de atenção, pois pode estar associado a algum problema sério na saúde do animal.

Da mesma maneira de que para nós humanos, vomitar sangue é um sinal de alerta vermelho do organismo, um pet fazendo a mesma coisa deve ser levado imediatamente para uma avaliação veterinária.

Leia o artigo e saiba o que fazer!

 Cachorro vomitando sangue
Cão deitado triste. Crédito da foto: Freepik

Cachorro vomitando sangue: Observe a coloração e aspecto

Se o seu cachorro estiver vomitando sangue, saiba que a primeira coisa que deve fazer é observar a consistência e a coloração do sangue.

Isso porque, ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, nem todo sangue expelido pelo cão vem dos órgãos internos.

Ele também pode vir de algum ferimento da boca, onde o sangue é engolido e o cão pode colocar para fora posteriormente.

Nesse caso, o sangue costuma se apresentar com uma cor mais escura e em coágulos, sendo um caso menos preocupante.

Por outro lado, se o vômito do sangue do cachorro apresentar pontos de sangue brilhantes, como se estivesse “fresco”, é muito improvável que o problema seja gastrointestinal.

Prolemas gastrointestinais geralmente apresentam um sangue com a “cor de café” (vômito de cachorro coagulado) e também pode aparecer nas fezes.

Essas observações são importantes e ajudarão o veterinário a investigar o motivo pelo qual o seu cachorro vomitou sangue!

Quais as principais causas de cachorro vomitando sangue?

Além de problemas gastrointestinais, existem diversas outras causas que podem resultar no vômito com sangue do cachorro, como:

  1.  Ingestão de objetos pontiagudos e estranhos;
  2. Intoxicação por veneno;
  3. Verminose;
  4. Coagulopatia (distúrbio muito comum de coagulação do sangue);
  5. Cinomose;
  6. Lesões internas;
  7. Câncer;
  8. Infecções;
  9. Síndrome do intestino irritado;
  10. Transtornos autoimunes.

Antes de se perguntar o que fazer quando o cachorro está vomitando, é importante entender qual a causa desse problema, para que o tratamento seja adequado e eficaz.

1) Cachorro vomitando amarelo

Na maioria das vezes, o vômito amarelo do cachorro é uma forma de defesa do organismo.

O ideal é fazer uma visita a um veterinário de confiança, que vai querer saber com qual frequência esses vômitos ocorrem, pois esse problema pode ter diferentes causas.

Dentre elas estão:

  • Alteração no fígado;
  • Estômago vazio – jejum prolongado, comum em pets com alimentação seletiva;
  • Ansiedade – que também pode levar o pet a não se alimentar;
  • Dor ou outras doenças, que necessitam de investigação.

No geral, o cachorro vomitando espuma amarela se deve pela ação da bile, substância produzida pelo fígado e liberada pela vesícula biliar.

E, quando o pet está com o estômago vazio, essa substância pode acabar irritando o estômago e provocando o vômito amarelo.

2) Cachorro vomitando verde

O vômito verde também pode ter as mesmas causas do vômito amarelo, como por exemplo o estômago vazio.

Usando a mesma explicação da ação da bile, substância produzida pelo fígado e liberada pela vesícula biliar, há uma irritação no estômago.

Porém, a coloração verde indica maior quantidade de bile, enquanto o amarelo indica menos.

E isso pode acontecer se o seu pet vomitar repetidas vezes, ou até mesmo indicar algum problema mais sério, que somente um médico veterinário será capaz de avaliar.

De qualquer forma, além da visita ao veterinário, observe a frequência do vômito e se o seu amiguinho apresenta outros sintomas, como por exemplo cachorro vomitando e com diarreia.

3) Cachorro vomitando espuma branca

Também conhecido simplesmente como cachorro vomitando espuma, esse pode ser um problema mais difícil de identificar.

Porém, é importante relatar ao veterinário o que você observou, para ajudá-lo a entender melhor qual a causa, que podem ser:

  • Intoxicação alimentar;
  • Náuseas, indigestão ou refluxo, que podem acontecer quando o pet come muito rápido;
  • Infecções ou inflamações no estômago ou intestino, como a gastrite;
  • Doenças mais sérias.

Observe também se, além do vômito, esse problema vem acompanhado de outros sintomas, como cachorro com febre, cachorro com tosse ou com falta de apetite.

4) Cachorro vomitando sangue

Um cachorro vomitando sangue traz muita preocupação, pois pode estar associado a algum problema sério de saúde.

Em primeira instância, observe se o sangue não está saindo de nenhum ferimento da boca do pet. E isso você saberá pela cor e a consistência do sangue.

Se ele apresentar uma coloração de vermelho vivo, é um pouco improvável que o problema seja gastrointestinal.

Agora, se ele for mais escuro, e também aparecer nas fezes, pode indicar algo mais sério.

É muito importante fazer uma visita ao veterinário, o mais rápido possível, para que ele possa investigar as possíveis causas do vômito com sangue.

Entre as principais causas de cachorro vomitando sangue estão:

  • Lesões internas;
  • Ingestão de objetos pontiagudos e estranhos;
  • Verminose;
  • Coagulopatia (distúrbio muito comum de coagulação do sangue);
  • Doença do carrapato;
  • Parvovirose;
  • Cinomose;
  • Câncer;
  • Infecções, dentre outros.

Sabendo o que está causando o problema, o veterinário  poderá ajudar seu amiguinho de forma muito mais eficaz.

5) Cachorro vomitando marrom

Se o seu amiguinho está vomitando marrom, além da causa alimentar – bastante comum – também é importante observar se ele não anda mexendo em suas fezes.

Chamado de coprofagia, é o hábito que alguns cães têm de comer o próprio cocô.

E uma explicação bastante comum desse problema são as causas comportamentais, como ansiedade, submissão e necessidade de atenção.

Se você notou que o seu pet anda fazendo isso, procure um veterinário de confiança e veja a melhor maneira de ajudar o seu amiguinho.

 Cachorro vomitando sangue
Cachorro da raça Husky Siberiano com dois veterinários, em cima da mesa. Crédito da foto: Freepik

6) Cachorro com vômito e diarreia

O cachorro com vômito e diarreia pode estar apresentando sinais de intolerância alimentar!

Isso é um sinal de que algo que ele andou comendo não caiu muito bem, sendo necessário mudar a alimentação, com auxílio veterinário.

Algumas doenças, como a giárdia, cinomose, parvovirose, entre outras, também podem apresentar esses sintomas.

Aliás, a vacinação é uma forma de prevenção para que seu amiguinho não seja acometido por essas e outras doenças.

O que fazer se o meu cachorro está vomitando sangue?

Antes de tudo, se o seu pet estiver vomitando sangue, você deve levá-lo imediatamente ao veterinário.

Caso tente dar algum remédio caseiro para vômito de cachorro com sangue por conta própria e ele não for o ideal para aquela situação, tenha consciência de que isso pode agravar ainda mais o problema e fazer com que seu pet sinta um desconforto ainda maior.

Portanto, a ajuda profissional, nesse momento, é mais do que essencial.

É necessário, na maioria das vezes, que o cão passe por alguns exames, como:

radiografia, ultrassonografia e um exame de sangue para fazer uma avaliação completa das funções renais e hepáticas do pet, a fim de identificar o problema.

Além das características do vômito de cachorro com sangue, também é importante que você passe outras informações para o veterinário, como por exemplo, quando foi a última vermifugação do animal (para descartar a verminose), se sumiu algo de casa nos últimos dias, etc.

E principalmente, levar todos os exames que o pet fez nos últimos tempos, para que assim o profissional consiga analisar quaisquer mudanças em seu quadro de saúde.

A partir dessas informações, o veterinário identificará a razão pela qual o seu cachorro está vomitando sangue coagulado ou normal e recomendar o tratamento e os medicamentos adequados.

 Cachorro vomitando sangue
Cachorro preto vomitando na grama. Crédito da foto: Freepik

Como prevenir cachorro vomitando sangue?

Na grande maioria das vezes, cachorro vomitando sangue é sinal de que algo não vai bem, mas é algo inesperado.

Isso aumenta ainda mais a importância de se fazer check-ups periódicos, a fim de identificar precocemente infecções ou doenças que podem, de alguma maneira, causar o vômito com sangue.

Também é importante observar a rotina e o comportamento do seu pet, assim como o ambiente em que ele está vivendo.

Além disso, é essencial ter a informação do que ele come, se ele comeu algo diferente, se ele gosta de comer plantas que, por algum motivo, podem fazer mal ao seu organismo, etc.

E também saber qual pet ou ser humano passa mais tempo com ele e, principalmente, se ele gosta de mastigar objetos e outras coisas que não são alimentos, sendo necessário reduzir ao máximo potenciais causadores do problema.

Agora que você já sabe tudo sobre o tema, veja também:

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here