Você tem um cachorro doente em casa, mas não sabe o que fazer? Veja como prosseguir nesses casos para que seu amigo se recupere o mais rápido possível e volte a brincar e se divertir com você!

Afinal de contas, queremos que nossos companheiros se recuperem logo, não é mesmo? Então se você tem um cachorro doente, saiba o que fazer nesse caso e como lidar, aqui no Web Cachorros. Boa leitura!

Cachorro doente
Cão pequinês branco e caramelo deitado, com um estetoscópio ao lado. Crédito da foto: Freepik

Cachorro doente: O que fazer?

Você sabe como lidar com um cachorro doente? Pois é! Este é um assunto que precisa ser discutido a partir de vários fatores e parâmetros, porque cada doença é única e obviamente precisa de um tipo de tratamento, concorda?

No entanto, o intuito deste artigo não é te ensinar a curar alguma doença, pois para isso, existem os veterinários profissionais.

O objetivo é fazer você entender quais os cuidados básicos para que o cão sinta-se bem, confortável e lide bem com o eventual problema. Afinal, além de medicar e proporcionar os melhores profissionais de saúde ao animal, é também importante oferecer um lar cheio de carinho, amor e paz.

Aprender a cuidar de um cachorro de forma eficaz, é também entender que ele precisa de algumas necessidades básicas que vão além de boas rações e conforto. É preciso entender comportamentos e sinais que eles dão quando estão precisando de ajuda ou sentindo alguma dor.

E isto você só aprende com o tempo. Afinal, cada raça é única e você precisa entender tudo sobre ela para que consiga criar o animal da maneira certa. E, quando ele adoecer, possa proporcionar um lar adequado.

Dessa maneira, acompanhe nossas dicas de como fazer isso!

Como lidar com um cachorro doente?

Um cachorro doente pode chegar a níveis de necessidades muito extremos. Há aqueles que estão apenas com alguma virose, e precisam se medicar. Há aqueles que possuem doenças degenerativas e precisam passar os últimos dias de vida sendo felizes e há aqueles que já nasceram com algum problema de saúde e que precisam de cuidados especiais.

Ou seja, o primeiro passo é você entender em que escala que seu animal está. Tente identificar os níveis de necessidades que ele precisa para que, desta forma, você possa ajudá-lo efetivamente. Afinal, de nada adianta oferecer algo para o cão que ele não esteja precisando e esquecer daquilo que ele realmente precisa.

Por exemplo, um cão com febre precisa manter-se protegido e ficar confortável para que os remédios possam fazer efeito. Aprenda a medir a temperatura dele quando estiver na dúvida.

Diferente do que um cão obeso, por exemplo, precisa. Que é justamente o contrário: praticar exercícios (aos poucos) para que ele entre em forma. Ou seja, tudo depende.

Sabendo-se disso e fazendo uma avaliação completa do quadro (com ajuda de veterinários), você pode fazer algumas coisas para que ele sinta-se bem.

Veja a seguir nossas dicas de como lidar com cachorro doente!

1) Sua casa precisa ser confortável e aconchegante

Uma casa aconchegante não é sinônimo de uma casa luxuosa, cheia de espaços e alternativas. Pelo contrário. Uma casa aconchegante é aquela em que o cão sente-se bem ao lado do tutor. Por isso, para entender como lidar com um cachorro doente, o primeiro passo é saber que ele precisa sentir-se confortável.

Se ele estiver sentindo dor por conta da doença ou do problema que ele tem, tudo que ele menos quer é sentir-se incomodado, estressado ou com medo dentro do próprio lar.

É certo que um cachorro com medo ou estressado pode desenvolver condições severas das doenças que estão atingindo ele, então este é o caminho certo para a piora do quadro.

Ofereça o melhor ambiente possível para seu pet, com espaços com cobertas, ambientes com ventilação, sol e sombra, comida e água fresca. Tudo acessível e em locais próximos.

Além disso, mantenha algum brinquedo por perto para que o cão veja e tente se entreter e se distrair um pouquinho. Mas não force nada, respeite seu tempo e espaço.

Cachorro doente
Cão branco está deitado no chão, com aparência triste. Crédito da foto: Freepik

2) Cuide da higiene do seu cão para que ele sinta-se confortável

Cuidar da higiene do animal é fundamental. Principalmente se a doença dele tiver relação direta com as idas ao banheiro. Fazer xixi e cocô no lugar certo (como no tapete higiênico, por exemplo) é um condicionamento que pode ser perdido a partir do momento que o animal sente-se desconfortável com alguma coisa.

E isto é, inclusive, um indicativo para que você avalie e encontre algum problema que ele possa estar sofrendo. Se ele estiver fazendo as necessidades nos lugares errados, atente-se! E, acima de tudo, não brigue com ele. Mas sim, limpe tudo e mantenha-o confortável para que, em caso de doenças, ele não sinta vergonha do que fez.

3) Certifique-se de que a alimentação do seu cão é balanceada e adequada para a doença dele

Esta é uma dica que vale para o comportamento dos cães de forma geral. Eles precisam estar sempre bem alimentados para que não tenham disfunções durante a vida e, principalmente, se estiverem doentes. Seja uma alimentação natural para cães ou uma ração especial, o mais importante é você adequar as receitas para as necessidades dele.

Ou seja, procure um médico veterinário para entender o que você pode oferecer de comida para seu peludo.

Lidar com um cachorro doente é também oferecer os nutrientes necessários para que ele viva mais tranquilo e consiga se recuperar, afinal de contas a fraqueza do corpo pode ser uma arma extremamente poderosa contra o próprio animal.

Cachorro doente
Cão Border Collie está deitado em uma mesa veterinária. Crédito da foto: Freepik

4) Dependendo da condição do animal, nunca deixe-o estático e sem exercícios

Fazer exercícios é fundamental tanto para humanos, quanto para cachorros, certo? E quando eles estão doentes, isto deve ser feito também. Porém, é claro, com muito mais cuidado e atenção.

Se você forçar uma caminhada e o cão não estiver bem, ele poderá desmaiar ou desencadear outras disfunções. Principalmente se não estiver bem alimentado, conforme o tópico anterior.

Contudo, saiba que praticar exercícios é também uma forma de ajudar o corpo a se recuperar. Por exemplo, um cão obeso precisa caminhar para ter mais qualidade de vida. Ou seja, caminhando, ele pode emagrecer.

Em caso de outras doenças, as práticas de exercício podem ajudar muito no desenvolvimento das defesas do corpo.

Mas, claro, sempre faça isso com autorização e supervisão do veterinário. Afinal, o gasto de energia que passa dos limites do corpo pode ser muito ruim para o animal. Todo cuidado é pouco, certo?

5- Dê muito amor e carinho para ele

Por último mas não menos importante, ofereça muito amor e carinho ao seu cão, para que ele sinta que você está ao seu lado dando todo o apoio possível.

Isto o tornará um cão muito mais feliz, portanto esta é uma das melhores dicas de como lidar com cachorro doente.

Afinal, neste momento difícil, muitas vezes tudo que nossos amigos peludos precisam sentir é a presença do tutor para que tenham conforto e aconchego, e se sintam amparados.

Portanto, cuide do seu cãozinho muito bem e logo logo ele estará melhor, para que vocês dois possam voltar a passear e se divertir juntos!

Agora que você já sabe lidar com cachorro doente, descubra se ele deve dormir na cama com você. Veja os prós e contras aqui!

Leia também:

Até a próxima!

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here