Adestramento positivo: Entenda como funciona a ideia de reforço e punição

Você sabe como de fato funciona o adestramento positivo e o que significa reforço e punição? Nesse artigo vamos te explicar melhor quais os estudos por traz do adestramento positivo e das técnicas usadas por esse tipo de forma de educar os cães.

Entenda também porque os métodos usados pelos adeptos da teoria da dominância não funcionam. Pelo contrário, só machucam física e psicologicamente os cães. E saiba como educar de forma pacífica e prazerosa o seu cão em casa.

Condicionamento clássico

Foto: Freepik

O condicionamento clássico tem ligação com toda reação fisiológica do cão. Ou seja, algo que vem de dentro dele. Como um impulso que vai se repetindo. Um exemplo é quando você pega a guia e ele sabe que vai passear então começa a ficar muito agitado e pulando em você.

Esse condicionamento é aquele comportamento que muitas vezes você quer que acabe. Mas não vai resolver dizendo não. Então abaixo você entende mais sobre como recondicionar os comportamentos do seu peludo para facilitar a convivência entre vocês.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre o que são os recursos importante para os cães

Condicionamento operante

Foto: Freepik

O condicionamento operante é aquele comportamento que você insere ao repetir algumas vezes uma atividade. Como dar petisco sempre que diz “senta” e o cão sentar. É o comportamento operante que será usado durante os treinamentos para ensinar os comandos e também comportamentos desejáveis ao seu cão.

Com ele você também vai abolir os comportamentos indesejados. Abaixo você entende o reforço e punição. Que são a base para adestrar os peludos.

Reforço e punição

Foto: Freepik

Um estudioso chamado Skinner criou o chamado quadrante de skinner. Que explica o que significa punição positiva, punição negativa, reforço positivo e reforço negativo.

Antes de tudo é importante explicar que nesse contexto negativo e positivo possuem significado matemático de adicionar e diminuir. Não significam coisas boas ou ruins. Você vai entender melhor abaixo:

Reforço positivo: É quando algo que o cão gosta é adicionado para reforçar determinado comportamento. Exemplo: Dar um petisco quando ele senta e espera você colocar a guia para passear.

Reforço negativo: Nesse contexto algo que o cão não gosta é retirado.

Punição positiva: Muito usada pelos adeptos da teoria da dominância. A punição positiva consiste em incluir uma situação desconfortável para o cão. Exemplos simples: Uso de enforcador.

Punição negativa: Aqui é retirado de contexto algo que o cão gosta. Exemplo: Parar de dar atenção enquanto ele late.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre 5 sinais de que seu cão está tentando chamar a sua atenção

Como funciona o adestramento positivo?

No adestramento positivo é utilizado apenas o reforço positivo e a punição negativa. Com foco principal para o reforço positivo. Queremos que o cão sempre tenha boas experiências, assim ele sempre repete aqueles comportamentos que achamos legais.

No adestramento positivo a única punição negativa é ignorar comportamentos negativos. Sem nenhum reforço positivo o mais provável é que dentro de um tempo esse comportamento sempre suma. Vai levar um tempo diferente para cada cão, tenha paciência.

Reforçando os comportamentos desejáveis eles rapidamente passam a ser maioria. Sempre lembrando que é importante continuar reforçando, mesmo depois de o cão aprender.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre parques para cães e 4 motivos para levar seu cão regularmente a um

Teoria da dominância é ruim?

O adestramento usado por pessoas que ainda seguem a teoria da dominância consiste em causar dor física e psicológica ao cão. Podendo traumatizar gravemente o peludo e já foi comprovado que esse tipo de adestramento não dá certo.

Todos nós já acreditamos na teoria da dominância, e seguimos seus conceitos. Afinal até pouco tempo não se tinha outro estudo sobre comportamento canino.

buldogue francês
Foto: Freepik

Mas hoje ela está mais do que ultrapassada. Já foi comprovada que existe uma forma muito mais pacífica de educar os cães e que não envolva traumatizar o nosso melhor amigo. E já foi desmentida a ideia de que cães funcionam em grupo de forma hierárquica.Evoluir faz parte do ser humano. Se você ainda acha mais fácil chacoalhar uma lata com moedas na cara do deu cão, gritar com ele ou usar um enforcador. Entenda que existe uma forma mais fácil de educa-lo e que não vai causar trauma e nem afastar o seu cão de você.

Afinal quando um cão obedece por esses métodos sempre é por medo e não por ter aprendido como deve agir. Mostre ao seu cãozinho o que ele deve fazer e mostre que é algo bom e pode ter certeza que ele vai passar a repetir esses comportamentos.

Separei mais esses conteúdos para você:

Guia de Adestramento Para Cães

Seu cão faz xixi no lugar errado, destróis o seu sofá e não te obedece? Conheça o Guia de Adestramento para cães. Informe seu nome e e-mail.

envelope
envelope

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here