Labrador

U Calila Galvão    t 29 de dezembro de 2013


Um raça bastante popular por ser muito brincalhona e principalmente por ser versátil e se adaptar a diversos trabalhos. Eles já foram utilizados na agriculta, cães de caça, cães de resgate na água e hoje tem dia possui duas principais funções: é um cão de companhia e um excelente guia para os deficientes visuais. Eles são tão populares na América do Norte que foi protagonista de um livro e um filme que encanta a todos: Marley e Eu.

Cachorro Labrador

Informações sobre o Labrador

Origem

Não se sabe ainda qual o local de origem exato do labrador. Alguns consideram o seu país de origem a Groelândia, na qual há registro de cães com aparência semelhante auxiliando os pescadores na captura de peixes. Tudo indica que essa raça foi levada primeiramente para o Canadá pelos portugueses ou pelos bascos. Depois, alguns exemplares foram levados para a Inglaterra e foram vendidos a grandes senhores de terras e foi lá onde começaram a chamá-lo de labrador.

Cachorro Labrador

Ficou por muitos anos sendo utilizado no trabalho rural quando finalmente, em 1950, eles foram definitivamente considerados como excelentes cães de companhia. Sua grande alegria, espírito juvenil e sua paciência levaram essa raça ao posto que ocupam hoje. Ele também tem grande utilidade como cães de resgate em montanhas e cão guia. A raça só foi reconhecida pelo Clube Kennel em 1903 e só formou o seu próprio clube em 1916. Possui também o Clube do Labrador Amarelo inaugurado em 1925.

Temperamento

Ele é um companheiro muito fiel e consegue com grande facilidade se adaptar a qualquer ambiente no qual esteja. Gosta muito de nadar e a sua cauda, também chamada de cauda de lontra, é ideal para proporcionar bons mergulhos. Não é nem um pouco agressivo ou tímido, sendo excelente para crianças e se dá muito bem com outros cães ou outros animais de estimação.

labrador 3

Ter um labrador em casa não é uma tarefa difícil, pois quando se fala em obediência, ele consegue se destacar de todos os outros cães. Por ter grande gosto por brincadeiras, ele fica entediado facilmente e levá-lo para passear pelo menos 2 vezes por dia é uma necessidade. Se isso não acontecer, não se engane pensando que ele vai ficar lá no canto dele paradinho. O labrador pode fazer muita bagunça em casa procurando uma forma de se divertir. Se você não tiver essa disponibilidade para os passeios diários monte desafios dentro de casa para brincar com o seu cão.

Cuidados com a saúde do labrador

As principais patologias que podem acometer o labrador são a distrofia muscular (fraqueza muscular), torção gástrica (o estômago fica com gás aprisionado)  e displasia retinal, que é uma patologia congênita e pode acometer um ou os dois olhos podendo levar a cegueira. Eles são excelentes para aquelas pessoas que não possuem muito tempo disponível. Você não precisará nem ao menos tirar os pelos mortos e o seu pelo é impermeável, o que pode livrá-lo de alguma doenças como a dermatite.

Cachorro Labrador

Há alguns cuidados que devem ser levados em conta. A quantidade de ração que se dá ao filhote é diferente para um adulto. Para aquele, 600 gramas por dia é o suficiente, já para este a quantidade reduz em 200 gramas. Você também pode dar frutas, pois eles adoram, mas elas não devem substituir a ração. Se você passa o dia inteiro fora de casa é melhor procurar uma raça mais independente para cuidar, pois o labrador é muito dependente de seu dono.


6 respostas para “Labrador”

  1. Raffael disse:

    eu acabei de ganhar um macho de um amigo meu igual este da foto.. só deus sabe a felicidade que estou sabendo ainda dos valores desta raça maravilhosa que poucas pessoas sabem q eles possuem.
    amem!

  2. Flávia disse:

    Tenho um labrador de 5 anos, tudo de bom, muito alegre, brincalhão, companheiro, amigo, convive super bem com meu gato de 1 ano e meio. E minha amiga leva o filhote de Golden dela para eles me brincarem e ele acaba dando uma canseira no filhote porque tem uma energia que não acaba. Pra mim essa é a raça mais inteligente e bonita que existe.

  3. Rafael disse:

    Quem de bom coração poderá cometer simples mágoa a um animal?
    Oh! Nobres Seres, essências da Nova Era, serão os amigos dos mais íntimos homens a louvar o Bem por ter-se um companheiro, na dor que tanto aflige aquele diante a morte do seu ente querido, daquele que tantas dificuldades assola a vida por inteira, ou na doença incurável daqueles que expiam o sofrimento alheio, eles o confortam…
    Aqueles que lutam pela vida animal, a paz sublime de São Francisco de Assis, aqueles que hoje se ocupam e dão suas vidas a eles, refletem o Bem que por mais oculto no coração de pedra, choram ao ver o cão a beijar vossos rostos…
    Oh! Meus Amigos! O futuro será do Amor Incondicional manifestado pela física quântica da ciência dos homens, o Espírito, nos fótons que irradiam dos corações daqueles cientistas, Albert Einstein e tantos outros, que vieram incumbidos de transmutar alquimicamente aquela ciência para triunfar a sabedoria Crística,Divina, de Buddha, da Igualdade entre homens, animais e o planeta com toda vossa Natureza…
    A todos os Mestres da Humanidade, líderes e revolucionários, rogo que protejam todos os veganos, vegetarianos e a todos eu peço que transmutem aquela carne saborosa de sofrimento que custou a vida de um pobre animal indefeso, por um prato verdejante e multicolorido das sete cores do arco-íris, manifestando o Amor Divino e Incondicional dos Mestres Iluminados…
    Um cão, um gato, um sapo, um rato ou um boi não existem por acaso, foram feitos para Amar! Quem pratica uma crueldade a um animal é capaz de cometer ao homem…
    Não tenhamos medo de um rato ou de um sapo, apenas pegue-os com vosso carinho e todo amor, e eles lhe serão afáveis e não te farão qualquer ato de agressão. Ame vossos animais que te cercam, e a Natureza te retribui com um lindo por de sol…
    Quem ama os animais, ama os seres humanos e compartilha com a Natureza vossas alegrias e bem-estar, e terá a sabedoria que a Natureza NÃO tem limites como o seu Criador…
    Ame seu animal como se fosse vossos filhos…

    RAFAEL SOUZA ROSA

  4. Ferdinand disse:

    Lega!

  5. Silvia disse:

    Tenho um casal de labradores são irmãos, eles conviviam desde pequenos com este cão. Faz alguns dias que eu os afastei pois notei diferença de comportamento. Agora que os irmãos estão juntos somente eles, estão mais dóceis, unidos silenciosos, e brincadeiras continuam mas porém estão mais carinhosos. Pergunto por serem irmãos será que realmente foi certo deixá-los conviver com outro cão esse tempo todo , cerca de 1 ano. Aguardo um retorno, obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Populares

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Grupo dos Hounds

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

As vacinas para cachorros podem apresentar efeitos colaterais?

Cuidados

As vacinas para cachorros podem apresentar efeitos colaterais?

Cavalier King Charles Spaniel

Grupo dos Esportistas

Cavalier King Charles Spaniel

Os cachorros mais bonitos do mundo

Curiosidades

Os cachorros mais bonitos do mundo

Cocker Spaniel Inglês

Grupo dos Esportistas

Cocker Spaniel Inglês

Últimos Artigos

Saiba por que cães comem grama

Curiosidades

Saiba por que cães comem grama

Como definir horário e tempo ideal para o passeio do seu cão

Dicas

Como definir horário e tempo ideal para o passeio do seu cão

Saiba como lidar com cães antissociais com as visitas

Dicas

Saiba como lidar com cães antissociais com as visitas

Saiba quantos anos seu cão tem em idade humana

Curiosidades

Saiba quantos anos seu cão tem em idade humana

Entenda porque alguns cães pegam objetos dos donos e não destroem

Curiosidades

Entenda porque alguns cães pegam objetos dos donos e não destroem