Conheça as doenças de pele mais comuns nos cães

U Milena Costa    t 6 de junho de 2017


Os cães podem desenvolver doenças de pele assim como os humanos e a pele deles chega a ser até mais sensível que a nossa. Como já falamos várias vezes, por exemplo, sobre o desgaste da pele com banhos constantes.

Aqui vamos listar algumas das doenças de peles mais comuns nos nossos peludinhos, para que todo tutor tenha um pouco mais de conhecimento sobre os problemas de pele que seu cão pode desenvolver na pele.

cão se coçando

Alergias

Assim como nós, é muito comum que os cães desenvolvam alergias a diversas coisas, as alergias de pele são comuns e podem aparecer principalmente após a picada de carrapatos e pulgas.Além desses parasitas odiosos. Outro causador de alergias nos cães podem ser as giletes de tosas higiênicas. Ao raspar a pele pode se causar um incomodo e uma alergia.

Os sinais mais claros de que seu cão está com uma alergia na pele por qualquer motivo é o fato dele se coçar incessantemente naquelas áreas e o incomodo que ele demonstra. O cãozinho também pode apresentar uma vermelhidão na região irritada.

cão se coçando

Alergias também podem ser causadas por produtos que você esteja passando na pele do seu cão, sem saber que ele tem alergia. Se ele apresenta alguma reação a qualquer coisa, leve-o o mais rápido possível ao veterinário para tratar isso.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre os cuidados na hora do banho do cachorro

Sarna

A sarna se divide em duas, a sarna negra e a sarna conhecida como Escabiose. As pessoas acham que toda sarna é transmissível de humanos para animais e virce-versa, e essa é na verdade a Escabiose.

A outra sarna é a sarna negra, essa é transmitida da mãe para o filhote pouco tempo depois do parto. A sarna negra não tem cura, ao contrário da primeira, esta sarna pode no entanto ser controlada e o filhote pode ter uma vida relativamente saudável.

cão se coçando

Micose

As micoses no geral aparecem em filhotes com menos de 1 ano, elas aparecem pelo contato com terra, animais e objetos contaminados. Manter o cãozinho o mais bem higienizado possível, e todos os lugares que ele frequenta também são a forma de evitar o aparecimento delas.

Se seu cão mostrou incomodo, coceira e alguma irritação na pele, leve-o ao veterinário para fazer o diagnóstico correto e tratar do seu cão o mais cedo possível.

cão se coçando

Aproveite para conferir nosso artigo sobre Escaras de decúbito

Infecções Bacterianas

Essas infecções podem acontecer em decorrência de alergias e micoses, mas são muito mais sérias do que elas. Essas infecções podem alterar a cor da pele dos cães, e criar feridas. É necessário consultar um veterinário responsável para que a doença seja detectada, diagnosticada a sua causa e assim a infecção possa ser tratada da forma correta. Para que o cãozinho se recupere e seja evitado que ela volte a aparecer.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Populares

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Grupo dos Hounds

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Cavalier King Charles Spaniel

Grupo dos Esportistas

Cavalier King Charles Spaniel

As vacinas para cachorros podem apresentar efeitos colaterais?

Cuidados

As vacinas para cachorros podem apresentar efeitos colaterais?

Os cachorros mais bonitos do mundo

Curiosidades

Os cachorros mais bonitos do mundo

Cocker Spaniel Inglês

Grupo dos Esportistas

Cocker Spaniel Inglês

Últimos Artigos

Como lidar com filhote que ainda não foi completamente vacinado?

Cuidados

Como lidar com filhote que ainda não foi completamente vacinado?

Cães podem apresentar alergia na primavera

Cuidados

Cães podem apresentar alergia na primavera

Saiba mais sobre a importância da hidratação do seu cão

Cuidados

Saiba mais sobre a importância da hidratação do seu cão

Aprenda a identificar dores nos cães e saiba como agir

Cuidados

Aprenda a identificar dores nos cães e saiba como agir

Fisioterapia para cães: Saiba como funciona e como agir

Dicas

Fisioterapia para cães: Saiba como funciona e como agir