Borzói (Wolfhound)

U Calila Galvão    t 15 de janeiro de 2014


Essa raça, também chamada de Wolfhound Russo não é muito conhecida dos brasileiros e talvez por isso esse nome não lhe seja muito familiar. Apesar de ser um cão de grande porte, ele consegue se adaptar muito bem aos ambientes menores e consegue se comportar com muita educação. Mas eles também precisam de espaço para correr ou podem ficar entediados. Saiba mais sobre essa raça e acrescente-o na sua lista de possíveis cães de estimação.

Tudo sobre Borzói

Informações

Origem do Borzói

Ele é conhecido desde a idade média e sempre foi muito utilizado pelos russos durante as caças e as corridas. Eram uma raça da realeza, só os czares podiam ter e estes por sua vez davam o cão de presente para ilustres visitantes. Durante o século XV vários cruzamentos foram realizados para aumentar o tamanho e a quantidade de pelos dessa raça com o objetivo de melhorar o seu desempenho no frio rigoroso da Rússia.

Tudo sobre Borzói

A quantidade de Borzóis que existiam no império russo era imensa. Nunca se viu tantos cães de uma única raça para executar uma única função. Tudo isso porque as caçadas eram um grande evento nessa época, tanto que cerca de 100 cães eram usados para uma única caça. Os alvos eram lobos e quando encontrados dois ou três cães eram soltos para correrem atrás do animal. Eles o cercavam até a chegada do seu dono que o amarrava para mostrar o resultado da sua caçada e logo depois o soltava. As caçadas eram apenas de entretenimento.

Tudo sobre Borzói

Nessa época chegaram a ser criados sete variedades diferentes de cães para essa única raça e a mais parecida com o nosso Borzói moderno era chamada de Perchino. Essa variação foi criada pelo grão-duque Nicolai Nicolayevitch e por Dimitri Valtsev, que criaram um famoso canil chamado de Pershinskaya Okhota. Durante a revolução russa, iniciada no final de 1916, todo o rastro de nobreza deveria ser extinto do território russo. Muitos da realiza fugiram, outros foram mortos e até os bórzois quase deixaram de existir por causa de sua relação com o império russo.

Tudo sobre Borzói

Depois que a raça chegou até a América, logo se tornaram extremamente populares, especialmente por terem se tornado cães de estimação de muitas estrela do cinema na época. Mas ainda assim eles não apareciam muito como cães de estimação. Muitos donos os usavam para participarem de competições, exposições ou até como modelos.

Características do Borzói

Cão de grande porte, apresentando uma pelagem longa e levemente ondulada. Tem aparência bastante elegante, são magros e muito robustos. Os músculos são bem desenvolvidos apesar de não aparecerem muito sob a pele e os ossos são fortes e planos, mas não são maciços. As fêmeas costumam ser mais longas que os machos e os dois possuem quase a mesma altura da cernelha até o chão.

Temperamento

Eles são famosos pelo seu jeito tranquilo, equilibrado e educado de ser, principalmente dentro de casa. Não muito carinhosos, gostam sempre de estar perto da família e também gostam muito de receber afago e não saem do lugar sem um.  Mas eles podem ser um pouco teimosos e sua inteligência mediana pode atrapalhar em alguns aspectos. Eles podem tirar a tampa do lixo, conseguem abrir portões e portas se estiverem ao seu alcance.

Tudo sobre Borzói

Por sua função de caçador não é aconselhável deixa-lo próximo de animais de pequeno porte, mesmo se forem cachorros. O borzói pode olhá-lo com sua presa e começar a persegui-lo lembrando dos tempos de caçador e alcançar o animal rapidamente por sua grande velocidade. A única solução é fazer com que ele cresça junto com o outro cachorro, mas ainda assim, devem estar sempre supervisionados. Ele é um excelente cão de guarda latindo frente a qualquer movimentação estranha dentro da casa e possui grande capacidade de perseguição.

Cuidados especiais com o Borzói

Eles não exigem grandes cuidados além do básico. Precisam de passeios frequentemente, pelo menos uma vez por dia e é preciso deixá-los correr livres em algum lugar grande e que tenha cerca. Assim, um apartamento não seria um bom lugar para essa raça, mas uma casa com quintal já é um bom começo. O pelo também exige certo cuidado, o melhor é realizar a escovação pelo menos 3 vezes por semana.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Populares

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Grupo dos Hounds

Dachshund (Salsicha, Basset, Teckel ou Cofap)

Cavalier King Charles Spaniel

Grupo dos Esportistas

Cavalier King Charles Spaniel

Os cachorros mais bonitos do mundo

Curiosidades

Os cachorros mais bonitos do mundo

Cocker Spaniel Inglês

Grupo dos Esportistas

Cocker Spaniel Inglês

Como Construir uma Casa de Cachorro Ideal

Cuidados

Como Construir uma Casa de Cachorro Ideal

Últimos Artigos

Cuidados com os cães importantes no inverno

Cuidados

Cuidados com os cães importantes no inverno

Saiba como lidar e evitar brigas de cães no passeio

Dicas

Saiba como lidar e evitar brigas de cães no passeio

Saiba como preparar uma viagem de carro com seu cão

Curiosidades

Saiba como preparar uma viagem de carro com seu cão

Saiba tudo sobre microchip para cães

Curiosidades

Saiba tudo sobre microchip para cães

Saiba como lidar com cães que choram

Curiosidades

Saiba como lidar com cães que choram

Anuncie Grátis! »